Arquivo diário: 6 de dezembro de 2015

Um prêmio de consolação para os colorados

Como dizem os gaúchos, o Internacional andou costeando o G-4, mas ficou de fora por dois pontos.

O quinto lugar do Brasileirão, embora frustrante, lhe reserva um prêmio de consolação além da cota de R$ 2,2 milhões que lhe pagará a CBF: a entrada diretamente na fase de oitavas de final da Copa do Brasil de 2016, livrando-o dos jogos cansativos e deficitários das fases iniciais.

Se não tivesse vencido o Cruzeiro neste domingo, o Inter perderia tais benesses para o Sport.

O novo mapa da elite

A única região que não emplacou nenhum time no Brasileirão de 2015 foi o Norte. Em 2016, com o rebaixamento do Goiás, o Centro-Oeste também ficará fora da mais importante competição do futebol brasileiro.

O Nordeste, representado exclusivamente pelo Sport em 2015, terá o reforço de Santa Cruz e Vitória, vindo da Série B.

O Sul, que participou de 2015 com oito representantes, perderá duas vagas – as dos rebaixados Figueirense e Joinville.

O Sudeste perderá o Vasco em 2016, mas terá de volta o Botafogo e ganhará mais um representante vindo da Série B, o América Mineiro.

Assim, de Sul a Nordeste, o  Brasileirão de 2016 terá dois times gaúchos, dois catarinenses, dois paranaenses, cinco paulistas, três cariocas, três mineiros, um baiano e dois pernambucanos

É o fim

Vascaínos choram no Couto Pereira @0612@

Encerra-se assim o domingo:

♦ Em vários jogos, antes que a bola começasse a rolar de verdade, os jogadores cruzaram os braços pedindo a renúncia do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que espertamente está de licença.

♦ Nunca houve campeão como o Corinthians desde que o Brasileirão dos pontos corridos é disputado por 20 times.

♦ O Atlético Mineiro é o vice-campeão de 2015, repetindo o que fizera em 1977, 1980, 1999 e 2012.

♦ O São Paulo vai disputar a Libertadores de 2016, direito que Corinthians, Atlético Mineiro e Grêmio já tinham assegurado no Brasileirão e o Palmeiras na Copa do Brasil.

♦ Figueirense, Vasco e Goiás se juntam ao Joinville para disputar em 2016 a Segundona.

♦ Eurico Miranda está de mudança para a Sibéria.

Um domingo para entrar na história do Brasileirão

Além de definir o vice-campeão de 2015 e os três times que vão fazer companha ao Joinville na Segunda Divisão no ano que vem, os jogos da última rodada do Campeonato Brasileiro carregam a possibilidade de alguns feitos históricos:

♦ Bastará o empate com o Avaí para transformar o Corinthians no mais bem sucedido campeão brasileiro desde que o título por pontos corridos passou a ser disputado por 20 times em 2006. Hoje, o Corinthians tem 80 pontos, como o Cruzeiro campeão do ano passado.

♦ Se vencer em casa, como é provável, o Corinthians se tornará o campeão de melhor aproveitamento na era dos pontos corridos, com 72,8%, novamente superando o Cruzeiro, que em 2003 obteve 72,5% dos pontos que disputou em 46 rodadas.

♦ A vitória sobre a Chapecoense fará do Atlético Mineiro vice-campeão brasileiro pela quinta vez. As outras foram em 1977, 1980, 1999 e 2012.

♦ Sem os ídolos Rogério Ceni e Luís Fabiano, forçados por contusão a se despedir da camisa tricolor de fora dos campos, o São Paulo tem de pelo menos empatar com o Goiás para completar com o Corinthians e o Palmeiras o Trio de Ferro paulistano na Libertadores de 2016.

♦ Se derrotar o Coritiba e o Figueirense não vencer o Flu nem Avaí vencer o Corinthians, o Vasco escapará do terceiro rebaixamento para a Segunda Divisão depois de ter vivido 34 rodadas no Z-4.

♦ No ano em que perdeu um GreNal por 5 a 0 e venceu o Vasco por 6 a 0, o Internacional precisará  – precisaria, é melhor dizer – golear o Cruzeiro no Beira-Rio por 7 a 0 para garantir a classificação à Libertadores se der empate no jogo Goiás x São Paulo.

♦ Tendo vencido fora de casa apenas o Palmeiras, o Sport pode subir para o quinto lugar se derrotar a Ponte Preta em Campinas e o Inter não vencer o Cruzeiro. É a melhor classificação de uma equipe do Nordeste no Brasileirão disputado em pontos corridos, só alcançada uma vez – pelo Vitória, em 2013, com os mesmos 59 pontos que o Sport teria agora.

Prepare-se para viver emoções históricas a partir das 17 horas.

Acabou a energia

Estamos sem energia elétrica. A Eletropaulo informa que está fazendo um trabalho de manutenção da rede no bairro paulistano de Pinheiros.

Voltaremos a atualizar o blog logo que a energia voltar – antes que a bola role na última rodada do Brasileirão, esperamos.

Atualização

Às 13 horas, a Eletropaulo voltou a prestar aos seus clientes o serviço pelo qual cobra tão caro. Refez-se a luz.