Arquivo da tag: Libertadores

Jogo de baixo interesse em Sampa: Palmeiras x Cruzeiro

Não deixa de ser curioso conferir o reencontro do Cruzeiro, reanimado nos últimos tempos por Mano Menezes, com o homem que o levou ao bicampeonato brasileiro nas duas últimas temporadas, deixou-o em baixa neste Brasileirão e hoje comanda o oscilante Palmeiras.

Pouco mais tem a oferecer ao torcedor o jogo deste sábado entre o Palmeiras de Marcelo Oliveira, que há quatro rodadas não experimenta o gostinho de uma vitória, e o Cruzeiro de Mano, que há 11 não sabe o que é perder.

Oitavo colocado no Brasileirão, com 51 pontos, cinco aquém do Z-4, o visitante tem chances apenas matemáticas de ainda conquistar uma vaga na Libertadores de 2016 – 3%, segundo o Infobola.

Com 49 pontos, em décimo lugar, o anfitrião já se desligou do campeonato e só pensa na Copa do Brasil, que lhe pode abrir as portas da próxima Libertadores.

O Cruzeiro desembarcará com força máxima às 19h30 no Allianz Parque. O Palmeiras, preservando-se para o primeiro jogo das finais da Copa do Brasil contra o Santos, será quase todo reserva.

Há programas mais interessantes na noite deste sábado em Sampa. O blogueiro vai ver 007 contra Spectre.

River e Sportivo Luqueño ajudam times que brigam pelo G-4

Ninguém deu muito bola para a desclassificação do Atlético Paranaense e da Chapecoense nas quartas de final da Copa Sul-Americana, mas se trata de dupla boa notícia para os times que ainda estão na briga por vaga no G-4 do Camnpeonato Brasileiro.

O campeão da Copa Sul-Americana tem direito a uma das vagas do seu país na Libertadores de 2016 – e, portanto, se fosse o Atlético ou a Chapecoense, o G-4 do Brasileirão seria reduzido para G-3, com os lugares já ocupados por Corinthians, Atlético Mineiro e Grêmio.

Santos, São Paulo, Internacional, Sport, Palmeiras e Ponte Preta devem a chance de continuar na briga pela Libertadores ao River Plate, que desclassificou a Chapecoense, e ao Sportivo Luqueño, que desclassificou o Atlético Paranaense.

Melhor ainda para os demais pretendentes: como o campeão da Copa do Brasil também tem presença garantida na Libertadores, o quinto colocado no Brasileirão pode sonhar com a vaga.

Basta que o campeão da Copa do Brasil, Santos ou Palmeiras, também se garanta no G-4.

Brasileirão: as chances e os riscos de cada um

Corinthians pode ir preparando a festa: mais de 80% de chances de ser campeão

Corinthians pode ir preparando a festa: mais de 80% de chances de ser campeão

A oito rodadas do final do Brasileirão, os matemáticos estão de acordo: o Corinthians está muito, muito perto de faturar o caneco, o Santos é o favorito na briga pela última vaga no G-4 (que pode até não garantir a classificação para a Libertadores de 2015 se o campeão da Copa Sul-Americana for um time brasileiro)  e o Joinville e o Vasco estão quase rebaixados para a Segundona de 2016.

Confira abaixo as chances e os riscos de cada time, segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, e o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais.

De ser campeão:

Corinthians              84% #### 81.4%

Atlético Mineiro      14% #### 16.3%

Grêmio                       2% ####  2.2%

De se classificar para a Libertadores:

Corinthians              99% #### 100%

Atlético Mineiro       99% ####  99.87%

Grêmio                      97% ####  97.2%

Santos                       33% ####  31%

Palmeiras                 19% ####  19.5%

São Paulo                 17% ####  16%

Flamengo                 12% ####  12.9%

Ponte Preta             10% ####   10.5%

Inter                           9% ####      9%

Sport                          2% ####      2%

De cair para a Segundona:

Joinville                            95% #### 93.9%

Vasco                               91% #### 92%

Goiás                               66% #### 66.6%

Coritiba                           45% #### 45.2%

Avaí                                 42% #### 45.5%

Figueirense                    32% #### 30.3%

Chapecoense                21% #### 19.7%

Cruzeiro                           4% ####   2.7%

Atlético Paranaense       3% ####   3.1%

Fluminense                      1% ####   0.99%

San Lorenzo pega carona no carro do papa

Papa: torcedor e sócio - Reprodução

Papa: torcedor  – Reprodução

O papamóvel que Francisco usará em Guayaquil, durante a visita de três dias que fará ao Equador a partir deste domingo, 5 de julho, tem um escudo do San Lorenzo no banco.

Torcedor antigo do atual campeão da Libertadores, e sócio com as mensalidades em dia, o papa Francisco frequentemente exibe camisas e flâmulas do time em suas aparições públicas. Com evidente orgulho, é claro.

Milton Cruz não poderia querer mais

Pato faz gol tricolorPato é destaque na vitória tricolor: iniciou a jogada do primeiro gol e marcou o segundo

Foi uma primeira rodada de alegrias no Brasileirão para a dupla paulista que brigará no meio de semana por duas vagas nas quartas de final da Libertadores.

