Arquivo da tag: Argentina x Brasil

Brasil testa na Argentina uma ‘geração de ouro’. Será?

– Está surgindo uma nova geração dourada no futebol brasileiro, com Neymar, Oscar, Lucas Moura, Philippe Coutinho, Willian, Roberto Firmino e Douglas Costa.

Lazaroni: hexa em 2022

Lazaroni: ‘geração de ouro’ pode ser hexa 

Quem diz isso, em entrevista ao site da Fifa (em espanhol) é Sebastião Lazaroni, que comandou a Seleção na Copa do Mundo de 1990 e hoje é treinador do Qatar Sports Club.

Com a experiência de quem trabalhou quatro anos antes com jogadores como Taffarel, Jorginho, Branco, Dunga, Bebeto e Romário, que seriam campeões do mundo em 1994, Lazaroni diz que a “geração dourada” ainda precisa amadurecer:

– Acredito que o grupo vai alcançar a maturidade, tendo Neymar como líder, na Copa do Mundo do Qatar, em 2022, quando poderá conquistar o sexto título mundial para o Brasil. A Copa da Rússia está perto demais para esta geração.

O técnico que foi tirado nas oitavas de final da Copa de 1990  pela Argentina de Maradona e Caniggia enxerga o jogo desta noite no Monumental de Núñez como um teste precioso para a Seleção:

– A atuação do Brasil em Buenos Aires será muito importante a longo prazo. É o primeiro passo para que este grupo jovem e talentoso se una e encare as responsabilidades do futuro.

Lazaroni faz questão de lembrar que os desfalques não anulam o poderio argentino dentro de casa:

– A Argentina é poderosa, mesmo sem Messi e Agüero, e tem jogadores ofensivos maravilhosos, especialmente Ángel Di María.

Empate com Colômbia deixa o Chile atrás do Equador

Vidal fez 1 a 0, mas Chile deixou James Rodríguez empatar

Vidal fez 1 a 0, mas Chile deixou James Rodríguez empatar

Ninguém pega mais o Equador na terceira rodada das Eliminatórias Sul-Americanas que se completará com os jogos Argentina x Brasil, às 22 horas desta sexta-feira e, já na madrugada brasileiro do sábado, Peru x Paraguai.

Em Santiago, o Chile fez 1 a 0 no finalzinho do primeiro tempo, com uma forte cabeçada de Vidal, mas cedeu o empate à Colômbia na metade do segundo, num belo giro dentro da área do seu craque James Rodríguez.

Perdida a chance de manter os 100% de aproveitamento, o campeão da Copa América caiu para o segundo lugar, com sete pontos, um a mais do que o Uruguai, dois a menos do que o Equador.

Na terça-feira, dia 17, eles se enfrentam em Montevidéu. Os colombianos, que vão dormir hoje no quinto lugar, receberão a Argentina em Barranquilla.

Dunga resolveu atacar?

Repórter dos bons, sempre bem informado, Roberto Thomé aposta, em seu blog no portal R7, que o Brasil vai atacar a Argentina, logo mais, com a seguinte escalação:

Alisson, Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Felipe Luis; Luis Gustavo, Elias, Willian e Douglas Costa; Neymar e Ricardo Oliveira.

E, de leve, entrega:

– Quem me revelou esse time foi um passarinho que se veste de amarelo e anda voando baixo pelos gramados

Zabaleta vai jogar, ‘informa’ site da CBF

“Provável escalação da Argentina”, segundo o site da CBF, para enfrentar o Brasil às 22 horas, no Monumental de Núñez, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo: Romero, Zabaleta, Otamendi, Demichelis, Marco Rojo, Mascherano, Biglia, Javier Pastore, Di Maria, Lavezzi, Higuain.

Como todo mundo sabe desde a semana passada, o lateral direito Pablo Zabaleta, do Manchester City, sofreu uma entorse no joelho direito e  foi desconvocado.

Mais humilde em relação ao Brasil, o site oficial da CBF não arrisca nem a provável escalação de Dunga. Limita-se a informar que o técnico da Seleção “admitiu que já tem os seus 11 eleitos”:

– O time já está na minha cabeça, definido.

