Arquivo da tag: Doria

Brasil olímpico vence EUA. Domingo tem mais.

Gabriel: amistosos com EUA valem como preparação para Rio 2016 – Foto: twitter.com/CBF

Gabriel: Brasil 2 x 1 EUA na preparação para Rio 2016 – Foto: twitter.com/CBF

Com gols do santista Gabriel e do gremista Luan, a garotada olímpica do Brasil venceu por 2 a 1, no Recife, o amistoso com a seleção sub-23 dos EUA .

O volante Lucas Silva, que é do Real Madrid, mas está emprestado ao Olympique de Marselha, foi o grande destaque . Mandou no meio de campo e fez a assistência para os dois gols brasileiros.

O capitão Dória, que é do Olympique de Marselha, mas está emprestado ao Granada, quase acaba com a alegria brasileira. Cometeu o pênalti em Kiesewetter que o norte-americano cobrou para diminuir o placar e, expulso, deixou o Brasil com apenas dez jogadores na meia hora final da partida.

No domingo, em Belém, tem bis do amistoso que serve de preparação das duas equipes para a Rio 2016.

Anúncios

São Paulo de Aidar não sabe vender nem comprar

A informação é de Carlos Miguel Aidar, em entrevista  a Bruno Faria, do site Esquema de Jogo:

As vendas de Souza, Denílson e Paulo Miranda significaram R$ 18 milhões, e esse valor não paga nem 15% da dívida do São Paulo.

Na entrevista, o presidente do São Paulo diz também que ofereceu ao Olympique de Marselha “5 milhões de euros por 80% do passe” do zagueiro Dória – ou seja, uma pouco mais de R$ 17 milhões.

Ou o São Paulo vende muito mal ou compra muito mal.

Aliás, tenta comprar, pois o Olympique nem sequer respondeu à proposta feita por Aidar.

Das três aves tricolores, quem brilhou foi o Pato

Pato 235aPato quase tira a camisa para comemorar o terceiro gol do São Paulo no Morumbi

Quem bem observou, durante a semana, foi o jornalista Luis Augusto Símon, em seu Blog do Menon:

– O São Paulo tem Ganso, tem Pato e também tem o seu Pavão.

Das três aves tricolores, a que mais voou nos últimos dias foi o Pavão, por mais que tenha negado a viagem entre Sampa e Medelin, mas quem brilhou no Morumbi foi o Pato.

O São Paulo já vencia o Joinville por 1 a 0 desde os 100 minutos do primeiro tempo, com um gol do zagueiro Doria, mas passou a mandar de fato no jogo no segundo tempo, com Pato no ataque em substituição a Luís Fabiano.

Pato deu a bola para Michel Bastos fazer 2 a 0 aos 13 e fez 3 a 0 aos 40.

Comemorou o gol com vibração incomum. Quase tirou a camisa para mostrar a plumagem, mas se lembrou de que não é o Pavão, é o Pato.

No final do jogo, fez questão de encher a bola do parceiro Luís Fabiano:

– Eu quero jogar com ele. Dá para fazermos uma boa dupla. Já fizemos bons jogos no início do ano passado.