Arquivo da tag: Sul

O novo mapa da elite

A única região que não emplacou nenhum time no Brasileirão de 2015 foi o Norte. Em 2016, com o rebaixamento do Goiás, o Centro-Oeste também ficará fora da mais importante competição do futebol brasileiro.

O Nordeste, representado exclusivamente pelo Sport em 2015, terá o reforço de Santa Cruz e Vitória, vindo da Série B.

O Sul, que participou de 2015 com oito representantes, perderá duas vagas – as dos rebaixados Figueirense e Joinville.

O Sudeste perderá o Vasco em 2016, mas terá de volta o Botafogo e ganhará mais um representante vindo da Série B, o América Mineiro.

Assim, de Sul a Nordeste, o  Brasileirão de 2016 terá dois times gaúchos, dois catarinenses, dois paranaenses, cinco paulistas, três cariocas, três mineiros, um baiano e dois pernambucanos

Mais Nordeste na Série A, mais Sul na Série B

Será outra a geografia do futebol brasileiro em 2016:

♦ O Nordeste ampliará a participação na Série A, com a chegada do Vitória e do Santa Cruz para fazer companhia ao Sport, e perderá espaço na Série B, com a queda do ABC para a Série C, que também pode receber o Ceará.

♦ O Sul terá menor presença na Série A com a queda do Joinville e, no mínimo, mais um time – o Avaí, o Figueirense ou o Coritiba. Em compensação, hoje representado apenas por Paraná e Criciúma na Série B, aumentará a bancada com os dois ou três rebaixados da A e mais o Londrina e o Brasil de Pelotas, promovidos da C.

Grêmio é exceção no campeonato dominado pelo Sudeste

O bicampeão Cruzeiro, permanentemente instalado na metade inferior da tabela de classificação, e o Vasco, lanterninha cada vez mais próximo do retorno à Segundona, são exceções neste Brasileirão dominado por equipes do Sudeste.

Quaisquer que sejam os resultados dos jogos da tarde e da noite deste domingo, Corinthians, Atlético Mineiro e Grêmio continuarão no G-4 ao final da rodada de abertura do returno. E é muito difícil que o Atlético Paranaense, mesmo vencendo o Internacional em Porto Alegre, consiga ultrapassar Fluminense, Palmeiras e São Paulo para ficar com a quarta vaga.

O desenho mais realista do G-4 terá, portanto, três times do Sudeste e um do Sul.

O Z-4 já tem definidos seus ocupantes desde a noite do sábado. O que poderia mudar, como mudaram há pouco, eram as posições de Avaí, goleado ontem pelo Santos,  e Coritiba, que acaba de vencer a Chapecoense na matinê do Couto Pereira por 1 a 0. Os dois têm a companhia de Joinville, que receberá o Fluminense às 16 horas, e Vasco.

A zona de rebaixamento tem, então, três times do Sul e um do Sudeste. É o reverso do que se vê na tropa de elite deste Brasileirão.

O Nordeste – com o Sport em queda progressiva, tendo chegado ao sexto jogo consecutivo sem vitória ao perder ontem para o Figueirense por 2 a 1 – e o Centro-Oeste – com o Goiás em fase de ascensão, confirmada pelos 3 a 0 de ontem sobre o Vasco – abrem e fecham o miolo central da tabela, a vasta zona em que outras seis equipes do Sudeste e quatro do Sul compartilham esperanças e temores.

No Brasileirão dominado pelo Sudeste, chama atenção o fiasco generalizado das equipes do Sul.

O Grêmio, que empatou há pouco por 0 a 0 com a Ponte Preta em Campinas e continua na briga pelo título, é a exceção.

Dos outros sete times que representam Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, somente o Atlético Paranaense não é uma decepção para sua torcida.