Arquivo da tag: Brasil x Costa Rica

Chegou o dia de Lucas Lima na Seleção

Lucas Lima e Neymar       Lucas Lima e Neymar: treino da Seleção em Nova Jersey – Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Antes da Copa América, Muricy Ramalho já dizia:

– O melhor camisa 10 é o Lucas Lima. Respeito o Dunga, mas ele tinha de estar na Seleção. É um jogador moderno, joga em direção ao gol toda hora. Vai na diagonal, entra na área, pensa o jogo, faz gol, vem no meio-campo. A quilometragem dele é altíssima. É o melhor número 10 do Brasil hoje.

Dunga é um técnico cauteloso, até mesmo conservador em muitos aspectos, mas não é burro nem sequer teimoso. Na primeira convocação após a pífia atuação brasileira em campos no Chile, incluiu o nome do meia que não se deixou tentar pelas ofertas do futebol europeu no meio do ano e preferiu continuar regendo em campo o bom time do Santos.

Dunga fez mais nestes dias de treinamento da Seleção nos Estados Unidos: escalou Lucas Lima no time titular e procurou lhe transmitir confiança, prometendo respeito às suas características. É o que vamos ver no amistoso com a Costa Rica, em Nova Jersey:

– Ele vai jogar como joga no Santos. Ele vai ter liberdade para fazer o que faz no seu clube, tem que estar mais perto possível do que ele faz lá, com a responsabilidade que todos têm na Seleção.

O jogo das 17 horas deste sábado, 5 de setembro, pode ser um novo marco na história da Seleção. Lucas Lima tem tudo para acrescentar clarividência ao nosso meio de campo, até agora marcado por muita movimentação e combatividade e pouca inspiração criativa entre as duas intermediárias.

Se jogar como joga no Santos, Lucas Lima ajudará a reinventar o futebol da Seleção. A novidade foi percebida nos treinos pelo volante Luiz Gustavo?

– Ele tem a característica do último passe para deixar os atacantes em condições fazer o gol. Eu e o Fernandinho, com um jogador de tanta qualidade na nossa frente,  temos simplesmente dar  respaldo a ele.

É uma pena que, à frente dele, Lucas Lima não possa também contar com o incomparável Neymar. Por enquanto.

Contusão pode tirar Jefferson da Seleção

O goleiro Jefferson se machucou no treinamento de ontem no Engenhão e nem viajou com o Botafogo para o jogo de hoje com o CRB em Maceió.

Com uma tendinite no ombro esquerdo, Jefferson pode desfalcar também a Seleção nos amistosos com a Costa Rica, no dia 5, e com os Estados Unidos, no dia 8.

Seleção interfere em quatro rodadas do Brasileirão

Saiu a programação da Seleção Brasileira para os amistosos do dia 5 de setembro, com a Costa Rica em Nova Jersey, e do dia 8, com os EUA em Boston.

A apresentação dos jogadores que atuam no Brasil está marcada para as 19 horas de 30 de agosto, domingo, no Aeroporto de Congonhas.

Ou seja: antes de viajar, Marcelo Grohe pode defender o Grêmio contra o Coritiba e Alisson pode defender o Internacional contra o Avaí, pois esses dois jogos da 21ª rodada do Brasileirão serão disputados às 11 horas.

Já o Atlético Mineiro não terá Douglas Santos contra o Fluminense, o Corinthians não terá Elias contra a Chapecoense e o Santos não terá Lucas Lima contra o Cruzeiro.

E todos continuarão desfalcados de suas estrelas nas três rodadas seguintes.

Quando sair a programação da seleção olímpica, que jogará no dia 8 de setembro contra a França em Lyon, saberemos quanto tempo o Luan, Luciano e Otávio, jovens destaques deste brasileirão, também ficarão longe de Grêmio, Corinthians e Atlético Paranaense.

Dunga convoca Brasil de cara velha

Pode ser que ele mude alguns nomes desta lista para os amistosos com Costa Rica e Estados Unidos quando convocar o time para os jogos contra o Chile e a Venezuela pelas Eliminatórias, mas é evidente que Dunga está esboçando o time com que pretende garantir a vaga na Copa do Mundo de 2018.

Uma ótima novidade na lista divulgada há pouco na CBF é o santista Lucas Lima, meia com virtudes que faltam a outros jogadores testados até agora por Dunga.

Outro bom sinal é a convocação do zagueiro Gabriel Paulista, do Arsenal, que ainda vai fazer 25 anos e rejuvenesce uma lista que inclui trintões em demasia quando se pensa na próxima Copa e não apenas na caminhada até a Rússia: o goleiro Jeferson, o zagueiro Miranda, os laterais Daniel Alves e Luís Felipe, os volantes Fernandinho e Elias, e o meia Kaká.

E ainda se pode lembrar que, em 2018, já terão 30 ou mais anos o goleiro Marcelo Grohe, o zagueiro David Luiz, os volantes Luiz Gustavo e Ramires, o meia Willian e o atacante Hulk.

É Dunga aqui ou acolá

A Seleção fará dois jogos em campos norte-americanos no começo de setembro: dia 5, contra a Costa Rica; dia 8, contra os EUA.

Também no dia 8, a seleção olímpica jogará contra a França em Le Mans.

Como Dunga é o técnico das duas seleções, mas não tem o dom da onipresença, Rogério Micale comandará a garotada na França.

Marta 15 x 14 Abby Wambach

Abby Wambach: 14 gols em Mundiais - Foto: Twitter/@AbbyWambach

Abby Wambach: 14 gols em Mundiais – Foto: Twitter@AbbyWambach

A norte-americana Abby Wambach, que aos 39 anos é a mais velha jogadora do Mundial Feminino disputado no Canadá, marcou o gol da vitória sobre a Nigéria que classificou os EUA para as oitavas de final e igualou-se à alemã Birgit Prinz em segundo lugar na lista das artilheiras da competição em todos os tempos.

A alemã deixou os campos em 2011. Com seus 14 gols, Abby Wambach está a um da brasileira Marta, artilheira dos Mundiais.

Tudo indica que Marta estará em campo logo mais, às 20 horas do Brasil, para enfrentar a Costa Rica num jogo que nada mais vale para as brasileiras, já classificadas primeiras colocadas do Grupo E para as oitavas do Mundial.

Oswaldo Alvarez o Vadão, vai poupar algumas titulares, como Fabiana e Thaisa, mas deixará que Marta continue na briga pela artilharia e afie no Estádio de Moncton as garras para a partida contra a Austrália pelas oitavas – no domingo, lá mesmo.

Atualização – 1

Vai começar Brasil x Costa Rica no Estádio de Moncton e Vadão mudou de ideia: Marta não está escalada. O Brasil jogará com Luciana; Poliana, Mônica, Rafaelle e Tamires; Raquel, Maurine, Andressinha e Rosana; Gabi Zanotti e Darlene.

Do time que venceu a Espanha por 1 a 0, começarão jogando apenas Luciana, Mônica, Rafaelle e Tamires.

Informa a CBF no Twitter : “Vadão aproveita a classificação antecipada para dar mais tempo de recuperação física às jogadoras que já disputaram duas partidas na Copa”.

Atualização – 2

Resultado: Brasil 1 x 0 Costa Rica, gol de Raquel Fernandes.

E, assim, o placar histórico das artilheiras continua: Marta 15 x 14 Abby Wambach.