Arquivo da tag: Fase de grupos

Liga dos Campeões: o bilionário futebol inglês corre perigo

Concentram-se nos dois jogos do Grupo B, logo mais às 17h45 (horário brasileiro), as mais fortes emoções da última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa: um empate em casa com o Manchester United garantirá o Wolfsburg nas oitavas e dará  ao PSV a chance de conquistar a outra vaga se, também em casa, vencer o CSKA.

Três vezes campeão europeu (em 1968, 1999 e 2008), o Manchester não terá Wayne Rooney, sua maior estrela, contra o Wolfsburg dos brasileiros Dante, Naldo e Luiz Gustavo, mas está confiante de que sairá da Alemanha classificado para continuar a brigar pelo título que será decidido em 2016:

– Nós não dependemos dos demais resultados, apenas das nossas forças e isso, no meu entender,  é o mais importante – diz o avisou o técnico Louis Van Gaal.

Outra equipe poderosa do futebol britânico, o Chelsea campeão de 2012, também corre risco, embora reduzido, de se despedir amanhã da Liga. Derrotando o Porto em Londres, fechará a fase como o primeiro colocado do Grupo G. Dançará, porém, se perder e o Dinamo Kiev derrotar em casa o Maccabi Tel-Aviv, que não conseguiu nenhum ponto nas cinco rodadas anteriores, marcar um só gol e levou 15.

Bem mais complicada é a situação do Arsenal, que também amanhã visitará o Olympiacos precisando da vitória por um placar mínimo de 3 a 2, como lhe impingiram os gregos no jogo em Londres, para continuar na Liga.

Dos quatro representantes do badalado e bilionário futebol britânico nesta edição da Liga dos Campeões da Europa, somente o Manchester City chegou à última rodada da fase de grupos em situação relativamente cômoda: já classificado para as oitavas de final, pode até ficar em primeiro lugar no Grupo D se hoje vencer em casa o Borussia Mönchengladbach e a Juventus for derrotada pelo Sevilla na Espanha.

No total, ainda há sete vagas abertas nas oitavas. Também estão na briga até amanhã: BATE Borisov, Bayer Leverkusen, Gent, Roma e Valência.

Atualização

Não deu mesmo para o Manchester United, despachado da Liga dos Campeões ao perder para o Wolfsburg por 3 a 2 na Alemanha enquanto, na Holanda, o PSV vencia o CSKA por 2 a 1. O time alemão é o primeiro do Grupo B, o holandês é o segundo.

Para o Manchester City, no Grupo C, deu tudo certo: além de vencer o Borussia Mönchengladbach por 4 a 2, foi ajudado pela derrota da Juventus para o Sevilla por 1 a 0.

Pelo Grupo C, o Atlético de Madrid terminou em primeiro lugar ao derrotar o Benfica por 2 a 1 em  Portugal.

Nenhuma surpresa no Grupo A: o Real Madrid goleou o Malmoe por 8 a 0, com quatro gols de Cristiano Eonaldo, e o PSG venceu o Shakhtar Donesk por 2 a 0.

A sexta rodada se completará amanhã.

Barcelona, Bayern e Zenite já estão garantidos nas oitavas de final. Roma, Bayer Leverkusen, BATE Borisov, Olympiacos, Arsenal, Chelsea, Porto, Dinamo Kiev, Gent e Valencia brigarão pelas cinco vagas que ainda restam nas oitavas.

Anúncios

Você tem de escolher: Bayern ou Barça?

É uma pena que sejam no mesmo horário – como deveriam ser e não serão vários e decisivos jogos do Brasileirão no fim de semana – e a gente tenha de escolher entre Bayern x Olympiacos e Barcelona x Roma, jogões das 17h45 (no horário de Brasília) desta terça-feira pela fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

Imagino que até Pep Guardiola, que pariu um e está gestando o outro, teria dificuldade de escolher entre o Barça de Messi, Neymar, Suárez e Iniesta e o Bayern de Lahm, Robben, Müller e Lewandowski se não fosse obrigado por contrato a acompanhar os seus pupilos em Munique.

Bayern e Olympiacos estão empatados em pontos no Grupo F, cada um com nove. O Bayern já foi derrotado pelo Arsenal; o Olympiacos, em casa, pelo próprio Bayern. Os alemães marcaram 13 gols e sofreram três até agora; os gregos marcaram seis e sofreram outros seis.

Se der empate no jogo de hoje, os dois times estarão classificados para as oitavas. Alguém arrisca um palpite?

Em casa, com Messi de volta, o Barcelona precisa apenas de um empate com a Roma para garantir antecipadamente o primeiro lugar do Grupo D, que lidera folgadamente com 10 pontos, cinco a mais do que o adversário. Em Roma, foi 1 a 1.

Pep Guradiola: fez o Barça, comanda o Bayern

Pep Guardiola: fez o Barça, comanda o Bayern

Deixemos Luis Enrique, que herdou de Guardiola este Barça multicampeão e vem lhe dando maior ímpeto ofensivo, falar do jogo:

– É a oportunidade de terminar em primeiro lugar. Creio que podemos fazer melhor do que fizemos sábado nos 4 a 0 sobre o Real Madrid, mas espero um jogo difícil porque eles precisam vencer. Deve ser um jogo muito aberto.

Voltando ao começo: é pena não ver o Bayern, que tem a média 3,25 gols por jogo, fica com a bola durante 71% do tempo e acerta 91% dos passes, mas, obrigado a escolher, vou ver o Barça de Messi. Talvez veja o Barça de Neymar.

Guardiola não vai reclamar.

Atualização

Valeu a pena ver o Barcelona, que desta vez não teve gol de Neymar. Gols não faltaram, porém: foram dois de Messi, dois de Suárez, um de Piqué e um de Adriano,  6 a no total. Neymar participou das jogadas dos seis gols e ainda perdeu um pênalti.

Os adversários que se cuidem que este Barça cada vez mais afinado, pois o técnico Luis Enrique prometeu depois da goleada sobre a Romsa:

– O melhor ainda está por vir. Falta muito. Estamos em um momento mágico e temos que estender isso ao máximo.