Falta alguém na delegação brasileira

A Seleção chegou na noite desta quarta-feira a Buenos Aires para o jogo de amanhã com a Argentina.

Indique, na lista abaixo, quem não foi nem vai a Buenos Aires:

♦ O presidente da CBF

♦ O ex-presidente Federação Paulista de Futebol

♦ O representante da Conmebol no Comitê Executivo da Fifa que, coincidentemente, há muito tempo não aparece em Zurique.

♦ Marco Polo Del Nero

♦ Todas as opções anteriores

Por que será? O FBI sabe.

Tata Martino sabe o que está dizendo

Ele foi seu treinador no Barcelona e o conhece bem:

– O que Neymar está fazendo hoje em dia o coloca no nível dos futebolistas que consideramos acima de todos os demais. Seu retorno à Seleção Brasileira se dá num grande momento.

Assim falou hoje, em entrevista coletiva, Tata Martino, o comandante da seleção argentina  que vai enfrentar o Brasil do “superlativo Neymar” na quinta-feira em Buenos Aires.

É a estréia de Dunga contra a Argentina

Dunga: em dez jogos contra a Argentina, seis vitórias e uma derrota

Dunga: em dez jogos, uma derrota

É ótimo o retrospecto de Carlos Caetano Bledorn Verri, o nosso tão malhado Dunga, contra a seleção argentina:

♦ como jogador: duas vitórias, dois empates, uma derrota

♦ como treinador: quatro vitórias, um empate

Esqueça-se, porém, o que ele já fez em campo e no banco contra os maiores rivais da Seleção Brasileira.

A recomendação é do próprio Dunga, feita na entrevista coletiva que está rolando agora no CT do Corinthians:

– Cada jogo tem a sua história e a gente tem de entrar sempre como se fosse o primeiro.

Acabou a moleza, Neymar

Neymar tem dureza pela frente: Argentina x Brasil no dia 12, Real x Barça no dia 21

Neymar tem dureza pela frente: Argentina x Brasil no dia 12, Real x Barça no dia 21

Jogaço nesta tarde no Camp Nou: Barcelona 3 x 0 Villareal, com dois gols de Neymar, um para entrar na antologia dos golaços de todos os tempos, e outro de Suárez em cobrança de pênalti sofrido pelo cracaço brasileiro.

Foi o nono jogo do Barça sem Messi desde que ele rompeu um ligamento do joelho esquerdo em 26 de setembro. Foi a sétima vitória, a que se somam um empate e uma derrota.

É preciso esperar que o Real Madrid enfrente o Sevilla daqui a pouco, mas, por enquanto, a liderança do Campeonato Espanhol é do Barcelona. E o artilheiro do campeonato é Neymar, com 11 gols, dois a mais do que o companheiro Suárez, três a mais do que o rival Cristiano Ronaldo.

O craque que assumiu sem vacilo a liderança técnica do Barça desde a contusão de Messi brilhou também no meio de semana, com dois gols e uma assistência nos 3 x 0 sobre o BATE Borisov pela Liga dos Campeões da Europa.

E daí?

Tudo isso pouco importa ao torcedor brasileiro.

O que se quer saber por aqui é se Neymar, com a camisa da Seleção, vai também brilhar na quinta-feira, em Buenos Aires, contra a Argentina – que não terá Messi nem Aguero no jogo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

E depois, no dia 17, o que ele fará contra o Peru.

Resolvidos os problemas por aqui, Neymar terá mais um problemão pela frente tão logo retorne à Espanha: o Real x Barça da 12ª rodada do Campeonato Espanhol, em Madri, no dia 21.

Até este domingo de glórias mil, foi moleza a vida do nosso Neymar na atual temporada europeia.

É corintiana a casa da Seleção

O Brasil de Dunga começa a se reunir hoje num hotel em Guarulhos para o mais importante compromisso deste final de ano: o jogo contra a Argentina em Buenos Aires na quinta-feira, dia 12, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Além de convocar quatro corintianos, a comissão técnica decidiu também preparar do time na casa do campeão brasileiro: no final da tarde de amanhã, o primeiro treino será no Centro de Treinamento Joaquim Grava.

Na terça, a Seleção volta a treinar lá. Na quarta, antes de embarcar para Buenos Aires, treinará no Itaquerão.