Arquivo da tag: Neto

Ralf será o terceiro brasileiro a levantar a taça de campeão

Ralf: capitão - Foto: Twitter/Corinthians

Ralf: capitão – Foto: Twitter

 volante Ralf, que completou no 1 a 1 com o Vasco o 350º jogo pelo Corinthians, será o capitão contra o São Paulo e, portanto, vai levantar a taça de campeão brasileiro no Itaquerão.

Ralf será o terceiro capitão brasileiro do Corinthians campeão, depois de Neto, em 1990, e Alessandro, em  2011.

Em 1998, o paraguaio Gamarra levantou a taça; em 1999, o colombiano Rincón; em 2005, o argentino Tévez.

O que Ralf ainda não sabe é se continuará no Corinthians em 2016. Bem que ele quer, mas os dirigentes estão jogando duro nas negociações para renovar o contrato.

Anúncios

Jadson é o cara

Jadson é o cara @0211@

O Corinthans deve diretamente a Jadson 24 dos 61 gols que marcou até agora no Brasileirão.

Jadson fez 12 e deu o passe para outros 12, incluindo dois nos 3 a 0 de ontem sobre o Atlético Mineiro que valeram como comemoração pelo seu centésimo jogo com a camisa corintiana.

Ricardo Oliveira, artilheiro do campeonato com 20 dos 54 gols santistas, fez uma assistência.

Lucas Pratto marcou 12 e fez o passe para outros três do Atlético Mineiro, segundo melhor ataque do Brasileirão, com 56 gols.

Vágner Love, o companheiro corintiano que também marcou tantos gols quanto Jádson, contabiliza duas assistências no campeonato.

Aos 32 anos, completados 5 de outubro, Jadson Rodrigues da Silva, paranaense de Londrina que já foi chamado de Magic Jadson, é o cara deste Brasileirão.

Para felicidade de todos os corintianos e, em especial, do técnico Tite, que sempre confiou nele, Jadson está cumprindo a promessa que fez ao desembarcar em Itaquera no ano passado, trocado temporariamente com o São Paulo por Alexandre Pato:

– Fico feliz por vestir a 10 do Corinthians, uma camisa de grande peso. Grandes jogadores já usaram o número, como Neto e Rivellino. A torcida pode ter certeza de que darei o meu melhor.

Até ele, sempre discreto e humilde, acha que o Corinthians fez bom negócio, como deixou claro em diálogo com a repórter Camila Mattoso publicado na Folha de domingo:

– Quem acha que se deu melhor na troca entre você e o Pato?

– Com certeza, foi o Corinthians. É a minha opinião.

Autor de dez gols e cinco assistências no Brasileirão, Alexandre Pato talvez concorde.

São Paulo faz bem em tentar Valdivia?

Não será fácil para o São Paulo contratar Valdivia, negociação informada em primeira mão por Neto na edição de ontem do seu programa Os Donos da Bola, na Band.

Se o Al Wahda, dos Emirados Árabes, concordar em abrir mão do pré-contrado firmado com o jogador, será um bom negócio para o São Paulo?

Os números do site Futdados  respondem:

Desde que voltou ao Palmeiras em 2010, o meia chileno ficou de fora de 57,14% dos jogos da equipe.

O Palmeiras jogou 343 vezes de lá para cá. Nos 147 jogos de que participou, Valdivia marcou 17 gols e fez a assistência para outros 23.

Em 2015, dos 41 jogos do Palmeiras, ele atuou em dez, não fez nenhum gol, deu o passe para dois.

Jogo de sombras no começo da noite: Portuguesa x Guarani

Jogo pelo Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro às 19 horas deste domingo: Portuguesa x Guarani.

A que ponto chegou boa parcela do forte futebol paulista de outros tempos!

A Portuguesa chega à sétima rodada da competição em quinto lugar no grupo, o Guarani é o sexto. Ambos têm sete pontos, três a menos do que o Juventude, último dos quatro que hoje estariam classificados para as quartas de final.

No Canindé, logo mais, uns poucos gatos pingados verão apenas sombras de um passado glorioso.

A Lusa, que um dia foi de Dener, disputou 35 edições da Série A e foi vice campeã em 1996. Em 2011, foi campeã da Série B.

O Guarani, que revelou Careca e Neto e participou de 29 edições da Série A, foi campeão em 1978 e vice em 1986 e 1987.

Dois brasileiros na reserva de Buffon

Buffon e seus reservas brasileiros na Juve: Rubinho e Neto

Buffon e seus reservas brasileiros na Juve: Rubinho e Neto

A Juventus, tricampeã italiana e vice-campeã europeia, já tem Rubinho, irmão do Zé Elias, e acaba de contratar mais um goleiro brasileiro: Neto, que era da Fiorentina e foi chamado por Dunga para substituir Diego Alves como um dos reservas de Jefferson na Copa América.

Rubinho era o reserva de Scolari, primeiro na lista de sucessão de Gianluigi Buffon até deixar a Juve no fim da temporada. O brasileiro não sabe o que é jogar uma partida oficial há séculos e continuará longe do gol por mais algumas.

O mineiro Norberto Murara Neto, que vai fazer 26 anos daqui a duas semanas, também ficará sem jogar por algum tempo, pois será o novo reserva de Buffon.

Incontestável, Buffon completou 37 anos em 28 de janeiro e, há uma década e meia, veste a camisa número 1 da Juve.

É o fim: caiu a casa de Careca e Neto

Penhorado há quase quatro anos como garantia em processo trabalhista, o Brinco de Ouro não será mais do Guarani se os tribunais confirmarem a decisão tomada hoje pela juíza Ana Claudia Torres Vianna, da 6ª Vara do Trabalho de Campinas, que aceitou a proposta de R$ 105 milhões da Maxion Empreendimentos Imobiliários para arrematar o estádio. A Maxion pertence ao grupo gaúcho Zaffari, quinta maior redes de supermercados do País.

Sem teto, o Guarani tem novo técnico. Para substituir Marcelo Veiga, demitido ontem, contratou hoje Ademir Fonseca.

Campeão brasileiro de 1978 e vice em 1986, duas vezes vice-campeão paulista, a última em 2012, o Guarani disputa atualmente a Segundona do Paulistão.

Triste fim de linha para um clube que deu ao futebol brasileiro craques como Careca e Neto.