Arquivo da tag: Comitê de Ética

Del Nero pede licença e sai de fininho

CBF: sai Marco Polo Del Nero, entra Marcus Antônio Vicente, não se sabe até quando - Foto: CBF TV

CBF: sai Marco Polo Del Nero, entra Marcus Antônio Vicente – Foto: CBF

Na manhã de Zurique, o Comitê de Ética da Fifa confirmou a abertura de um processo contra Marco Polo Del Nero por violações ao código de ética da entidade.

Na tarde de Nova York, Loretta Lynch, procuradora-geral do Departamento de Justiça dos EUA, anunciou que Del Nero e o ex-presidente Ricardo Teixeira estão sendo processados por recebimento de suborno para firmar contratos de cessão de direitos de competições organizadas pela Conmebol e pela CBF.

Na noite do Rio de Janeiro, Marco Polo Del Nero pediu licença da presidência da CBF. Será substituído, pelo menos por enquanto, pelo deputado Marcus Antônio Vicente, que é vice da CBF e já presidiu a Federação Capixaba de Futebol.

Outro vice era o preferido de Del Nero para sentar na cadeira de presidente: Fernando Sarney, que está na Suíça tentando assumir o posto no Comitê Executivo da Fifa que lhe foi repassado pelo cartola agora licenciado.

Tendo viajado em companhia do paraguaio Miguel Angel Napout, presidente da Conmebol preso pouco depois de desembarcar em Zurique, Sarney avisou de lá mesmo que não aceitaria o cargo. É precavido o filho de José Sarney!

Como o maranhense que é vice-presidente da CBF como representante do Norte não aceitou, vai assumir o capixaba que é vice-presidente da CBF como representante do Centro-Oeste.

É a geografia da CBF!

Às 19h35, a CBF publicou a seguinte Nota Oficial em seu site:

A Confederação Brasileira de Futebol vem a público informar, face às noticias veiculadas nesta data, que o Presidente Marco Polo Del Nero apresentou pedido de licença do cargo com a finalidade de dedicar-se à sua defesa, em vista de ter seu nome mencionado em acusações relatadas pela Justiça norte-americana e pelo Comitê de Ética da FIFA.
 
Em nenhum dos procedimentos relatados foi conferida ciência ao Presidente do conteúdo das acusações, sendo certa sua absoluta convicção da comprovação de sua inocência, tão logo possa exercer os consagrados e constitucionais direitos ao contraditório e à ampla defesa.
 
Neste período de licença, o Presidente, em cumprimento às suas atribuições estatutárias, designa, interinamente, para o exercício da Presidência da CBF o Vice-Presidente Marcus Antônio Vicente
.

Era o esperado, como você pode conferir no final da nota Del Nero sai da Fifa e Ronaldo pede que deixe também CBF, publicada neste blog em 26 de novembro. Está lá: “Aguardam-se novas Notas Oficiais”.

Vale o bis: aguardam-se novas Notas Oficiais.

Anúncios

Por que Del Nero deixou o emprego na Fifa

Del Nero: Del Nero: preso a compromissos no Brasil

Del Nero: processo na Fifa

Agora a gente sabe exatamente por que Marco Polo Del Nero, ainda presidente da CBF, desligou-se no dia 26 de novembro do Comitê Executivo da Fifa (para reler a informação daquele dia, clique aqui) .

O Comitê de Ética da Fifa informou hoje que, três dias antes do pedido de afastamento, tinha aberto um processo contra Del Nero por violações ao código de ética da entidade.

O presidente da CBF não pretende ir a Zurique para se defender das acusações.

Ele não se cansa de repetir que, “neste momento”, está preso aos compromissos domésticos, optando por “dar atenção integral aos debates e temas do futebol brasileiro”.

Fifa mantém e pode ampliar suspensão de Blatter e Platini

Joseph Blatter e Michel Platini receberam nesta quarta-feira comunicado do Comitê de Apelação da Fifa informando que foram negados seus recursos contra a decisão do Comitê de Ética que os suspendeu por 90 dias de qualquer atividade relacionada ao futebol.

A suspensão de ambos ainda pode ser prorrogada por mais 45 dias.

Uefa pede rapidez no julgamento de Platini

O Comité Executivo e as 54 federações nacionais filiadas à Uefa encerraram, há pouco, uma reunião em Nyon, na Suíça, com uma declaração pública muito cuidadosa sobre as agruras por que passa seu presidente Michel Platini, que foi suspenso por 90 dias pelo Comitê de Ética da Fiifa, mas ainda não desistiu de concorrer à presidência da entidade em 2016.

Diz a nota oficial divulgada pela Uefa:

Apoiamos o direito de Michel Platini ao devido processo legal, a um julgamento justo e à oportunidade de limpar o seu nome.

♦ A todas as instâncias envolvidas no atual processo – o Comité de Ética da FIFA, o Comité de Recursos da FIFA e, em última instância, o Tribunal Arbitral do Desporto – pedimos que trabalhem o mais rapidamente possível para garantir que uma decisão final sobre o caso surja, o mais tardar, em meados de novembro de 2015.

Talvez Platini esperasse um pouquinho mais de solidariedade dos europeus.

E agora, Platini? O sonho acabou…

Eleições na Fifa: Zico se beneficia com suspensão de Platini?

Eleições na Fifa: Zico se beneficia com suspensão de Platini?

Ficou praticamente impossível para Michel Platini a manutenção da candidatura à sucessão de Joseph Blatter na presidência da Fifa.

O Comitê de Ética da Fifa anunciou, há pouco, que o antigo craque francês e atual presidente da UEFA está suspenso por 90 dias de suas atividades na Fifa, em companhia do próprio Blatter e de Jérôme Valcke, ex-secretário geral da entidade.

A suspensão ainda pode ser aumentada em mais 45 dias.

As eleições na Fifa estão marcadas para fevereiro de 2016.

O sonho do francês acabou, o pesadelo está só começando.

Nossa copeira Maria Antonieta debochou do francês quando soube da notícia: “O sonho acabou? Por que ele não pede brioche?”

E. embora vascaína, começou a apostar que o brasileiro Zico será o próximo presidente da Fifa.

De fato, a hora seria boa para a candidatura do nosso Zico se ele se mostrasse minimamente capaz de atrair apoio pelo mundo afora.

Até porque outro dos candidatos, o coreano Chung Mong Joon, ex-vice-presidente da Fifa acusado de negociar votos para a escolha das sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022, também foi punido pela Comissão de Ética e está banido do futebol por seis anos. Não pode mais nem pensar em se candidatar.

Dos que se anunciaram candidatos à sucessão de Blatter, continuam vivos Zico, o príncipe jordaniano Ali Bin Al-Hussein e  Musa Bility, presidente da federação da Libéria.

PS: Pelo menos por enquanto, não adianta procurar mais informações no site da Fifa . Não se fala disso por lá.