Arquivo da tag: Luan

Este é o Brasil que quer o ouro olímpico

Parece que nossa molecada olímpica está se soltando: depois dos 2 a 1 no amistoso da quarta-feira no Recife, hoje teve goleada nos norte-americanos em Belém.

 

O público do Mangueirão foi pequeno, apenas 6.130 torcedores, para um show de bola com placar bem dilatado: com dois gols de Felipe Anderson, dois de Gabriel, o Gabigol, e um de Luan, Brasil 5 x 1 EUA.

 

Que os bons ventos continuem levando a bola às redes adversários até a Rio 2016.

Anúncios

Brasil olímpico vence EUA. Domingo tem mais.

Gabriel: amistosos com EUA valem como preparação para Rio 2016 – Foto: twitter.com/CBF

Gabriel: Brasil 2 x 1 EUA na preparação para Rio 2016 – Foto: twitter.com/CBF

Com gols do santista Gabriel e do gremista Luan, a garotada olímpica do Brasil venceu por 2 a 1, no Recife, o amistoso com a seleção sub-23 dos EUA .

O volante Lucas Silva, que é do Real Madrid, mas está emprestado ao Olympique de Marselha, foi o grande destaque . Mandou no meio de campo e fez a assistência para os dois gols brasileiros.

O capitão Dória, que é do Olympique de Marselha, mas está emprestado ao Granada, quase acaba com a alegria brasileira. Cometeu o pênalti em Kiesewetter que o norte-americano cobrou para diminuir o placar e, expulso, deixou o Brasil com apenas dez jogadores na meia hora final da partida.

No domingo, em Belém, tem bis do amistoso que serve de preparação das duas equipes para a Rio 2016.

Atlético vence Ponte antes de receber o Corinthians

Como os atleticanos acreditam em seu time enquanto houver uma mínima chance de ir em frente, está salva a bilheteria do Atlético Mineiro x Corinthians do próximo domingo.

A vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta mantém o Atlético a oito pontos do líder do Brasileirão. Os três gols saíram no segundo tempo:  Luan, aos 6 minutos, e Giovanni Augusto, aos 11, para o Atlético; Renato Chaves, nos acréscimos, para a Ponte.

É difícil que uma nova vitória atleticana no domingo, absolutamente natural, provoque uma reviravolta na corrida pelo título, mas o Independência vai lotar. E o atleticano Dátolo, que voltou ao time, não perde a esperança, como garantiu ao final dos 2 a 1 de hoje:

– Aqui é Galo. Nada é impossível.

No último jogo deste domingo, Atlético e Ponte evitaram que a 32ª se encerrasse com uma vexaminosa média de menos de um gol por jogo. Contados os três, foram apenas 12 gols nos dez jogos do fim de semana – média de 1,2 por jogo.

Fique de olho na molecada

Sub20 Promessas 910@@@               Kenedy, Luan, Gabriel Jesus, Valdívia e Gabigol: na luta pelo ouro olímpico

A molecadinha do Brasil, basicamente o time sub-20, vai pegar gente grande pela frente, hoje à noite, na Arena Amazônia, em Manaus.

Gente grande, de futebol pequeno, porém: o adversário da garotada brasileira que se prepara para brigar pelo inédito ouro olímpico em 2016 será a seleção principal da República Dominicana, 119ª colocada na última edição do ranking da Fifa.

O amistoso das 21 horas será uma chance de ver em ação jogadores como Kenedy, que o Fluminense deixou ir para o Chelsea no meio do ano; Luan, destaque do Grêmio; e Gabriel Jesus, o mais novo de todos, com apenas 18 anos, em fase de ascensão no Palmeiras.

É provável que Rogério Micale, dublê de Dunga, escale os três como titulares, mas pelo menos mais dois jogadores podem sair do banco para fazer a alegria dos torcedores: o colorado Valdívia, meia de muita movimentação e criatividade que gosta de fazer gols, e o santista Gabigol, que está finalmente aprendendo também a se movimentar por todos os setores do ataque.

Podem sair deste quinteto, além do ouro na Rio-2016, mais um ou dois parceiros para Neymar nos campos da Rússia em 2018.

Vale a pena ficar de olho nesta molecada.

Atualização

Molecadinha do Brasil 6 x 0 República Dominicana, com gols de Gabriel Jesus, Maicon, Luan, Valdívia, Fred e Gabigol.

É difícil acreditar que, como registra o ranking da Fifa em outubro, existam 89 seleções piores do que a dominicana no mundo da bola.

Palmeiras volta ao G-4 e torce contra São Paulo e Flamengo

Lucas Barrios: quarto gol na semana anima torcida do Palmeiras

Lucas Barrios: quarto gol na semana anima torcida do Palmeiras

Nada do que era possível se fez realidade para o Grêmio no Pacaembu e, assim, Roger Machado e comandados voltam para Porto Alegre preocupados com o que farão o Corinthians, o Atlético Mineiro e até o São Paulo neste domingo.

