Arquivo da tag: José Mourinho

Mourinho diz que não foi seu último jogo pelo Chelsea

Muitos torcedores foram embora pouco depois que Benteke fez 3 a 1 para o Liverpool a menos de dez minutos do final do jogo, consolidando  a virada que o brasileiro Philippe Coutinho construíra com um gol aos 47 do primeiro tempo e outro aos 28 do segundo.

Outros cantaram que Mourinho já não é mais “especial”.

O treinador do Chelsea mal falou com os jornalistas, repetindo exaustivamente:

– Não tenho nada a dizer.

Mais tarde, respondeu secamente à dúvida de um repórter:

– Se eu acho que este foi o meu último jogo no Chelsea? Não, não acho e não foi.

Com 11 pontos ganhos em 11 jogos, o Chelsea está em 15º lugar no Campeonato Inglês, 14 pontos atrás do líder Manchester City e do vice-líder Arsenal, apenas cinco à frente do Sunderland, que abre a zona de rebaixamento e amanhã visitará o Everton.

Anúncios

Klopp fará a felicidade do ‘boa gente’ Mourinho

O alemão Jurgen Klopp, técnico do Liverpool que amanhã (às 10h45, no horário brasileiro) pode desempregar José Mourinho se derrotar o Chelsea, pega leve na véspera:

– É difícil jogar contra uma equipe como o Chelsea, mas não é impossível vencer.

Menos formal ao falar do colega, Klopp garante:

– Se você não é jornalista nem juiz de futebol, Mourinho é boa gente.

E conclui, bem humorado:

– Como não sou uma coisa nem outra, não tenho nenhum problema com ele.

Mourinho certamente sairá de Stamford Bridge agradecido ao colega, mas não pelos elogios.

Se vencer o Liverpool, aliviará a situação do Chelsea no Campeonato Inglês e manterá o emprego e o prestígio. Se perder o jogo, pode embolsar um seguro desemprego de € 50 milhões.

Se perder sábado, Mourinho pode embolsar € 50 milhões

'Mirror' demite Mourinho na capa

‘Mirror’ demite Mourinho na capa

A mídia inglesa está apostando que José Mourinho não sobreviverá a uma derrota contra o Liverpool de Jürgen Klopp no sábado.

Colocado em 15º lugar no Campeonato Inglês antes mesmo que a bole volte a rolar no Stamford Bridge e em terceiro no Grupo G da Liga dos Campeões, o Chelsea dispensaria Mourinho se não vencer o Liverpool.

Acabou – decreta, na manchete do caderno de esportes desta terça-feira, o Mirror.

Falta perguntar ao todo poderoso dono do Chelsea, se ele está disposto a desembolsar os 50 milhões de euros da multa (uns 215 milhões de reais, na cotação de hoje) para rescindir o contrato com Mourinho.

O que é que Mourinho tem?

Neymar é o único brasileiro entre os 23 jogadores pré-selecionados para concorrer à Bola de Ouro de 2015. Normal. Ninguém apostava em outro brasileiro.

Estranha é a presença na lista de melhores treinadores do português José Mourinho, campeão inglês com Chelsea, afundado 12º lugar na edição atual e, pelo menos até que role a bola hoje em Kiev para o jogo contra o Dínamo, terceiro em seu grupo na Liga dos Campeões.

É a pior temporada de Mourinho no futebol.

Nove dos dez indicados a melhor treinador do ano trabalham  no futebol europeu. O argentino Jorge Sampaoli, campeão da Copa América com o Chile, é a única exceção. Este merece.

Nada abala o ego de José Mourinho

A situação era ruim, “o pior período” de sua carreira, “os piores resultados”, mas ficou ainda mais grave há pouco: o Chelsea de José Mourinho perdeu pela quarta vez neste Campeonato Inglês ao abrir a oitava rodada contra o Southampton.

E o que tinha a dizer o treinador português após a derrota, em casa, por 3 a 1?

A resposta veio num longo monólogo diante dos jornalistas, de que vale a pena pinçar algumas frases reveladoras do estilo Mourinho:

Há jogadores que estão a jogar muito mal individualmente, e eu não posso chegar aqui e nomeá-los, não é o meu trabalho, mas me parece claro.

É claro que estamos sendo penalizados por demasiados erros individuais.

Eu assumo as minhas responsabilidades, os jogadores devem assumir as suas responsabilidades.

Os árbitros têm medo de decidir a favor do Chelsea.

Se o clube me despedir, despede o melhor treinador que teve.

José Mourinho não perdeu a lucidez, tanto que fez questão de lembrar aos jornalistas:

– Vocês sabem que eu tenho uma grande autoestima e um grande ego. Eu me considero o melhor.

Ninguém pensou em discordar.

Leia mais neste blog sobre a má fase de José Mourinho:

A grande experiência do fantástico José Mourinho

♦ José Mourinho por José Mourinho

A grande experiência do fantástico José Mourinho

Mourinho em questão: fantástico ou fantástico?

Mourinho em questão: fantástico ou fantástico?

O Chelsea de José Mourinho é o terceiro colocado no Grupo G da Liga dos Campeões, atrás do Porto e do Dínamo de Kiev, e o 14º colocado no Campeonato Inglês, com oito pontos, duas vitórias, dois empates e três derrotas em sete rodadas,  o que levou o treinador português a uma confissão inusitada na entrevista coletiva que concedeu nesta sexta-feira, véspera do jogo contra o Southampton, que lhe é superior em um ponto e quatro posições na classificação:

– É o pior período da minha carreira. São os piores resultados. Nunca perdi tantas partidas. Isso é um fato.

Acontece que José Mourinho, aquele que proclamou há pouco ser “um técnico fantástico” quando não está vencendo e igualmente “um técnico fantástico” quando está vencendo, não se entrega com facilidade:

– É uma experiência fantástica, uma grande experiência negativa. Quero terminá-la amanhã.

José Mourinho por José Mourinho

Mourinho & Mourinho: sempre fantástico?

Mourinho & Mourinho: perdendo ou ganhando, sempre fantástico?

De José Mourinho, comentando o 2 a 2 do seu Chelsea com o Newcastle neste sábado pelo Campeonato Inglês:

– Digo que tivemos atuações individuais terríveis. Quando isso acontece, é impossível um time ser um time.

De José Mourinho, há poucos dias, comentando os 4 a 0 do seu Chelsea sobre o Maccabi Tel Aviv na rodada de abertura da Liga dos Campeões da Europa:

– Eu sou um técnico fantástico quando não estou vencendo os jogos e sou um técnico fantástico quando estou vencendo.