Arquivo da tag: Marco Polo Del Nero

Aqui a bola parou no tapetão

Os processos que correm na Justiça dos Estados Unidos contra José Maria Marin, Marcos Polo Del Nero e Ricardo Teixeira não os ameaçam por aqui.

Pelo menos, por enquanto.

Uma decisão anunciada em outubro pela juíza Débora Valle de Brito, da 9ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, confirmada depois pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região, barra a cooperação entre autoridades brasileiras e norte-americanas nas investigações que se seguem à prisão de altos dirigentes da Fifa.

A sentença da juíza ordena que o Ministério da Justiça devolva aos donos os documentos e informações que havia coletado para repassar aos investigadores norte-americanos, a pedido da Promotoria de Nova York, desbloqueia as contas que haviam sido bloqueadas e re-estabelece o sigilo bancário dos investigados.

Del Nero pede licença e sai de fininho

CBF: sai Marco Polo Del Nero, entra Marcus Antônio Vicente, não se sabe até quando - Foto: CBF TV

CBF: sai Marco Polo Del Nero, entra Marcus Antônio Vicente – Foto: CBF

Na manhã de Zurique, o Comitê de Ética da Fifa confirmou a abertura de um processo contra Marco Polo Del Nero por violações ao código de ética da entidade.

Na tarde de Nova York, Loretta Lynch, procuradora-geral do Departamento de Justiça dos EUA, anunciou que Del Nero e o ex-presidente Ricardo Teixeira estão sendo processados por recebimento de suborno para firmar contratos de cessão de direitos de competições organizadas pela Conmebol e pela CBF.

Na noite do Rio de Janeiro, Marco Polo Del Nero pediu licença da presidência da CBF. Será substituído, pelo menos por enquanto, pelo deputado Marcus Antônio Vicente, que é vice da CBF e já presidiu a Federação Capixaba de Futebol.

Outro vice era o preferido de Del Nero para sentar na cadeira de presidente: Fernando Sarney, que está na Suíça tentando assumir o posto no Comitê Executivo da Fifa que lhe foi repassado pelo cartola agora licenciado.

Tendo viajado em companhia do paraguaio Miguel Angel Napout, presidente da Conmebol preso pouco depois de desembarcar em Zurique, Sarney avisou de lá mesmo que não aceitaria o cargo. É precavido o filho de José Sarney!

Como o maranhense que é vice-presidente da CBF como representante do Norte não aceitou, vai assumir o capixaba que é vice-presidente da CBF como representante do Centro-Oeste.

É a geografia da CBF!

Às 19h35, a CBF publicou a seguinte Nota Oficial em seu site:

A Confederação Brasileira de Futebol vem a público informar, face às noticias veiculadas nesta data, que o Presidente Marco Polo Del Nero apresentou pedido de licença do cargo com a finalidade de dedicar-se à sua defesa, em vista de ter seu nome mencionado em acusações relatadas pela Justiça norte-americana e pelo Comitê de Ética da FIFA.
 
Em nenhum dos procedimentos relatados foi conferida ciência ao Presidente do conteúdo das acusações, sendo certa sua absoluta convicção da comprovação de sua inocência, tão logo possa exercer os consagrados e constitucionais direitos ao contraditório e à ampla defesa.
 
Neste período de licença, o Presidente, em cumprimento às suas atribuições estatutárias, designa, interinamente, para o exercício da Presidência da CBF o Vice-Presidente Marcus Antônio Vicente
.

Era o esperado, como você pode conferir no final da nota Del Nero sai da Fifa e Ronaldo pede que deixe também CBF, publicada neste blog em 26 de novembro. Está lá: “Aguardam-se novas Notas Oficiais”.

Vale o bis: aguardam-se novas Notas Oficiais.

Por que Del Nero deixou o emprego na Fifa

Del Nero: Del Nero: preso a compromissos no Brasil

Del Nero: processo na Fifa

Agora a gente sabe exatamente por que Marco Polo Del Nero, ainda presidente da CBF, desligou-se no dia 26 de novembro do Comitê Executivo da Fifa (para reler a informação daquele dia, clique aqui) .

O Comitê de Ética da Fifa informou hoje que, três dias antes do pedido de afastamento, tinha aberto um processo contra Del Nero por violações ao código de ética da entidade.

O presidente da CBF não pretende ir a Zurique para se defender das acusações.

Ele não se cansa de repetir que, “neste momento”, está preso aos compromissos domésticos, optando por “dar atenção integral aos debates e temas do futebol brasileiro”.

Del Nero sai da Fifa e Ronaldo pede que deixe também CBF

Marco Polo Del Nero não faz mais parte do Comitê Executivo da Fifa.

Desgostoso com o resto do mundo desde que o parceiro José Maria Marin e vários outros dirigentes do futebol internacional foram presos em Zurique, a ponto de se recusar a sair do Brasil até para ir ao Paraguai, o presidente da CBF se reuniu hoje de manhã no Rio com dirigentes da Conmebol para acertar que seu vice Fernando Sarney o substituirá nos altos escalões da Fifa.

