Arquivo da tag: Giovanni Augusto

Atlético vence Ponte antes de receber o Corinthians

Como os atleticanos acreditam em seu time enquanto houver uma mínima chance de ir em frente, está salva a bilheteria do Atlético Mineiro x Corinthians do próximo domingo.

A vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta mantém o Atlético a oito pontos do líder do Brasileirão. Os três gols saíram no segundo tempo:  Luan, aos 6 minutos, e Giovanni Augusto, aos 11, para o Atlético; Renato Chaves, nos acréscimos, para a Ponte.

É difícil que uma nova vitória atleticana no domingo, absolutamente natural, provoque uma reviravolta na corrida pelo título, mas o Independência vai lotar. E o atleticano Dátolo, que voltou ao time, não perde a esperança, como garantiu ao final dos 2 a 1 de hoje:

– Aqui é Galo. Nada é impossível.

No último jogo deste domingo, Atlético e Ponte evitaram que a 32ª se encerrasse com uma vexaminosa média de menos de um gol por jogo. Contados os três, foram apenas 12 gols nos dez jogos do fim de semana – média de 1,2 por jogo.

Atlético Mineiro sonha com vitória da Ponte

Lucas Pratto: presença nos três gols

Lucas Pratto: presença nos três gols

O Coritiba deu um pouco de trabalho nos primeiros minutos, mas logo deixou o Atlético Mineiro tomar conta do jogo e, já fim do primeiro tempo, fazer 1 a 0, com gol contra do lateral Leandro Silva ao cortar cruzamento de Lucas Pratto para Thiago Ribeiro, a quem o árbitro poderia muito bem ter atribuído o gol.

O vice-líder do Brasileirão ainda não retomou o ritmo envolvente e o futebol insinuante de boa parte do primeiro turno, mas fez no Couto Pereira o suficiente para chegar a 2 a 0 aos 20 minutos do segundo tempo, com gol de Giovanni Augusto, novamente aproveitando jogada de Lucas Pratto.

Aos 39, após ser derrubado na área, o próprio Lucas Pratto cobrou o pênalti e fechou o placar. O Atlético de 51 gols em 29 rodadas vai dormir a quatro pontos da liderança, sonhando para que neste domingo o Corinthians perca contra a Ponte Preta, em Campinas, parte da folga que vem ganhando nas últimas rodadas.

É o que ainda poderia dar alguma graça à disputa do título brasileiro de 2015. O problema do Atlético – e da Ponte – é que o Corinthians de Tite não é dado a graças.

Atlético e Grêmio confrontam ambições no Mineirão

Promessa de grande jogo entre inquilinos do G-4

Promessa de grande jogo entre inquilinos do G-4

É um exagero achar que o Atlético decidirá contra o Grêmio sua sorte no Brasileirão, mas o melhor time do campeonato tem de mostrar no Mineirão o futebol e a disposição de favorito indiscutível ao título se quiser continuar à frente do Corinthians antes de viajarem os dois para seus jogos em Santa Catarina que definirão o campeão, simbólico, do primeiro turno.

O Corinthians está invicto há dez rodadas, com sete vitórias e três empates, 80% de aproveitamento. Batendo o Grêmio nesta quinta-feira, o Atlético Mineiro somará oito vitórias, um empate e uma derrota (para o próprio Corinthians) no mesmo período, o que representa rendimento ligeiramente superior, de 83,3%.

Para não ceder a liderança do Brasileirão, assumida provisoriamente pelo Corinthians, o Atlético precisa pelo menos empatar com o Grêmio, que desembarcou em Belo Horizonte turbinado por uma goleada histórica no Internacional e só deixará o G-4 neste 18ª rodada se sofrer um vexame ainda maior no Mineirão.

Ao contrário, se derrotar o anfitrião, o Grêmio voltará para casa com 33 pontos, a apenas quatro da liderança, e definitivamente no rol dos candidatos ao título brasileiro de 2015.

Levir Culpi deve contar novamente com o artilheiro Lucas Pratto e, pelo menos no banco, com Luan, mas não terá o meia Giovanni Augusto. E ainda contará com a redobrada animação do jovem lateral Douglas Santos, uma das surpresas da Seleção chamada hoje por Dunga para dois amistosos nos Estados Unidos.

Roger Machado sabe que o jogo do Mineirão é fundamental para as pretensões do Grêmio no campeonato. Ele aposta na marcação forte e no talento ofensivo do garoto Luan, que tem sido seu melhor jogador e foi o maior destaque do Gre-Nal, para subir pelo menos mais um degrau no G-4.

Espera-se, a partir das 21 horas, um jogo pelo menos tão bom quanto foi o Corinthians 4 x 3 Sport de ontem.