Arquivo da tag: Real Madrid

Lista da Fifa mostra força dos clubes e fraqueza das seleções

A lista de candidatos ao prêmio anual da Fifa tem três jogadores da seleção alemã, campeã do mundo, e três da seleção argentina, vice-campeã.

Dos 23 indicados, seis jogam no Barcelona, cinco no Real Madrid e outros cinco no Bayern de Munique.

Uma coisa é o futebol espanhol, com seus 11 indicados, outra é a seleção espanhola, que tem apenas Iniesta como candidato à Bola de Ouro.

Nada tira o bom humor do bad boy Balotelli

Balotelli: deboche com o Real

Balotelli: deboche com o Real Madrid

Mesmo enquadrado pelo Milan num rígido ‘código de conduta’ desde que voltou do Liverpool, o bad boy Mario Balotelli não deixa de aprontar, tanto que teve cassada hoje a carteira de motorista por circular pelas ruas de Brescia acima da velocidade permitida, nem perde o humor, como fez questão de mostrar mais uma vez em curta entrevista  ao site inglês Caughtoffside:

– O Barcelona é a única equipe do mundo que tem dois estádios: o Camp Nou para jogar e o Santiago Bernabéu para treinar. Ultimamente é fácil jogar contra o Real. O Barcelona é muito superior.

E isso porque Balotelli sempre se disse fã de Cristiano Ronaldo.

Sergio Ramos fica no Real por mais cinco anos

O zagueiro Sergio Ramos, que prometeu no início da carreira mais bola do que vem mostrando nas últimas temporadas e era pretendido pelo Manchester United, chegou a um acordo com o Real Madrid e vai assinar um novo contrato, de cinco anos, recebendo 9 milhões de euros por ano.

É o quanto rendeu ao São Paulo & Cia. a transferência do garoto Boschilia para o Monaco.

A mamãe detona o cartola e complica o filho

Depois de 25 anos, adeus ao Real

Casillas: depois de 25 anos, adeus ao Real Madrid

De Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, que liberou Iker Casillas para jogar no Porto:

– Vai-se o melhor goleiro da história do Real Madrid e o melhor goleiro da história do futebol espanhol. Iker nos deixa porque esse foi seu desejo. Ninguém do Real Madrid lhe pediu que abandonasse o clube. Teve uma oferta e nos pediu que avaliássemos. Teria gostado que acabasse sua trajetória no Real Madrid, mas o compreendo e entendo que ele queira começar uma nova etapa.

De María del Carmen Fernández González, mãe de Casillas, furiosa com a transferência do filho para o futebol português, em longo desabafo (leia em espanhol) ao jornal El Mundo:

– Este presidente nunca o quis no time por que o considera baixo (Casillas tem 1,85 m de altura). Sempre teve a obsessão de trazer Buffon. Meu filho foi maltratado durante cinco anos. Ainda bem que é forte. Ele sempre quis se aposentar no Real Madrid.

Fúria de mãe não tem limite e dona María del Carmen escancarou o jogo:

– O Porto? Pelo amor de Deus! É um time de terceira divisão para uma pessoa da categoria de Iker.

Aos 34 anos, 25 deles no Real Madrid, Iker Casillas Fernández vai ter de explicar muito o mau humor da mamãe para aplacar a fúria dos torcedores do Porto

.

Marcelo fica no Real até 2020

Marcelo: mais cinco anos no Real Madrid

Marcelo: chegou aos 18 e vai ficar mais cinco anos no Real Madrid

O Real Madrid anunciou oficialmente a prorrogação por mais cinco temporadas, até 30 de junho de 2020, do contrato com o brasileiro Marcelo.

Marcelo chegou ao Real com 18 anos, em 2007, foi três vezes campeão espanhol, uma vez campeão europeu e uma vez campeão mundial de clubes.

Tem prestígio de sobra na Europa, embora não tanto por aqui. É claramente um jogador que faz falta à Seleção e foi uma pena que, contundido, não tenha disputado a Copa América.

