Arquivo da categoria: Liga dos Campeões

Hoje não tem Neymar, mas este não é o problema

'Olé' escancara torcida contra Neymar e companhia

‘Olé’ escancara torcida contra Neymar e companhia

O Barcelona nada tem a perder com a ausência de Neymar no jogo das 17h45 (horário brasileiro) contra o Bayer em Leverkusen pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Garantidíssimo no primeiro lugar do Grupo E, com oito pontos de vantagem sobre o adversário desta tarde e sobre a Roma, terceira colocada, o Barça joga apenas para cumprir tabela e melhorar ainda mais as estatísticas.

Foi no treino de ontem, na Alemanha, que Neymar sofreu, segundo o comunicado do departamento médico do Barcelona, uma “pequena lesão” no músculo adutor da perna esquerda.

Pode ser que fique de fora também do jogo contra o Deportivo La Coruña, sábado, pelo Campeonato Espanhol. Nem por isso Luis Enrique morrerá de preocupação.

O que preocupa o Barça é a possibilidade de não contar com o craque brasileiro no Mundial de Clubes.

Daqui a oito dias, já pelas semifinais, o campeão europeu enfrentará o vencedor do confronto entre o América, do México, e o Guangzhou Evergrande, da China.

Três dias depois, deverá decidir o título, muito provavelmente contra o River Plate, que terá enfrentado nas semifinais o Mazembe ou o Sanfrecce Hiroshima ou o Auckland City.

O campeão sul-americano já está no Japão treinando para a grande final e torcendo para que Neymar continue em tratamento na Espanha. A mídia argentina também está na torcida, como mostra a despudorada primeira página do jornal Olé nesta quarta-feira.

Atualização

Vai começar o mata-mata na Liga dos Campeões. Fechada hoje a fase de grupos, estão definidos os 16 times que vão para as oitavas de final.

Em primeiro lugar em seus grupos, ficaram Real Madrid, Wolfsburg, Atlético de Madrid, Manchester City, Barcelona, Bayern, Chelsea e Zenit.

Não se cruzam nas oitavas.

O sorteio dos jogos vai cruzá-los com os segundos colocados em cada  grupo: PSG, PSV, Benfica, Juventus, Roma, Arsenal, Dínamo de Kiev e Gent.

O sorteio dos confrontos das oitavas será na segunda-feira, dia  14. Os jogos serão disputados em fevereiro e março de 2016.

Anúncios

Liga dos Campeões: o bilionário futebol inglês corre perigo

Concentram-se nos dois jogos do Grupo B, logo mais às 17h45 (horário brasileiro), as mais fortes emoções da última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa: um empate em casa com o Manchester United garantirá o Wolfsburg nas oitavas e dará  ao PSV a chance de conquistar a outra vaga se, também em casa, vencer o CSKA.

Três vezes campeão europeu (em 1968, 1999 e 2008), o Manchester não terá Wayne Rooney, sua maior estrela, contra o Wolfsburg dos brasileiros Dante, Naldo e Luiz Gustavo, mas está confiante de que sairá da Alemanha classificado para continuar a brigar pelo título que será decidido em 2016:

– Nós não dependemos dos demais resultados, apenas das nossas forças e isso, no meu entender,  é o mais importante – diz o avisou o técnico Louis Van Gaal.

Outra equipe poderosa do futebol britânico, o Chelsea campeão de 2012, também corre risco, embora reduzido, de se despedir amanhã da Liga. Derrotando o Porto em Londres, fechará a fase como o primeiro colocado do Grupo G. Dançará, porém, se perder e o Dinamo Kiev derrotar em casa o Maccabi Tel-Aviv, que não conseguiu nenhum ponto nas cinco rodadas anteriores, marcar um só gol e levou 15.

Bem mais complicada é a situação do Arsenal, que também amanhã visitará o Olympiacos precisando da vitória por um placar mínimo de 3 a 2, como lhe impingiram os gregos no jogo em Londres, para continuar na Liga.

Dos quatro representantes do badalado e bilionário futebol britânico nesta edição da Liga dos Campeões da Europa, somente o Manchester City chegou à última rodada da fase de grupos em situação relativamente cômoda: já classificado para as oitavas de final, pode até ficar em primeiro lugar no Grupo D se hoje vencer em casa o Borussia Mönchengladbach e a Juventus for derrotada pelo Sevilla na Espanha.

No total, ainda há sete vagas abertas nas oitavas. Também estão na briga até amanhã: BATE Borisov, Bayer Leverkusen, Gent, Roma e Valência.

Atualização

Não deu mesmo para o Manchester United, despachado da Liga dos Campeões ao perder para o Wolfsburg por 3 a 2 na Alemanha enquanto, na Holanda, o PSV vencia o CSKA por 2 a 1. O time alemão é o primeiro do Grupo B, o holandês é o segundo.

Para o Manchester City, no Grupo C, deu tudo certo: além de vencer o Borussia Mönchengladbach por 4 a 2, foi ajudado pela derrota da Juventus para o Sevilla por 1 a 0.

Pelo Grupo C, o Atlético de Madrid terminou em primeiro lugar ao derrotar o Benfica por 2 a 1 em  Portugal.

