Arquivo da tag: Islas

Chilenos se preocupam com time que vai enfrentar o Brasil

Sampaoli: primeiras convocações para o jogo contra o Brasil

Sampaoli: primeiras convocações para o jogo contra o Brasil

O temeroso respeito com que a nossa mídia vem tratando a seleção chilena, campeã da Copa América e primeira adversária do Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, não é suficiente para tranquilizar os coleguinhas de lá.

Em seguida à convocação de 16 dos 23 jogadores escolhidos por Jorge Sampaoli para os jogos contra o Brasil, no dia 5 de outubro em Santiago, e o Peru, dia 13 em Lima, pipocaram na mídia chilena as primeiras preocupações, detalhadas na edição de hoje do jornal La Tercera:

♦ O goleiro Claudio Bravo, capitão da seleção, está voltando aos treinamentos no Barcelona depois da lesão muscular que sofreu no começo do mês.

♦ O lateral Mauricio Islas, contratado em agosto, participou até agora de apenas dois jogos do Olympique de Marselha.

♦ O meia/atacante Alexis Sánchez começou muito tarde a preparação para a temporada  e ainda não marcou nenhum golzinho pelo Arsenal em seis rodadas do Campeonato Inglês e uma da Liga dos Campeões da Europa.

♦ O volante Arturo Vidal, mais cara contratação do futebol alemão na temporada, vem sofrendo com as críticas frequentes de torcedores e antigos ídolos do Bayern.

♦O meia Jorge Valdivia foi parar no Al-Wahda, dos Emirados Árabes, e até agora jogou  90 minutos, um exagero para os padrões valdivianos.

Em meio a tantas preocupações, os chilenos lamentam também a ausência de Charles Aránguiz, o volante do Bayer Leverskusen  que ainda se recupera de uma cirurgia no tendão de Aquiles.

Em compensação, comemoram a boa fase do zagueiro Gary Medel, destaque da Internazionale, que lidera o Campeonato Italiano com 100% de aproveitamento e sofreu apenas um gol em cinco rodadas.

Pequenas alegrias à parte, lá e cá, a mídia vive de preocupações.

Anúncios

Chile abre o caminho até a final da Copa América

Islas fez 1 a 0 para o Chile a dez minutos do final

Islas fez 1 a 0 para o Chile a dez minutos do final e liquidou ilusões  uruguaias

Faltavam dez minutos para o fim do jogo e, embora os chilenos tivessem amplo predomínio em campo, já não era despropositado imaginar que mais uma vez os uruguaios aprontariam uma surpresa na Copa América, expulsando do salão nas quartas de final o dono da festa.

Desde os 17 minutos do segundo tempo, o Uruguai tinha apenas dez em campo: Cavani, que já recebera um cartão amarelo no primeiro tempo, deu um tapinha no zagueiro Jara e foi expulso por Sandro Meira Ricci.

Com um jogador a menos, o Uruguai apertou a marcação e, curiosamente, ameaçou mais o gol de Bravo do que nos 60 minutos em que se defrontaram 11 contra 11.

Aos 35, no entanto, Islas acabou com as ilusões uruguaias.

O 1 a 0 combina mais, embora não inteiramente, com o domínio chileno, expresso nos percentuais da posse de bola: 80% a 20%.

O Uruguai, valente como sempre, abdicou do jogo durante um bom tempo, se defendeu demais e acabou com apenas nove no gramado, pois o árbitro brasileiro expulsou, desta vez injustamente, o lateral Fucile.

O Chile não mostrou o brilho dos jogos anteriores, mas mereceu a vitória e, assim, escancarou o caminho para chegar à final.

Pelo menos em teoria, a semifinal será uma moleza – contra o vencedor de Bolívia x Peru.