Arquivo da tag: Pagantes

Palmeiras não pode reclamar da torcida

Não são poucos os palmeirenses decepcionados com a campanha do time no Brasileirão. Depois do empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, o Palmeiras dormiu em nono lugar, mas hoje vai para a cama em décimo, ultrapassado pela Ponte ou pelo Flamengo, dependendo do resultado do jogo das 18 horas entre os dois no Mané Garrincha.

A torcida esperava muito mais, boa parte até sonhava com o título brasileiro, mas nem os resultados frustrantes do returno a afastaram do time.

O Palmeiras não pode reclamar de seus torcedores, como se viu ontem à noite, mais uma vez, no Allianz Parque.

Foi o menor público do Palmeiras como mandante em todo o campeonato, apenas 19.395 pagantes. Apenas? Em jogo que não valia nada, bate em mais de 2 mil a média de pagantes do Brasileirão.

Anúncios

Bilheteria: jogos de maior público têm Coritiba ou Joinville

O lanterninha Joinville já está quase lá, o Coritiba corre sério risco de lhe fazer companhia na Segundona em 2016.

E não é que cada um deles participou de dois dos quatro jogos de maior público neste Brasileirão?

Veja só:

♦ 17 de setembro, no Mané Garrincha: Flamengo 0 x 2 Coritiba – 67.011 pagantes

♦ 12 de julho, no Morumbi: São Paulo 3 x 1 Coritiba – 59.482 pagantes

♦ 28 de junho, no Mineirão: Atlético Mineiro 1 x 0 Joinville – 55.987 pagantes

♦ 4 de outubro, no Maracanã: Flamengo 2 x 0 Joinville – 52.462 pagantes

A média de público deste Campeonato Brasileiro é de pouco mais de 17 mil pagantes por jogo.

Vasco e Goiás cobram muito por jogos que poucos vêem

Somente o Palmeiras e o Corinthians cobram mais caro pelo ingresso nos jogos do Brasileirão do que o Vasco e o Goiás.

Palmeirenses pagam em média R$ 67 por ingresso; corintianos, R$ 56; vascaínos e esmeraldinos, R$ 50.

O Corinthians é o vice-líder do campeonato, o Palmeiras está em sexto lugar, o Goiás em 17º e o Vasco em 19º.

O campeão de bilheteria é o Palmeiras, com 33.890 pagantes por jogo. O Corinthians é o terceiro, com média de 27.173 pagantes.

O torcedor não é bobo: o Vasco é o 15º colocado no ranking da bilheteria, com 8.699 pagantes por jogo, e o Goiás é o lanterninha, com 4.814 pagantes.

Não é só no campo que o Sport está fazendo sucesso

Atenção, muita atenção ao Sport: nem toda a badalação em torno da apresentação de Ronaldinho Gaúcho e mais a possibilidade de o Flu chegar à liderança do Brasileirão levaram mais gente ao Maracanã no domingo do que os 41.994 torcedores que pagaram para ver na Arena Pernambuco os 2 a 0 sobre o São Paulo.

Flu 1 x 2 Vasco foi visto por 37.687 pagantes.

A taxa de ocupação na Arena Pernambuco foi de 94%; no Maracanã, de 47%.

A qualidade do espetáculo conta mais do que o horário

Atlético Paranaense 1 x 0 Chapecoense foi visto por 17.774 torcedores, agora de manhã, na Arena da Baixada.

Não se sabe quantos pagaram ingresso, mas fica claro que jogar na manhã de domingo não opera automaticamente milagres na bilheteria.

É preciso que o jogo seja minimamente atrativo.

No sábado à noite, o Maracanã recebeu 51.055 torcedores (44.318 pagantes) para ver Flamengo 1 x 0 Grêmio e o Itaquerão recebeu 36.577 (36.280 pagantes) para ver Corinthians 1 x 0 Atlético Mineiro.

A média de pagantes nas primeiras 13 rodadas do Brasileirão de 2015 é de 15.462 por jogo.