Arquivo da tag: Vitinho

Gol no finalzinho mantém Inter perto do G-4

Internacional e Ponte Preta prometeram uma coisa e fizeram outra no Beira-Rio.

Nada de muita disposição ofensiva. Foi um jogo de marcação muito forte e pouca criatividade e dava a impressão que acabaria num 0 a 0 desastroso para as pretensões dos dois times no Brasileirão.

Aos 42 do segundo tempo, depois de muito circular na área da Ponte, a bola sobrou para Vitinho fazer o 1 a 0 que mantém o Inter na briga por uma vaga no G-4, com 53 pontos, como o Santos, que amanhã enfrentará o Joinviille em Santa Catarina, e o São Paulo, que pegará o Cruzeiro em Minas.

Sorte de Argel Fucks que, dez minutos antes, ia substituir Vitinho por Alisson Farias, mas na hora agá preferiu tirar o inoperante Lisandro López.

Publicidade

Palmeiras e Inter continuam na luta

A torcida chegou a ensaiar uma vaia no fim do primeiro tempo, irritada com a ineficiência ofensiva do Palmeiras diante da boa marcação do Figueirense, mas Jackson não deixou o sentimento de frustração prosperar no segundo tempo. Já no primeiro minuto, fez 1 a 0.

Aos 41, Zé Roberto sofreu pênalti. Aos 42, Zé Roberto fez 2 a 0.

Ufa!

Depois de três jogos sem vitória, em que marcou apenas um ponto, os 2 a 0 no Parque Allianz podem não ser um grande feito, mas estancam a afastamento progressivo do G-4 e até devolvem uma tênue esperança de volta, não imediata, à briga por uma vaga na Libertadores de 2016, tudo o que o Palmeiras ainda pode querer neste Brasileirão.

No Couto Pereira, o Internacional também venceu – por 1 a 0. Foi a primeira vitória fora de casa desde que Argel Fucks substituiu Diego Aguirre no comando técnico. O Inter se mantém a uma distância minimamente cômoda do G4, mesmo que Santos, Atlético Paranaense, São Paulo e Flamengo vençam os jogos do domingo.

Graças ao gol suado de Vitinho, aproveitando boa jogada de Valdívia no finalzinho do primeiro tempo, serão no máximo quatro pontos de distância para a tropa de elite do Brasileirão quando esta 25ª rodada se encerrar amanhã à noite.

Os colorados também podem continuar sonhando com o G-4, de preferência com os olhos bem abertos, escancarados até.

Zebra cearense pasta no gramado do Morumbi

A primeira rodada das oitavas de final da Copa do Brasil fechou com uma vistosa zebra no Morumbi: São Paulo 1 x 2 Ceará.

Rafael Costa fez 1 a 0 logo aos 17 minutos. Bem que o time de Juan Carlos Osorio tentou reagir, foi para o ataque, dominou o jogo, martelou, martelou, mas o goleiro Luis Carlos fechou o gol e só foi vazado por Alexandre Pato aos 22 do segundo tempo, depois que Rafael Costa já tinha feito 2 a 0.

A surpreendente vitória permitirá ao time cearense, lanterninha absoluto da Série B do Brasileirão, classificar-se em casa para as quartas de final da Copa do Brasil mesmo perdendo por 1 a 0 o jogo da próxima quarta-feira.

Os jogos das 19 horas tiveram resultados mais previsíveis, embora o Fluminense tenha sofrido para vencer no Maracanã.

O calendário do futebol brasileiro não é muito propício aos velhinhos. E o Flu andou perto de se dar mal: perdeu os trintões Fred e Ronaldinho Gaúcho, machucados, e já estava quase conformado com o empate por 1 a 1 com o Paysandu, mas foi salvo pelo quase lateral Renato, que fez 2 a 1 aos 48 do segundo tempo.

O quase quarentão Magno Alves, que substituiu Fred, tinha feito o primeiro gol do Flu. Em Belém, na próxima quarta, o Flu joga por um empate, mas ao Paysandu basta uma vitória por 1 a 0 para ir em frente. E o retrospecto no Brasileirão mostra que o Flu dos velhinhos é uma visitante frágil: perdeu cinco dos nove jogos que fez fora de casa.

Com gols de Vitinho e Valdívia, no Beira-Rio, o Internacional derrotou o Ituano por 2 a 0 e ficou muito próximo das quartas de final da Copa do Brasil. Na semana que vem, em Itu, corre um único e pequeno risco: excesso de confiança.

Não é problema que possa afetar uma equipe comandada por Argel Fucks, acostumado a trabalhar permanentemente em alta tensão. Será sempre mais fácil se ver em campo um Inter excessivamente pilhado do que acomodado.