Arquivo da tag: Corinthians

Pato aqui

Diretores corintianos, com a discreta torcida de alguns jogadores, estão fazendo tudo para se desfazer de Alexandre Pato antes que comece a próxima temporada.

A ideia é despachá-lo de volta para o futebol europeu em troca de um bom dinheiro.

Tite, ao contrário, torce de forma cada vez menos discreta para que Pato retorne ao convívio corintiano em 2016, tanto que já abriu o jogo:

– Se eu fosse manager, ficaria com o Pato e renovaria por dois anos, num investimento de médio e longo prazo.

Além de reforçar o time que vai disputar a Libertadores e sonha com o Mundial, Pato pode valer daqui a dois anos o bom dinheiro que hoje querem os dirigentes sem conseguir  arrancá-lo dos clubes europeus.

Anúncios

Parece que Ralf fica

Ralf: "Preferia estar feliz por já ter renovado"

Ralf: “Preferia estar feliz por já ter renovado”

Andrés Sanchez mudou de tom, já não fala de Ralf no passado nem lhe deseja felicidade em outro time, e o cabeça de área, em entrevista   a Marcelo Braga, do GloboEsporte.com,  dá a entender que deve acertar em breve a renovação contrato com o Corinthians:

– Não está tudo certo, mas está bem encaminhado, bem adiantado. Espero que nos próximos dias se resolva.

Ralf não está totalmente satisfeito:

– Estou feliz com o título de campeão, mas preferia estar feliz por já ter renovado ou por ter alguma coisa acertada, para ir para as férias com a cabeça tranquila.

O menos badalado jogador do meio de campo corintiano é um autêntico cão de guarda, protetor atento e incansável do sistema defensivo, daqueles que pouco ladram, mas mordem muito.

Se valer a opinião de Tite, que o escolheu como capitão para receber pelo Corinthians o troféu de campeão brasileiro, e dos companheiros Elias, Renato Augusto e Jadson, Ralf fica.

Libertadores: a história favorece gaúchos e mineiros

Corinthians, São Paulo e Palmeiras, juntos, vão disputar a Libertadores pela terceira vez.

A primeira foi em 2006. O campeão foi um gaúcho: o Internacional, que venceu o São Paulo nas finais.

A segunda foi em 2013. O campeão foi um mineiro: o Atlético, que venceu o paraguaio Olimpia na final, tendo antes eliminado o São Paulo nas oitavas de final.

Mineiros e gaúchos esperam que a história se repita em 2016.

É o fim

Vascaínos choram no Couto Pereira @0612@

Encerra-se assim o domingo:

♦ Em vários jogos, antes que a bola começasse a rolar de verdade, os jogadores cruzaram os braços pedindo a renúncia do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que espertamente está de licença.

♦ Nunca houve campeão como o Corinthians desde que o Brasileirão dos pontos corridos é disputado por 20 times.

♦ O Atlético Mineiro é o vice-campeão de 2015, repetindo o que fizera em 1977, 1980, 1999 e 2012.

♦ O São Paulo vai disputar a Libertadores de 2016, direito que Corinthians, Atlético Mineiro e Grêmio já tinham assegurado no Brasileirão e o Palmeiras na Copa do Brasil.

♦ Figueirense, Vasco e Goiás se juntam ao Joinville para disputar em 2016 a Segundona.

♦ Eurico Miranda está de mudança para a Sibéria.

Tite já tem programa para as férias

Submetido a uma série de perguntas enviadas por internautas a pedido do Estadão, Tite teve o seguinte diálogo virtual como a corintiana Lívia Karina:

– Como você vai aproveitar as férias?

– Já pedi para o pessoal da informática pegar os melhores momentos de cada jogo que a gente fez no ano. Vou ficar fazendo churrasco em casa e curtindo alguns jogos emblemáticos que a gente fez para relembrar a temporada.

Não falta muito para que Tite, ótimo meia em seus tempos de boleiro, resolva seguir como técnico o conselho que Neném Prancha dava aos goleiros:

…deve dormir com a bola. Se for casado, dorme com as duas.

Dona Rose não vai gostar.

Tite e Joel provam que o futebol brasileiro está mudando?

Tite: até o fim

Tite: do começo ao fim

Tite começou e vai terminar o Brasileirão no comando técnico do Corinthians.

É uma exceção absoluta.

Não, não. É uma exceção relativa.

O São Paulo também começou sob o comando de Milton Cruz e tudo indica que sob o comando de Milton Cruz irá até o fim. Acontece que, entre um e outro Milton, lá estiveram Juan Carlos Osorio e Doriva.

O Corinthians é mesmo uma gloriosa exceção. Todos os outros 19 times mudaram de treinador pelo menos uma vez – como o Atlético Mineiro, vice-líder, está mudando às vésperas da penúltima rodada e o Avaí, sócio do Z-4, mudou após a 34ª rodada.

O Goiás é o recordista: foi comandado por Hélio dos Anjos, Julinho Camargo, Arthur Neto e Danny Sergio.

Joel: sem chance

Joel: sem chance

Entre os treineiros, ninguém mudou tanto quanto Doriva, que começou no Vasco, foi para a Ponte Preta, mudou-se para o São Paulo e agora está desempregado.

Tantas vagas foram abertas durante a temporada, mas desta vez Joel Santana não conseguiu uma boquinha sequer!!!

Pode-se dizer que o futebol brasileiro está mudando?

O que o campeão e o lanterna têm em comum

O Corinthians, campeão brasileiro, e o Joinville, primeiro rebaixado para a Segundona, têm algo em comum: já estão tratando de 2016.

Enquanto se preparam sem muitas preocupações para o jogo de domingo contra o Sport no Recife, os jogadores corintianos estão passando pela bateria de exames médicos que normalmente são realizados no início da temporada.

A antecipação dos exames dará mais tempo à comissão técnica para trabalhar o time na volta das férias.

Boa parte da pré-temporada corintiana em 2016 será nos Estados Unidos, o que inclui amistosos com Atlético Mineiro, o Shakhtar Donetsk e Fort Lauderdale Strikers.

O lanterninha Joinville ainda não abriu os trabalhos da próxima temporada, mas garantiu a renovação do contrato do treinador Paulo César Gusmão, que assim comandará o time na Série B com a pretensão de trazê-lo de volta à A em 2017.