Arquivo da tag: Levir Culpi

Chorando, Levir sai do Atlético

Levir se despede: "Até breve"

Levir Culpi se despede : “Até breve”

Campeão da Copa do Brasil há exatamente um ano e na briga para garantir o vice-campeonato brasileiro de 2015, Levir Culpi confirmou, há pouquinho, o que estava ficando cada vez mais óbvio nos últimos dias: não é mais o treinador do Atlético Mineiro. Nem sequer irá a Porto Alegre para dirigir o time no jogo de domingo contra o Grêmio.

– A diretoria chegou à conclusão de que não deveríamos seguir nosso trabalho – comunicou Levir aos repórteres que cobrem o dia a dia do Atlético.

Emocionado, Levir chegou a chorar durante a entrevista de despedida, em que revelou aos repórteres um desejo muito pessoal:

– No fundo, no fundo… eu gostaria que vocês falassem: ‘Você é um cara legal’. Pronto. É isso. Até breve.

Anúncios

O que se diz aqui e ali sobre o Atlético

Muricy Ramalho não se cansa de dizer que não negocia com clube que tem técnico empregado.

Em Belo Horizonte, porém, se diz que o Atlético Mineiro não tem problema em negociar com representantes de técnico desempregado.

Levir Culpi desconfia de que vai ter de procurar novo emprego em 2016.

E acha uma burrice que não lhe tenham dito isso antes.

Levir continua sem saber se sai ou se fica

Levir Culpi, que comandou o Cerezo Osaka por seis temporadas antes de voltar para o Atlético Mineiro, lamenta a indefinição sobre a renovação do contrato que vence no final de dezembro e anda com saudades do Oriente:

– Lá no Japão, um mês antes já sabia se eu ia ficar ou não.

Aos repórteres que, depois do 2 a 2 de ontem com o Goiás, queriam saber como vão ficar as coisas, respondeu perguntando:

– Sabem quantas pessoas estão interessadas no meu lugar? Muitas. Sabem quantas estão ligando para o presidente neste momento?

Alguns dirigentes do Atlético querem que Levir continue, outros querem defenestrá-lo.

Uma mancha na campanha do Atlético Mineiro

A incapacidade de reagir minimamente às vicissitudes nas rodadas recentes e decisivas manchou a campanha do Atlético Mineiro neste Brasileirão, poderia lhe custar o vice-campeonato se o Internacional não tivesse vencido o Gre-Nal há pouquinho por 1 a 0 e ainda pode determinar a saída de Levir Culpi, que pressentiu a mancha, por motivos outros e equivocados, bem antes dos últimos vexames, como este de hoje, o empate por 2 a 2 com o Goiás no Independência.

Nas últimas dez rodadas, a campanha do vice-líder se compara à do Vasco, que demorou a sair da lanterna e ainda corre sério risco de cair para a Segundona. Foram apenas 17 pontos ganhos. O Corinthians ganhou 26.

Se forem mesmo vice-campeões brasileiros, os atleticanos deveriam dividir com os colorados o prêmio de R$ 6,3 milhões que a CBF lhes pagará – ou, pelo menos, os R$ 2 milhões a mais do que receberá o terceiro colocado.

Espertamente, Cruzeiro e Sport jogam neste domingo

O Mineirão recebe neste domingo, às 17h30, um jogo desgarrado da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro: Cruzeiro x Sport.

O visitante está a apenas dois pontos do G-4. O anfitrião está a seis.

Portanto, é um jogo importante que a CBF concordou em antecipar, a pedido das duas equipes.

Levir Culpi e Paulo Roberto Falcão foram espertos.

Tiveram uma semana de trabalho para preparar seus times e terão outra antes da 36ª rodada – em que o Cruzeiro visitará o Palmeiras e o Sport receberá o Atlético Paranaense.

Os outros 18 times só voltarão a jogar no meio da semana e, três ou quatro dias depois, estarão novamente em campo.

A agenda mais equilibrada pode ajudar Cruzeiro e Sport na reta final do Brasileirão.

Jemerson, boa novidade na Seleção

Jemerson: na vaga de David Luiz - Foto: www.atletico.com.br

Jemerson: chamado por Dunga – Foto: http://www.atletico.com.br

O baiano Jemerson, um dos destaques do Atlético Mineiro no Brasileirão, é o escolhido de Dunga para substituir David Luiz na lista dos 23 jogadores convocados para o jogo contra o Peru na terça-feira, 17, pelas Eliminatórias Sul-Americanas.

Titular absoluto desde que substituiu o argentino Otamendi na zaga atleticana em 2014, formado nas divisões de base do Atlético, Jemerson de Jesus Nascimento fez 23 anos em 24 de agosto e é sempre muito elogiado pelo técnico Levir Culpi, que já chegou a dizer:

– Não imaginava que, depois do Otamendi, surgisse um zagueiro do mesmo nível tão rapidamente. Ele segue os passos do Otamendi e tomara que se mantenha assim porque vai ser um jogador importante para o Atlético e certamente será convocado para a Seleção Brasileira.

Zagueiro veloz, que se entende bem com a bola e sabe sair jogando, Jemerson vai cumprindo a profecia do técnico.