Arquivo da tag: Rubinho

Dois brasileiros na reserva de Buffon

Buffon e seus reservas brasileiros na Juve: Rubinho e Neto

Buffon e seus reservas brasileiros na Juve: Rubinho e Neto

A Juventus, tricampeã italiana e vice-campeã europeia, já tem Rubinho, irmão do Zé Elias, e acaba de contratar mais um goleiro brasileiro: Neto, que era da Fiorentina e foi chamado por Dunga para substituir Diego Alves como um dos reservas de Jefferson na Copa América.

Rubinho era o reserva de Scolari, primeiro na lista de sucessão de Gianluigi Buffon até deixar a Juve no fim da temporada. O brasileiro não sabe o que é jogar uma partida oficial há séculos e continuará longe do gol por mais algumas.

O mineiro Norberto Murara Neto, que vai fazer 26 anos daqui a duas semanas, também ficará sem jogar por algum tempo, pois será o novo reserva de Buffon.

Incontestável, Buffon completou 37 anos em 28 de janeiro e, há uma década e meia, veste a camisa número 1 da Juve.

Anúncios

De: Rubinho Para: Neymar Assunto: Ameaça

Com a autoridade de reserva do reserva do goleiro Buffon, o brasileiro Rubinho manda um recado a Neymar sobre “as consequências que um drible como a carretilha poderia gerar” no Juventus x Barcelona que decidirá a Liga dos Campeões da Europa:

– Eu acho que ele receberia uma advertência. Um aviso, ele iria certamente receber. O Neymar é livre para fazer o que ele quiser, tudo é lícito, mas depois não pode falar nada se sofrer uma falta, porque o futebol assim. Acho normal que um zagueiro ache ruim.

A ameaça, não muito velada, foi registrada pela repórter Claudia Garcia, no Globoesporte.com.

Da família Moedim, tenho mais admiração por Zé Elias, que batia, mas não ameaçava, e sabia jogar bola.

Desta vez, Bernardinho não estará na quadra

Bernardinho: na arquibancada do Mineirinho

Bernardinho: na arquibancada do Mineirinho

Não se assuste quando você olhar para a quadra do Mineirinho, às 14 horas desta sexta-feira, 29, e não encontrar Bernardinho gesticulando e berrando como louco na lateral enquanto Serginho e companhia encaram a seleção da Sérvia no primeiro jogo do Brasil na Liga Mundial.

O treinador brasileiro, suspenso por dez jogos pela Federação Internacional de Vôlei, faz pouco de sua ausência:

– Não significa muita coisa. Eu tenho pessoas ao meu lado que são extensão do que eu penso.

E, assim, ao procurar Bernardinho na quadra, você encontrará Rubinho, seu assistente técnico.

Bernardinho estará na arquibancada torcendo por Rubinho e pelo décimo caneco. Afinal, embora seja o maior campeão da Liga Mundial, com nove títulos, o vôlei masculino do Brasil não venceu nenhuma das últimas quatro edições.

Atualização

O Brasil venceu por 3 sets a 2, parciais de 24/26, 25/17, 25/22, 26/28 e 15/11.