Há pouco mais de um mês, numa entrevista ao site da Fifa que você pode ler ou ouvir em espanhol , o repórter perguntou a Roberto Carlos, ilustríssimo antecessor de Marcelo no Real Madrid:

– Você criou um estilo de lateral ofensivo totalmente novo, que o mundo não havia visto até então. Quem é o novo Roberto Carlos? Você vê hoje em dia alguém que reúna qualidades como as suas.

O campeão do mundo de 2002 respondeu de primeira:

– Marcelo. É o melhor.

Torcida do Real quer dar a faixa de capitão a Marcelo

Se Iker Casillas e Sergio Ramos deixarem mesmo o Real Madrid, como tanto se especula na Espanha, o novo capitão da equipe deveria ser o brasileiro Marcelo – pelo menos, na opinião de 61% dos quase 6 mil torcedores que votaram numa enquete do jornal Marca.

A preferência da torcida pelo lateral brasileiro, que aliás faz muita falta à Seleção, se explica pelo tempo de trabalho no clube. Marcelo joga no Real desde 2007. O ídolo Cristiano Ronaldo, que teve 39% dos votos na enquete, chegou em 2009.

O último jogador estrangeiro que usou a faixa de capitão do Real foi o meia mexicano José Ramón Sauto, de 1942 a 1944.

Todos queremos o Vasco de volta

Muro de São Januário 146Pichação nos muros de  São Januário na madrugada após Vasco 1 x 3 Cruzeiro

Foi há 58 anos. Eu tinha nove, mas me lembro bem do 14 de junho de 1957 e, em homenagem à imensa maioria vascaína que trabalha neste Benebol.com, vamos reviver sucintamente aquele dia de glória do campeão carioca em campos da França:

Dois dias depois de vencer por 3 a 1 o anfitrião Racing, o Vasco decidiu com o Real Madrid, que havia se sagrado campeão europeu duas semanas antes, o título do Torneio de Paris.

Resultado: depois de sair perdendo por 1 a 0, com um gol de Di Stefano no comecinho do jogo, o Vasco reagiu e venceu por 4 a 3, com dois gols de Válter Marciano, um de Vavá e um de Livinho, ficando com o caneco disputado no Parc des Princes.

Assim L’Équipe descreveu a reação vascaína ao gol relâmpago do Real:

E então, de maneira brusca, o Real desapareceu literalmente. Seriam as camisas de um vermelho pálido ou os calções de um azul triste que enfraqueciam a soberba equipe espanhola? Não; é que, antes, apareceram subitamente do outro lado os corpos maravilhosos, apertados nas camisas brancas com a faixa preta, de onze atletas de futebol, de onze diabos negros que tomaram conta da bola e não a largaram mais.

Durante a meia hora seguinte, a impressão incrível, prodigiosa que se teve foi de que o grande Real Madrid campeão da Europa, o intocável Real vencedor de todas as constelações europeias estava aprendendo a jogar futebol.

O quadro é bem diferente do que se viu ontem em São Januário no Vasco 1 x 3 Cruzeiro, né?

E aquele Vasco de Orlando, Válter, Sabará, Vavá e Pinga não pode contar com Paulinho e Bellini, que estavam a serviço da Seleção nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 1958.

Por todas estas lembranças não tenho como discordar de quem pichou durante a madrugada os muros de São Januário com um pedido: “QRO MEU VASCO DE VOLTA”.

Eu também.

Cuidado, Neymar: Zúñiga vem aí

Zúñiga tirou Neymar da Copa

Zúñiga tirou Neymar da Copa do Mundo

Rafa Benitez desembarcou no Real Madrid sonhando alto. Pediu simplesmente a contratação do belga Eden Hazard e do brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa, dupla que dificilmente José Mourinho deixará sair do Chelsea.

Jornais espanhóis desta segunda-feira noticiam que o novo técnico do Real quer também o colombiano Juan Zúñiga, que trabalhou com ele no Napoli e joga nas duas laterais.

A informação deve provocar calafrios em Neymar. Foi Zúñiga quem tirou o brasileiro da Copa do Mundo com uma joelhada na coluna que lhe fraturou a terceira vértebra lombar.

Aliás, daqui a dez dias, Neymar e Zúñiga devem se encontrar no Brasil x Colômbia que abrirá a segunda rodada do Grupo C da Copa da América.