Dependendo dos resultados de amanhã, o Grêmio pode ser obrigado daqui em diante a dividir as preocupações no Brasileirão entre a dupla da frente e os times que dele se vão aproximando na dura briga pelas duas últimas posições no G-4.

O Palmeiras abriu o placar aos seis minutos, com um gol de cabeça do zagueiro Vitor Hugo, permitiu que o garoto Luan empatasse aos 20, fez 2 a 1 aos 31, novamente de cabeça, dessa vez de Lucas Barrios, que já tinha marcado três nos 4 a 1 sobre o Fluminense e começa a merecer a simpatia da torcida.

Foi um primeiro tempo relativamente equilibrado, com mais posse de bola do Grêmio e maior contundência ofensiva do Palmeiras.

O calor derrubou um pouco o ritmo do jogo no segundo tempo. O Grêmio pareceu mais cansado, o Palmeiras ficou mais com a bola e, aos 13, chegou aos 3 a 1 com gol de Rafael Marques.

O Grêmio tentou reagir, diminuiu para 3 a 2 aos 40, com outro gol de Luan, cobrando pênalti marcado pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio após uma bola cruzada bater no braço de Amaral.

Vitória justa do Palmeiras, que poderia estar em posição bem melhor no campeonato se não oscilasse tanto de um jogo para outro, mas, ainda assim, vai dormir no G-4, com 44 pontos, quatro a menos do que o Grêmio, dois a mais do que o São Paulo e três do que o Flamengo.

Para fechar a rodada em quarto lugar, o Palmeiras precisa que nem São Paulo nem Flamengo vençam seus jogos do domingo.

Seleção interfere em quatro rodadas do Brasileirão

Saiu a programação da Seleção Brasileira para os amistosos do dia 5 de setembro, com a Costa Rica em Nova Jersey, e do dia 8, com os EUA em Boston.

A apresentação dos jogadores que atuam no Brasil está marcada para as 19 horas de 30 de agosto, domingo, no Aeroporto de Congonhas.

Ou seja: antes de viajar, Marcelo Grohe pode defender o Grêmio contra o Coritiba e Alisson pode defender o Internacional contra o Avaí, pois esses dois jogos da 21ª rodada do Brasileirão serão disputados às 11 horas.

Já o Atlético Mineiro não terá Douglas Santos contra o Fluminense, o Corinthians não terá Elias contra a Chapecoense e o Santos não terá Lucas Lima contra o Cruzeiro.

E todos continuarão desfalcados de suas estrelas nas três rodadas seguintes.

Quando sair a programação da seleção olímpica, que jogará no dia 8 de setembro contra a França em Lyon, saberemos quanto tempo o Luan, Luciano e Otávio, jovens destaques deste brasileirão, também ficarão longe de Grêmio, Corinthians e Atlético Paranaense.

Grêmio tira Atlético da liderança e entra na briga pelo titulo

Douglas: gol em noite brilhante no Mineirão

Douglas: com direito a gol, noite brilhante no Mineirão

O Atlético Mineiro caiu na armadilha do Grêmio e, no Mineirão tomado por quase 50 mil torcedores, perdeu em dois contra-ataques fatais o jogo e a liderança do Brasileirão.

Os 2 a 0, com gols de Douglas e Luan, colocam o Grêmio em terceiro lugar, a apenas quatro pontos do líder Corinthians.

Foi mais um belo jogo nesta 18ª rodada, marcado no primeiro tempo pelo estilo ofensivo do Atlético, que insistiu em procurar o gol até abrir o amplo espaço em seu campo de defesa que o Grêmio aproveitou em contra-ataque trabalhado desde sua área até a troca de passes entre Douglas e Giuliano que se encerrou com o gol do camisa 10 aos 40 minutos.

O Atlético nem teve tempo de ensaiar a reação no segundo tempo, pois o garoto Luan, concluindo em outro rapidíssimo contra-ataque uma precisa troca de passes com Douglas e Giuliano, fez 2 a 0 logo aos 9 minutos. O trio brilhou em todo o jogo.

Levir Culpi resolveu arriscar ainda mais e trocou o volante Leandro Donizete pelo atacante Luan, que a torcida mineira pedia desde o intervalo.

Se o jogo com um Luan já era bom, ficou mais animado ainda com os dois em campo.

E o Atlético continuou martelando no ataque, procurando insistentemente o gol, criou algumas boas chances, chegou a acertar o poste direito de Marcelo Grohe em chute de Dátolo, mas não conseguiu dobrar a boa marcação gremista.

A torcida atleticana reconheceu o esforço, tanto que aplaudiu o time no final do jogo e abriu o berro:

– Galo, Galo, Galo.

O Grêmio está na briga direta pelo título e o Corinthians lhe dá boas vindas.