Nenhuma surpresa no Grupo A: o Real Madrid goleou o Malmoe por 8 a 0, com quatro gols de Cristiano Eonaldo, e o PSG venceu o Shakhtar Donesk por 2 a 0.

A sexta rodada se completará amanhã.

Barcelona, Bayern e Zenite já estão garantidos nas oitavas de final. Roma, Bayer Leverkusen, BATE Borisov, Olympiacos, Arsenal, Chelsea, Porto, Dinamo Kiev, Gent e Valencia brigarão pelas cinco vagas que ainda restam nas oitavas.

Liga dos Campeões: cinco vagas em jogo nesta quarta

Depois dos jogos da terça-feira, já são cinco as equipes classificadas para oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, a mais importante competição de clubes fo futebol mundial.

O Barcelona, que goleou a Roma por 6 a 1, e o Bayern, que enfiou 4 a 0 no Olympiacos, garantiram antecipadamente o primeiro lugar em seus grupos e se juntam ao trio classificado para as oitavas desde a quarta rodada desta fase de grupos: o Zenit, que manteve os 100% de aproveitamento ao vencer o Valencia por 2 a 0; o Real Madrid, que hoje visita o Shakhtar Donetsk, e o Manchester City, que vai enfrentar a Juventus em Turim.

Zenit e Manchester City nunca foram campeões da Liga.

Os jogos de hoje podem garantir outro cinco times nas oitavas, independentemente do resultado de seus adversários de grupo:

♦ Grupo A: PSG, se vencer o Malmö na Suécia

♦ Grupo B: Manchester United, se vencer o PSV na Inglaterra

♦ Grupo C: Benfica, se vencer ou empatar com o Astana no Cazaquistão; e Atlético de Madrid, se vencer o Galatasaray na Espanha

♦ Grupo D: Juventus, se vencer o Manchester City na Itália

O PSG e o Atlético de Madrid nunca foram campeões.

Ficariam sobrando seis vagas para a rodada de 8 e 9 de dezembro.

Atualização

PSG (5 a 0 sobre o Malmö), Benfica (2 a 2 com o Astana), Atlético de Madrid (2 a 0 sobre o Galatasaray) e Juventus (1 a 0 sobre o Manchester City) classificaram-se para as oitavas de final da Liga.

O Manchester United apenas empatou com o PSV por 0 a 0, foi ultrapassado pelo Wolfsburg, que venceu o CSKA na Rússia por 2 a 0, e vai ter de lutar por uma das duas vagas do Grupo B na última rodada. O PSV também está na briga.

Estarão em jogo na sexta rodada da fase de grupos mais sete vagas nas oitavas.

São 13 os candidatos. Em ordem alfabética: Arsenal, BATE Borisov, Bayer Leverkusen, Chelsea, Dinamo Kiev, Gent,  Manchester United, Olympiacos, Porto, PSV, Roma, Valência e Wolfsburg.

Você tem de escolher: Bayern ou Barça?

É uma pena que sejam no mesmo horário – como deveriam ser e não serão vários e decisivos jogos do Brasileirão no fim de semana – e a gente tenha de escolher entre Bayern x Olympiacos e Barcelona x Roma, jogões das 17h45 (no horário de Brasília) desta terça-feira pela fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

Imagino que até Pep Guardiola, que pariu um e está gestando o outro, teria dificuldade de escolher entre o Barça de Messi, Neymar, Suárez e Iniesta e o Bayern de Lahm, Robben, Müller e Lewandowski se não fosse obrigado por contrato a acompanhar os seus pupilos em Munique.

Bayern e Olympiacos estão empatados em pontos no Grupo F, cada um com nove. O Bayern já foi derrotado pelo Arsenal; o Olympiacos, em casa, pelo próprio Bayern. Os alemães marcaram 13 gols e sofreram três até agora; os gregos marcaram seis e sofreram outros seis.

Se der empate no jogo de hoje, os dois times estarão classificados para as oitavas. Alguém arrisca um palpite?

Em casa, com Messi de volta, o Barcelona precisa apenas de um empate com a Roma para garantir antecipadamente o primeiro lugar do Grupo D, que lidera folgadamente com 10 pontos, cinco a mais do que o adversário. Em Roma, foi 1 a 1.

Pep Guradiola: fez o Barça, comanda o Bayern

Pep Guardiola: fez o Barça, comanda o Bayern

Deixemos Luis Enrique, que herdou de Guardiola este Barça multicampeão e vem lhe dando maior ímpeto ofensivo, falar do jogo:

– É a oportunidade de terminar em primeiro lugar. Creio que podemos fazer melhor do que fizemos sábado nos 4 a 0 sobre o Real Madrid, mas espero um jogo difícil porque eles precisam vencer. Deve ser um jogo muito aberto.

Voltando ao começo: é pena não ver o Bayern, que tem a média 3,25 gols por jogo, fica com a bola durante 71% do tempo e acerta 91% dos passes, mas, obrigado a escolher, vou ver o Barça de Messi. Talvez veja o Barça de Neymar.

