Arquivo da tag: 28ª rodada

Gol presenteado a Gabriel pela Fifa não conta no Brasileirão

Gabigol: em quarto na artilharia

Gabriel: nove ou oito?

Segundo os registros da Fifa sobre o Campeonato Brasileiro, o santista Gabriel marcou dois gols nos 3 a 1 sobre o Internacional, e está empatado em quarto lugar com o são-paulino Alexandre Pato, com nove gols, na lista de artilheiros.

Na verdade, Gabigol fez apenas um, em cobrança de pênalti, e tem oito gols no Brasileirão, dividindo a quinta posição na lista de artilheiros com André, que já foi seu parceiro no Santos e hoje defende o Sport, Bruno Rangel, da Chapecoense, Luan do Grêmio, Vagner Love, do Corinthians, e Henrique, do Coritiba.

Dos seis, só o santista Gabriel marcou na 28ª rodada.

Palmeiras se salva no fim, Corinthians dispara na frente

Robinho festeja Prass com Prass gol que mantém Palmeiras no G-4

Robinho festeja com Prass golaço que mantém Palmeiras no G-4

O São Paulo mandou no primeiro tempo, o Palmeiras equilibrou o jogo o segundo, mas nenhum dos dois mostrava força bastante para vencer o forte calor do Morumbi e beliscar os três pontos que valiam a vaga no G-4.

Aos 15 minutos, porém, o garoto Gabriel Jesus marcou bobeira lá na frente e acabou permitindo que Thiago Mendes armasse rápido contra-ataque que passou pelos pés de Ganso e se encerrou com um belo gol de Carlinhos.

O 1 a 0 coincidiu com a diminuição do calor, mas não chegou a despertar o Palmeiras, que continua a sina de não vencer um jogo no Morumbi desde 2002. Nem por isso saiu triste do jogo: no último minuto, Robinho ganhou um presentaço do tricolor Rogério Ceni e empatou com um toque precioso por cobertura.

O 1 a 1 construído por erros do jovem Gabriel e do veteraníssimo Rogério empurra o São Paulo para o sexto lugar, atrás do Santos, e mantém o Palmeiras no G-4, agora a seis pontos do Grêmio, que foi também beneficiado pelo 2 a 2 entre Joinville e Atlético Mineiro e sai desta 28ª rodada apenas dois pontos atrás do vice-líder.

O que foi bom para o Grêmio foi igualmente bom para o Corinthians, que venceu o Figueirense no Orlando Scarpelli por 3 a 1 com gols do trio chamado por Dunga para a Seleção – Elias, Gil e Renato Augusto – e se isolou mais ainda na liderança do campeonato, com sete pontos de vantagem.

O maior trabalho de Tite nos próximos tempos vai ser segurar a euforia dos corintianos.

Levir Culpi tem de se preocupar é com o Grêmio de Roger Machado.

Juan Carlos Osorio deve agradecer aos vascaínos os 2 a 1, de virada, que prenderam o Flamengo em sétimo lugar, dois pontos atrás do seu São Paulo.

Dorival Junior e o seu Santos, que mais cedo venceu o Internacional por 3 a 1, também saíram ganhando com a derrota rubro-negra no Maracanã.

Resultados da matinê animam tarde do domingo

O Corinthians ainda tem uma certa gordurinha para queimar nesta 28ª rodada do Brasileirão, mas o Atlético Mineiro não pode bobear, pois os 3 a 1 de ontem sobre o Avaí deixaram o Grêmio em seus calcanhares, apenas um pontinho atrás.

O vice-líder tem de vencer o Joinville às 16 horas para se desgrudar do Grêmio e não correr o risco de perder de vista o Corinthians, que, também em Santa Catarina e no mesmo horário, enfrentará o Figueirense.

Os jogos da tarde deste domingo, incluindo São Paulo x Palmeiras e Flamengo x Vasco, serão animados pelos resultados da matinê, especialmente Santos 3 x 1 Internacional.

(Atlético Paranaense 1 x 2 Ponte Preta apenas confirmou a morte prematura do anfitrião e a ressurreição do visitante.)

Com um jogo a mais do que seus principais adversários na disputa de uma vaga no G-4, o Santos está provisoriamente em quinto lugar, um ponto atrás do Palmeiras, um à frente do São Paulo e dois à frente do Flamengo.

