Arquivo da tag: Concacaf

É tudo que a Fifa tem a dizer?

O título não poderia ser mais protocolar: Declaração da FIFA – 3 de dezembro. A nota (em espanhol e em inglês )sobre a prisão nesta quinta-feira de mais dois vice-presidentes da entidade – o paraguaio Miguel Angel Napout, presidente da Conmebol, e o hondurenho Alfredo Hawit, presidente interino da Concacaf – não poderia ser mais concisa:

A Fifa está a par das ações levadas a cabo hoje, 3 de dezembro, pelo Departament de Justiça dos Estados Unidos. A Fifa continuará cooperando totalmente com as investigações norte-americanas, como autoriza a lei suíça, e com a investigação liderada para Procuradoria Geral da Suíça. A Fifa bão fará mais comentários sobre os acontecimentos de hoje.

A nota do Ministério da Justiça da Suíça omite o nome dos presos, mas dá as razões da ação policial pedida pelas autoridades norte-americanas:

Dirigentes do alto escalão da Fifa são acusados de receber dinheiro em troca da venda de direitos de marketing ligados a torneios de futebol na América Latina, assim como de partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo. De acordo com os mandados de prisão, algumas das infrações foram acordadas e preparadas nos EUA. Os pagamentos também foram processados via bancos dos EUA.

Publicidade

Copa América vai festejar os 100 anos nos EUA

Atenção, atenção: a alta cartolagem da Conmebol e da Concacaf reuniu-se nesta sexta-feira em Miami e confirmou a realização da edição de 100 anos da Copa América no ano que vem nos Estados Unidos.

Em comunicado conjunto, as confederações informam que a competição terá “uma estrutura totalmente nova para cuidar das operações e das finanças do torneio”.

Tradução: o pessoal que já foi pego pelo FBI está fora.

Os tempos são outros, prometem Conmebol e Concacaf: “Uma melhor estrutura de controle vai proporcionar uma maior prestação de contas e transparência do evento”.

E mais: “Todas as partes envolvidas na Copa América Centenário concordaram em formar um novo Comitê Executivo, composto por dois representantes da Conmebol, dois representantes da Concacaf  e um representante de futebol da U.S. Soccer, para gerenciar operações e finanças do torneio no dia a dia.”

Antes mesmo da reunião em Miami, as confederações já tinham prometido que, “conjuntamente com o operador local do torneio, vão identificar novos sócios para vender os direitos comerciais utilizando um processo novo e transparente”.

Novos processos e transparência são promessas para o futuro. Por enquanto, nem o FBI sabe quem vai operar localmente o torneio. Talvez desconfie.