Guardiola não vai reclamar.

Atualização

Valeu a pena ver o Barcelona, que desta vez não teve gol de Neymar. Gols não faltaram, porém: foram dois de Messi, dois de Suárez, um de Piqué e um de Adriano,  6 a no total. Neymar participou das jogadas dos seis gols e ainda perdeu um pênalti.

Os adversários que se cuidem que este Barça cada vez mais afinado, pois o técnico Luis Enrique prometeu depois da goleada sobre a Romsa:

– O melhor ainda está por vir. Falta muito. Estamos em um momento mágico e temos que estender isso ao máximo.

Hulk é a fera brasileira na Liga dos Campeões

Hulk: sempre entre os melhores

Hulk: sempre entre os melhores

Pela quarta vez consecutiva, o paraibano Givanildo Vieira de Sousa entra na lista de oito candidatos ao prêmio de melhor jogador da rodada da Liga dos Campeões.

Os internautas do site da Uefa  colocaram o nosso Hulk, destaque do Zenit, em segundo lugar, sempre atrás de Cristiano Ronaldo, nas duas primeiras rodadas e em primeiro na terceira.

Na disputa pelo prêmio da quarta rodada, com a votação ainda em andamento, Hulk concorre com mais dois companheiros de Seleção – Neymar e Willian. Cristiano Ronaldo não foi indicado entre os oito melhores nas duas últimas rodadas.

Neymar ainda não tinha entrado em nenhuma das listas, Willian entrou também na da terceira rodada, mas foi votado por apenas 2% dos internautas.

Será que Hulk conseguirá o bis?

Atualização, na sexta-feira, dia 6:

Deu Hulk, de novo, com 32% dos votos.

Em segundo, Neymar, com 23%.

Willian, com 9%, ficou em quinto lugar, atrás de Javier Hernández e Thomas Müller.

Pena que Suárez não seja brasileiro

Neymar: gols e assistência na parceria com Suárez

Neymar: gols e assistência na parceria com Suárez

Dizer que o jogo foi Neymar & Suárez seria um exagero, perdoável, para definir a atuação de um time que teve 70% de posse de bola e correu os 90 minutos para fazer o placar de 3 a 0 que o deixa praticamente garantido nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Exageremos, então: Barcelona 3 x 0 BATE Borisov foi um show de Neymar & Suárez para a torcida que foi ao Camp Nou torcer pela independência da Catalunha. Não passava pela cabeça de ninguém que o time da Bielorrússia pudesse aprontar em Barcelona a surpresa que não aprontou em Borisov.

No primeiro gol do Barça, aos 30 minutos, Munir tabelou Suárez e foi empurrado na área por Mladenovic. Pênalti. Neymar cobrou e fez.

No segundo, aos 15 do segundo tempo, Neymar fez a assistência para Suárez.

No terceiro, aos 39, a assistência foi de Suárez para Neymar fechar o placar.

A classificação para as oitavas só não está matematicamente assegurada por que a Roma venceu o Bayer Leverkusen por 3 a 2 e foi para o segundo lugar do Grupo E, com cinco pontos, metade do que tem o Barça, um a mais do que o adversário alemão. Neymar & Suárez precisam, no máximo, de um empate nos dois jogos que lhes restam para fechar a conta.

 Pena que Suárez seja uruguaio.

É de um parceiro como ele que Neymar precisa na Seleção.

O Brasil é todo Barça

Neymar: hoje e Barça; semana que vem, Brasil

Neymar: hoje é Barça; semana que vem, Seleção Brasileira

A vitória no Camp Nou praticamente selará a classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa e pode até garanti-la matematicamente, dependendo do resultado de Roma x Bayer Leverkusen, mas o Barcelona de Neymar não jogará apenas pelo resultado diante do BATE Borisov.

É o que deixa muito claro o treinador Luis Enrique:

– Como atuais campeões, temos de enviar uma mensagem de que estamos preparados para seguir em frente. O objetivo é a classificação e depois o primeiro lugar do grupo.

Na entrevista coletiva sobre o jogo das 17h45 (horário de Brasília) desta quarta-feira, um jornalista quis saber do treinador do Barça o que ele pede aos jogadores quando não pode contar com Messi em campo. Bate-pronto do meia de outros tempos:

– Peço-lhes sempre o mesmo: o máximo.

Hoje, o máximo do Barcelona é Neymar, como reconhece o zagueiro Thomas :

– É claro que sentimos a falta de Messi, é o melhor jogador do mundo, mas Neymar deu um passo em frente e, nos últimos jogos, tem sido muito importante e decisivo para nós. Neste momento, é essencial.

Luís Enrique deve concordar com o belga Vermaelen, tanto que há poucos dias fez questão de reconhecer:

– Neymar é único em todos os aspectos. Ele nos dá gols, assistências, trabalho defensivo… e vai continuar crescendo ainda mais.

O confronto de hoje com o BATE Borisov será o penúltimo compromisso do craque brasileiro pelo Barcelona antes de se reapresentar à Seleção para os jogos contra a Argentina e o Peru pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018.

O Brasil é todo Barça – ou melhor, é todo Neymar.