Arquivo da tag: São Paulo x Atlético Paranaense

Fim de semana decisivo para o quinteto que briga pelo G-4

Pode até vir a ser uma luta vã, pois o quarto colocado no campeonato só terá direito a uma vaga na Libertadores de 2016 se o campeão da Copa Sul-Americana não for um time brasileiro, Atlético Paranaense ou Chapecoense, mas cinco jogos deste fim de semana serão fundamentais para a definição do G-4 do Brasileirão:

♦ Internacional x Sport, hoje, às 18h30, no Beira-Rio

♦ São Paulo x Atlético Paranaense, hoje, às 21h, no Morumbi

♦ Flamengo x Joinville, amanhã, às 11h, no Maracanã

♦ Santos x Fluminense, amanhã, às 16h, no Maracanã

♦ Chapecoense x Palmeiras, amanhã, às 18h30, na Arena Condá

O Palmeiras, com 45 pontos, lidera o bloco dos pretendentes ao G-4, seguido pelo Santos e pelo São Paulo, ambos com 43, e, mais atrás, pelo Flamengo e pelo Internacional, que têm 41 pontos e podem sair da briga se forem derrotados nesta 29ª rodada.

Em vantagem na disputa, o trio paulista precisa vencer seus jogos antes da parada de 11 dias que lhes dará algum fôlego para, da 31ª rodada em diante, se dividirem entre o Brasileirão e as semifinais da Copa do Brasil.

De 17 de outubro a 1º de novembro, a vida será puxada para o Palmeiras, o Santos e o São Paulo, com dois jogos por semana, no mínimo. E os times que chegarem à final da Copa do Brasil ainda terão dois jogos pela frente até 8 de novembro.

Continuar na Copa do Brasil tem sua recompensa, que não é pequena – o campeão disputará a Libertadores no ano que vem.

O acúmulo de jogos, no entanto, é um grande risco para os times que precisarão garantir, pelo menos, o quarto lugar no Brasileirão e torcer para que Atlético Paranaense e Chapecoense se deem mal na Copa Sul-Americana.

Publicidade

Uma promessa de cada vez

Osorio: "Vou tomar uma decisão" - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Osorio: promessas – Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Como gostam de alardear os cartolas são-paulinos, que nem sempre cumprem o que prometem, o treinador Juan Carlos Osorio é um homem de palavra.

Na semana passada, prometeu que não mais falaria de sair do comando técnico do São Paulo até que se decidissem os jogos com o Palmeiras pelo Brasileirão (1 a 1, domingo, no Morumbi) e com o Vasco pela Copa do Brasil (1 a 1, ontem, no Maracanã). Prometeu e cumpriu.

Depois de garantir a classificação tricolor para as semifinais da Copa do Brasil, Osorio voltou a prometer: não mais falará sobre a ideia de trocar o São Paulo pela seleção do México até o jogo do sábado, dia 3, contra o Atlético Paranaense pela 29ª rodada do Brasileirão.

Depois do jogo de sábado no Morumbi, a história pode mudar. Osorio é um homem de palavras, uma de cada vez, às vezes em espanhol, às vezes em português. Antes de voltar a treinar o time, ele prometeu:

– Vou tomar uma decisão e todos conhecerão.