Agora vão pipocar os pedidos para que Del Nero saia também da CBF. Ronaldo, o Fenômeno, abriu a lista:

– Eu acho que ele deve sair. Ele tem evitado ir aos jogos, parece que está fugindo de alguma coisa.

Do que fugiria o presidente Marco Polo Del Nero?

Talvez o FBI saiba.

Atualização

Somente às 15h57, o site da CBF  publicou a informação, em Nota Oficial:

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero, comunica que solicitou, nesta quinta-feira (26), junto à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) o seu desligamento do Comitê Executivo da FIFA. Indicou para a sua vaga o vice-presidente da CBF, Fernando Sarney, cujo nome foi aprovado por unanimidade na reunião desta manhã.

Del Nero informa também que permanecerá com sua cadeira no Comitê Executivo da Conmebol e que, neste momento, optou por dar atenção integral aos debates e temas do futebol brasileiro.

 Há pouco mais de um mês, no dia 11 de outubro, em outra Nota Oficial  a CBF tinha publicado:

Não procede a informação que Marco Polo Del Nero tenha ameaçada sua posição no Comitê Executivo da FIFA.

Procedia, confirmou-se hoje. Naquela Nota, a CBF dizia ainda:

Não há nenhuma prova de que Marco Polo Del Nero seja investigado pelo FBI. Vale lembrar, quando existente, uma investigação não significa uma condenação.

Aguardam-se novas Notas Oficiais.

Presidente da CBF pode ser preso

Marco Polo Del Nero tinha pedido na semana passada um habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal que lhe desse a garantia de que não poderia ser preso nem obrigado a dizer apenas a verdade diante da CPI do Futebol.

O ministro Gilmar Mendes negou hoje o pedido de liminar impetrado pelos advogados do presidente da CBF.

Assim, pelo menos até ordem em contrário, o cartola não pode mentir e pode ser preso.

Se quisesse, também poderia viajar para o exterior, mas isso ele não quer, sabe lá o FBI por quê…

Falta alguém na delegação brasileira

A Seleção chegou na noite desta quarta-feira a Buenos Aires para o jogo de amanhã com a Argentina.

Indique, na lista abaixo, quem não foi nem vai a Buenos Aires:

♦ O presidente da CBF

♦ O ex-presidente Federação Paulista de Futebol

♦ O representante da Conmebol no Comitê Executivo da Fifa que, coincidentemente, há muito tempo não aparece em Zurique.

♦ Marco Polo Del Nero

♦ Todas as opções anteriores

Por que será? O FBI sabe.

Vaivém dos presidentes da CBF

José Maria Marin, o ex que virou vice da CBF e estava morando em Zurique às custas do governo suíço, vai para os Estados Unidos.

Foi extraditado pela justiça do país e em dez dias deve ser entregue a uma escolta policial que o levará ao novo destino.

Marco Polo Del Nero, o atual presidente da CBF, continua no Brasil. Por vontade própria, inarredável.

Na Fifa, sai o Brasil, entra o Burundi

A Fifa divulga hoje, em seu site (leia em espanhol  ou em inglês), a agenda da reunião semestral do Comitê Executivo na quinta e na sexta, dias 24 e 25.

Item importante:

Informe do presidente da Comissão Organizadora dos Torneios Olímpicos de Futebol, Marco Polo Del Nero, sobre a sessão de 21 de setembro em Zurique.

Na verdade, a sessão de ontem foi presididida por Lydia Nsekera, do Burundi.

Marco Polo Del Nero não esteve nem estará tão cedo em Zurique. Continua no Brasil, cantando pelos corredores da CBF uma velha marchinha de carnaval: “Daqui não saio, daqui ninguém me tira”.

Presidente diz que não larga CBF, mas há quem duvide

Informa a CBF em “nota de esclarecimento”  postada há alguns minutos em seu site site:

– O presidente Marco Polo Del Nero esclarece que jamais cogitou ou externou a quem quer que seja a possibilidade de se licenciar do exercício da presidência da Confederação Brasileira de Futebol.

E diz mais a nota:

– O dirigente reitera que cumprirá integralmente o mandato de quatro anos para o qual foi democraticamente eleito por federações e clubes.

Sobre esta segunda parte, existem dúvidas entre dirigentes de clubes e de federações, jornalistas que acompanham as investigações na Fifa e até altos funcionários do FBI.

Procuradores ampliam as investigações sobre a Fifa

Informação bem-humorada do procurador suíço Michael Lauber sobre a apuração de denúncias de corrupção na Fifa e seus satélites:

– Este caso demorará muito mais do que 90 minutos. A investigação não está nem no intervalo.

Lauber falou com os jornalistas no começo da tarde em Zurique, tendo ao lado a procuradora norte-americana Loretta Lynch, que revelou:

– Nossa investigação continua em andamento e foi expandida desde maio. Estamos seguindo as evidências até onde nos levam. Agradeço a cooperação significativa e as evidências substanciais que recebemos de muitos lugares. Com base nessa cooperação e em novas evidências, novas acusações devem ser feitas.

Por aqui, tudo indica que a CBF continuará economizando dinheiro com as viagens presidenciais. Tão cedo o presidente Marco Del Nero não sairá do País.

.