Arquivo da tag: Corinthians x São Paulo

Festa no Itaquerão: do Corinthians ou do São Paulo?

Corinthians recebe São Paulo para  equilibrar as contas domésticas

Corinthians recebe São Paulo para zerar as contas domésticas

O dia é de festa corintiana, com certeza de recorde de público no Itaquerão, mas a maior alegria pode ser dos são-paulinos, que estão na luta com os santistas, ponto a ponto, pela última vaga disponível no G-4.

O jogo das 17 horas em nada altera a posição do campeão, mas é a chance de eliminar um raro déficit em sua quase irretocável campanha – os pífios 42,8% de aproveitamento no confronto direto com os outros times paulistas, com apenas duas vitórias em sete jogos, mais três empates e duas derrotas.

O Corinthians perdeu em casa para o Palmeiras e empatou no Allianz Parque; perdeu para o Santos na Vila Belmiro e venceu em Itaquera; venceu em casa a Ponte Preta e empatou no Moisés Lucarelli; empatou com o São Paulo no Morumbi.

Se derrotar o São Paulo na festa em que receberá o caneco e as faixas de campeão, o Corinthians terá feito 12 pontos em oito jogos contra os rivais paulistas. Serão 50% dos pontos disputados.

Não é muito para um time que tem 73,3% de aproveitamento no campeonato, mas pelo menos conseguiria zerar a conta doméstica e calar a boca dos vizinhos.

O problema é que os corintianos só querem saber de festa a esta altura do Brasileirão e não contarão com Gil, Elias e Renato Augusto, um favorecimento enorme às pretensões do São Paulo de se manter em quarto lugar, pelo menos um ponto à frente do Santos, que vai ao Paraná enfrentar o desesperado Coritiba.

Ralf será o terceiro brasileiro a levantar a taça de campeão

Ralf: capitão - Foto: Twitter/Corinthians

Ralf: capitão – Foto: Twitter

 volante Ralf, que completou no 1 a 1 com o Vasco o 350º jogo pelo Corinthians, será o capitão contra o São Paulo e, portanto, vai levantar a taça de campeão brasileiro no Itaquerão.

Ralf será o terceiro capitão brasileiro do Corinthians campeão, depois de Neto, em 1990, e Alessandro, em  2011.

Em 1998, o paraguaio Gamarra levantou a taça; em 1999, o colombiano Rincón; em 2005, o argentino Tévez.

O que Ralf ainda não sabe é se continuará no Corinthians em 2016. Bem que ele quer, mas os dirigentes estão jogando duro nas negociações para renovar o contrato.

Campeão tem resultados pífios contra rivais paulistas

Corinthians @0611@@@

O Corinthians é indiscutivelmente um grande campeão. Com 11 pontos a mais do que o vice-líder Atlético, tem o maior número de vitórias, o menor número de derrotas, 73,7% de aproveitamento, fez mais gols, sofreu menos, e ainda pode fechar o Brasileirão com a melhor campanha da era dos pontos corridos.

Nada lhe parece faltar.

Curiosamente, no confronto direto com os outros times paulistas, faltando apenas o jogo contra o São Paulo pela 36ª rodada, murcham vertiginosamente os números corintianos.

São apenas duas vitórias em sete jogos, mais três empates e duas derrotas – nove pontos ganhos em 21 disputados, aproveitamento de 42,8%.

Este percentual é menor do que o do Atlético Paranaense em todo o Brasileirão e um pouquinho maior do que o da Chapecoense.

Ou seja: contando apenas os confrontos com os rivais paulistas, o Corinthians estaria em 14º lugar, correndo ainda um pequeno risco de ser rebaixado.

Estes são os resultados corintianos contra seus rivais paulistas:

29ª rodada: Ponte Preta        2          x          2          Corinthians

27ª rodada: Corinthians        2          x          0          Santos

23ª rodada: Palmeiras           3          x          3          Corinthians

17ª rodada: São Paulo           1          x          1          Corinthians

10ª rodada: Corinthians        2          x          0          Ponte Preta

  8ª rodada:   Santos               1          x          0          Corinthians

  4ª rodada:  Corinthians       0          x          2          Palmeiras