Arquivo da tag: Reforço

Pato aqui

Diretores corintianos, com a discreta torcida de alguns jogadores, estão fazendo tudo para se desfazer de Alexandre Pato antes que comece a próxima temporada.

A ideia é despachá-lo de volta para o futebol europeu em troca de um bom dinheiro.

Tite, ao contrário, torce de forma cada vez menos discreta para que Pato retorne ao convívio corintiano em 2016, tanto que já abriu o jogo:

– Se eu fosse manager, ficaria com o Pato e renovaria por dois anos, num investimento de médio e longo prazo.

Além de reforçar o time que vai disputar a Libertadores e sonha com o Mundial, Pato pode valer daqui a dois anos o bom dinheiro que hoje querem os dirigentes sem conseguir  arrancá-lo dos clubes europeus.

Anúncios

Flamengo garante reforço para a próxima temporada

Guerrero: reforço para 2016

Guerrero: esperando 2016 chegar

O Flamengo ainda vai escolher o presidente, talvez mude de técnico, mas já conta com um grande reforço para a próxima temporada.

Há quem garanta que José Paolo Guerrero Gonzales, aquele que era ídolo do Corinthians e divide com Teófilo Cubillas a honra de maior artilheiro da seleção peruana em todos os tempos, voltará ao futebol em 2016 com a camisa do Fla.

É possível, até mesmo provável, pois não se pode acreditar que, aos 31 anos, que serão 32 no primeiro dia de 2016, Guerrero tenha desaprendido a jogar futebol e já não reconheça em campo os caminhos que levam ao gol.

Neste 2015, depois de marcar pelo Corinthians seis gols no Paulistão e quatro na Libertadores, o artilheiro peruano foi para o Flamengo, estreou no dia 8 de julho com um gol nos 2 a 1 sobre o Internacional, pela 12ª rodada do Brasileirão, e de lá para cá marcou apenas mais três vezes, uma delas na Copa do Brasil.

Pelo Peru, fez quatro gols na Copa América, dividindo com o chileno Eduardo Vargas a posição de artilheiro da competição. Em quatro jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo, no entanto, marcou um golzinho só – na derrota para o Chile por 4 a 3, no dia 13 de outubro.

O último gol de Guerrero pelo Fla já tem mais de três meses, foi em 23 de agosto – nos 2 a 1 sobre o São Paulo pela 20ª rodada do Brasileirão.

A escassez de gols é contrabalançada pela abundância de cartões amarelos, oito em 15 jogos, aos quais se deve acrescentar um vermelho.

O Flamengo não fez bem a Guerrero, que não fez bem ao Flamengo. No domingo, punido mais uma vez pelo acúmulo de cartões, ele não jogará contra o Atlético Paranaense. Não jogará mesmo. Ou seja: nem entrará em campo.

Melhor assim, Guerrero tem de se guardar para quando 2016 chegar. O Flamengo será outro quando Guerrero voltar ao futebol.