Arquivo da tag: Emerson Sheik

Presidente diz que Corinthians não quer mais Teo Gutiérrez

Roberto de Andrade: não para Sheik, Guerrero e Teo Gutiérrez

Roberto de Andrade: não para Sheik, Guerrero e Teo Gutiérrez

Depois de não querer ficar com Emerson Sheik nem com Paolo Guerrero, o presidente Roberto de Andrade garante que também não quer mais o atacante colombiano Teo Gutiérrez no Corinthians.

Assim falou o cartola corintiano ao programa Seleção SporTV nesta quinta-feira:

– Fizemos uma proposta por escrito ao River, faz mais de uma semana, e o River nem respondeu que aceita ou que não aceita. Eu estou entendendo a falta de respostas como um não. Tenho lido que seu agente tem dito que ele vai para o Sporting. Então, se alguém estiver nos assistindo, em primeira mão: independentemente da resposta do River, quem não quer mais o jogador é o Corinthians. Ponto final na negociação.

Anúncios

Timão queima estoque

Tomei um susto quando encontrei em minha caixa postal um e-mail enviado pelo S.C. Corinthians Paulista, tendo como assunto: “Queima de Estoque do Timão”.

Logo fui pensando que talvez estivessem me oferecendo o Cássio e o Elias para reforçar o time da rua por um precinho módico. Afinal, em fase de liquidação, o Corinthians já se desfez de Emerson Sheik, Guerrero, Fábio Santos, Petros…

Refeito do susto, conferi o e-mail e me toquei que era apenas mais um spam enviado de um desses endereços dúbios que infestam a internet, desta vez oferecendo DVDs em promoção.

Melhor assim. O time da rua até precisa de um bom goleiro e um bom volante, mas também está mal de caixa.

Corinthians? Só no ano que vem

Tite: passo para trás

Tite: com o presidente, um passo para trás

Guerrero já se foi, Emerson Sheik está indo, Elias, Ralf e Danilo preparam-se para ir embora e Tite não esconde mais o jogo.

Depois de ser derrotado por 3 a 1 pelo Grêmio, ontem à noite, o treinador foi claro sobre o processo de desmanche que conta com sua colaboração:

– O presidente deu um passo para trás agora para dar dois à frente no ano que vem.

Está dada a dica: a torcida corintiana pode guardar seu dinheirinho para comprar ingressos no ano que vem.

  O Corinthians desistiu de 2015.

Quanto vale o futebol de Emerson Sheik?

Sheik ganha pouco, segundo agente

Sheik ganha pouco?

Reinaldo Pitta, agente do corintiano Emerson Sheik, em longo e lamurioso depoimento a Ricardo Perrone, que pode ser lido em seu blog no UOL:

– Ele não está entre os três jogadores mais bem pagos do País.

E, por acaso, Emerson Sheik está entre os três melhores jogadores do País ou mesmo do Corinthians de Cássio, Gil, Elias e Guerrero?

É disso que o corintiano gosta

Apreensão corintiana 135Torcida corintiana promete lotar Itaquerão:  sofrimento é motor das grandes conquistas

É bem complicada a missão que cabe à rapaziada comandada por Tite no jogo das 22 horas desta quarta-feira, 13 de maio, no Itaquerão: vencer por três gols de diferença o organizado e aguerrido, embora tecnicamente medíocre time do Guaraní e, assim, continuar sonhando com o título da Libertadores.

Mais difícil fica a tarefa de Guerrero e companhia quando se olha a escalação e não se encontra o nome de Márcio Passos de Albuquerque, bem mais conhecido como Emerson Sheik ou simplesmente Emerson ou Sheik, cidadão que dá bom andamento à bola pelo lado esquerdo do ataque corintiano, mas, a menos de quatro meses de fazer 37 anos, nem sempre mostra juízo dentro de campo.

Esqueça-se, no entanto, o jogador eficiente e insano e lembre-se outra espécie de insanidade que move a massa corintiana, tão acostumada ao sofrimento como motor das grandes conquistas que, ontem, deu no Itaquerão mais uma mostra de que não acredita em missão impossível. Assim parece a tarefa desta noite aos milhares que ontem foram ver o treino e hoje estarão jogando com o time: difícil, sim; dificílima, talvez; impossível, jamais.

Quem sobreviver terá visto.

Tamanha demonstração de fé já ganhou as bênçãos dos céus, que ontem se fecharam por quase 12 horas ao voo do avião fretado pelo Guaraní para decolar de Assunção a tempo de permitir que o time treinasse às 18h30 em Itaquera.

O avião decolou tarde da noite e aterrissou em São Paulo já na madrugada, às 3h30. Os paraguaios esqueceram o treino, claro, e foram dormir.

Esperam os fiéis corintianos que não estejam acordados no jogo de logo mais.

Noite de festa para os brasileiros na Libertadores

Luís Fabiano: gol e expulsão - Imagem: Beneclick

Luís Fabiano: gol e expulsão – Imagem: Beneclick

O Internacional puxou, mais cedo, o cordão da alegria: com gol de Valdivia, 22 minutos depois de entrar no jogo para substituir Jorge Henrique, venceu The Strongest por 1 a 0, garantiu o primeiro lugar em seu grupo e se juntou ao Corinthians e Cruzeiro no time brasileiro que vai para as oitavas de final da Libertadores.

Em seguida, o Atlético Mineiro aderiu ao time dos felizardos ao bater o Colo-Colo: Pratto fez 1 a 0, Guilherme perdeu um pênalti, Rafael Carioca cravou os 2 a 0 necessários para garantir a classificação por saldo de gols.

A noite brasileira se completou em alta voltagem com a festa tricolor no Morumbi. Quem disse que o São Paulo desaprendeu a ganhar dos grandes? Desde que a bola começou a rolar, o time do interino Milton Cruz foi para o ataque e mandou no jogo.

Não contava, porém, com a ajuda do astucioso Emerson Sheik, que disfarçadamente deu um toquinho por trás em Rafael Toloi fora do lance de bola e, já aos 18 minutos, foi mandado para os vestiários.

Ficou fácil para o São Paulo. Luís Fabiano fez 1 a 0 aos 31, Michel Bastos fechou a conta em 2 a 0 oito minutos depois.

O Corinthians, com Mendoza em lugar de Vagner Love, voltou mais disposto para o segundo tempo, mas, fiel ao estilo de sempre, Luís Fabiano meteu-se num entrevero com o colombiano, fingiu ter sido agredido com uma intensidade que não combinava com o chega-pra-lá que realmente sofreu e, assim, levou o juiz Sandro Meira Ricci a salomonicamente dispensar os dois de continuar prestando serviço em campo.

Com dez contra os nove do Corinthians, o São Paulo limitou-se a torcer pelo fim do jogo e a consequente classificação para as oitavas de final da Libertadores.

Foi o que acabou acontecendo.

Fim da festa brasileira: Cruzeiro e São Paulo vão se cruzar num dos confrontos das oitavas; em outro, Internacional e Atlético Mineiro. O Corinthians é que acabou se dando bem. Vai pegar o Guaraní, do Paraguai. O caminho está escancarado para as quartas de final.