Continuará animada a briga pela última vaga na elite e, dependendo de Figueirense e Joinville, pode até voltar a ter um pouco de graça a disputa entre os três que hoje ocupam o pódio do Brasileirão.

Em campo, melhores do Brasileirão contra catarinenses

Arena Grêmio, 21 horas: o anfitrião defende folga na tabela

Arena Grêmio, 21 horas: o anfitrião defende folga na linha de frente

O futuro do Brasileirão rola em pés catarinenses neste fim de semana.

Três dos piores times do campeonato vão enfrentar os três melhores e, embora não tenham como mexer na ordem de classificação, podem encurtar a distância que separa o Corinthians, o Atlético Mineiro e o Grêmio na linha de frente.

O primeiro desafio cabe ao time catarinense em situação menos ruim no Brasileirão, único ainda fora da zona de rebaixamento, por um pontinho apenas:  o Avaí, que em Porto Alegre, às 21 horas deste sábado, enfrentará o Grêmio, terceiro colocado, quatro pontos atrás do vice-líder Atlético.

Para não correr o risco de ver muito encurtada nesta 28ª rodada a folga de quatro pontos à frente do Palmeiras, quarto colocado no campeonato, o Grêmio tem de vencer em casa, mesmo desfalcado de Marcelo Oliveira, Maicon e Douglas.

O problema é que o time, agora dividido entre o Brasileirão e a Copa do Brasil, perdeu a passada que, nos primeiros jogos sob o comando de Roger Machado, parecia levá-lo a disputar o título com o Corinthians e o Atlético Mineiro.

Nas seis últimas rodadas, o Grêmio fez apenas dez pontos, unzinho a mais do que o adversário desta noite, que também precisa da vitória, mas para escapar da proximidade com o Z-4. O Avaí venceu seus últimos três jogos.

O atacante Bobô resume o sentimento gremista:

– É um jogo perigoso, mas a Arena é nossa casa e temos de impor o nosso ritmo sempre.

Amanhã, o Corinthians, contra o Figueirense, e o Atlético, contra o lanterninha Joinville, não poderão invocar tal argumento. Ambos serão visitantes, com obrigação igual à do anfitrião Grêmio: vencer ou vencer.

Agora, até o calendário favorece Corinthians e Atlético

De que serviria ao Corinthians e ao Atlético Mineiro o título de campeão da Copa do Brasil?

Perdê-lo antecipadamente, saindo fora da competição nas oitavas de final, significou ganhar tempo agora para a dedicação exclusiva ao Campeonato Brasileiro.

Esta semana é uma boa mostra do quanto é bem vinda para o líder e o vice-líder a folga no calendário. Em compensação, o terceiro e o quarto colocado não terão tempo sequer de repor as energias gastas na 27ª rodada do Brasileirão antes de mergulhar nas quartas de final da Copa do Brasil.

Amanhã, enquanto o Grêmio vai ao Rio enfrentar o Fluminense e o Palmeiras vai a Porto Alegre enfrentar o Internacional, corintianos e atleticanos estarão se preparando para a rodada do fim de semana do Brasileirão.

É uma vantagem enorme para os dois times que ocupam posição extremamente vantajosa na corrida pelo título brasileiro, até porque a 28ª rodada reserva uma dose extra de maldade para o Grêmio, que jogará já no sábado, ainda bem que em casa, contra o Avaí, e para o Palmeiras, que, embora só volte a campo no domingo, vai encarar no Morumbi o São Paulo, seu mais direto perseguidor na luta pela vaga no G-4.

Longe dos dois, na tabela e nas agruras da semana, o Corinthians e o Atlético visitarão em Santa Catarina, somente na tarde do domingo, os adversários hoje instalados no Z-4.

O Figueirense, adversário do Corinthians, está em 18º lugar no campeonato; o Joinville, adversário do Atlético, é o lanterna.

Na semana que vem, corintianos e atleticanos continuarão treinando para os compromissos do sábado e domingo pelo Brasileirão enquanto Grêmio e Palmeiras farão os jogos de volta, ambos em casa, contra Flu e Inter pela Copa do Brasil.