No Morumbi, com poucos titulares, o São Paulo derrotou o Flamengo por 2 a 1 e, assim, redobrou o ânimo para o confronto com o Cruzeiro pelas oitavas de final da competição continental, quarta-feira, no Mineirão. Além de ter vencido o primeiro jogo, em casa, a equipe de Milton Cruz desembarcará em Belo Horizonte com a alma leve depois da boa estreia no Campeonato Brasileiro.

E se deve mesmo falar em São Paulo de Milton Cruz, que assumiu o comando técnico há sete jogos e chegou à sexta vitória neste domingo, mostrando a sabedoria de guardar os titulares Ganso e Pato para o segundo tempo. A dupla teve papel importante nos 2 a 1, principalmente Pato, que iniciou a jogada do primeiro gol e marcou o segundo.

Em Cuiabá, terreno neutro com mais corintianos do que cruzeirenses na torcida, o time de Tite mostrou que não desaprendeu o caminho das vitórias e bateu o bicampeão brasileiro por 1 a 0, um enorme alento para a difícil tarefa de reverter na quarta-feira a desvantagem de dois gols diante do Guaraní no jogo que vale a sobrevida na Libertadores.

É verdade que o Cruzeiro, como o Corinthians, escalou o time quase todo reserva, guardando os titulares para o tira-teima com o São Paulo, mas os maus resultados sucessivos no Campeonato Mineiro, na Libertadores e nesta primeira rodada do Brasileirão certamente vão aumentar a pressão sobre os jogadores.

A rodada inicial do Campeonato Brasileiro também não foi boa para o Internacional. Diego Aguirre levou um time inteiramente reserva a Curitiba e acabou derrotado pelo Atlético Paranaense por 3 a 0, mas o resultado não deve influir no rendimento dos titulares que na quarta-feira, em casa, precisarão apenas de um empate por 0 a 0 ou 1 a 1 com o Atlético Mineiro para chegar às quartas de final da Libertadores.

Corinthians só terá dureza nas semifinais da Libertadores

Não é só nas oitavas de final, quando pegará o Guaraní, que o Corinthians tem pela frente um caminho relativamente fácil até as semifinais da Libertadores.

Detonando o time paraguaio, os corintianos enfrentarão Wanderers ou Racing nas quartas.

Chegando às semifinais, sim, os corintianos enfrentarão uma parada dura: ou Boca ou River ou São Paulo ou Cruzeiro.

Vale uma assinatura do benebol.com

Decidida. a classificação para as oitavas de final da Libertadores, quando o argentino Alejandro Sabella responderá se vem ou não vem trabalhar no São Paulo?

  • Na sexta-feira, dia 23
  • Em alguma sexta-feira de 2015
  • Quando terminar a Libertadores
  • Nunca

Quem acertar a resposta concorrerá a uma assinatura vitalícia deste benebol.

ATUALIZAÇÃO

ÀS 11H28, o repórter Guilherme Palenzuela postou a seguinte informação no UOL:

O São Paulo desistiu de esperar uma resposta do técnico argentino Alejandro Sabella e encerrou as conversas de negociação nesta quinta-feira. A decisão é pessoal do presidente Carlos Miguel Aidar e foi informada pelo departamento de comunicação do clube. Aidar se irritou com mais uma resposta evasiva do treinador que levou a Argentina ao vice na última Copa do Mundo e decidiu não mais aguardar a definição.

Sendo assim, benebol suspende a enquete e a premiação.

Cruzeiro vai brigar pelo título da Libertadores

Ufa! O Cruzeiro venceu o cansaço e bateu por 2 a 0 o Universitário Sucre no Mineirão, garantindo o primeiro do Grupo 3 e a classificação para as oitavas de final da Libertadores.

Como o futebol é o reino das surpresas, o Mineros de Guayana, que tinha conseguido um único ponto nos cinco jogos anteriores, venceu o Huracán por 3 a 0 e salvou o Universitário Sucre, que também vai para as oitavas.

Ou seja: mesmo que tivesse perdido nesta terça, 21, o Cruzeiro estaria nas oitavas.

Agora, fora das finais do Campeonato Mineiro, Marcelo Oliveira terá tempo para treinar o time e prepará-lo devidamente para as fases mais duras da Libertadores. O Cruzeiro entra na briga pelo título da Libertadores.

Libertadores: o bestial Marcelo pode virar uma besta

Marcelo: Cruzeiro tem de ganhar - Imagem: Beneclick

Marcelo: Cruzeiro tem de ganhar – Imagem: Beneclick

Bobo ele não é, tanto que caiu fora do Vasco ligeirinho em 2012, bem antes de se tornar irreversível o rebaixamento para a Segundona, e foi dar forma ao Cruzeiro bicampeão brasileiro que hoje joga, pela sobrevivência na Libertadores, contra o Universitario Sucre, o líder do Grupo 3.

Neste 21 de abril, data historicamente importante para todos os brasileiros, mais significativa ainda para os mineiros, o mineiríssimo Marcelo Oliveira corre um sério risco, formulado há décadas pelo Brasileiro Otto Glória em uma de suas passagens pelo futebol português: “Quando o time ganha,  o técnico é bestial. Quando o time perde, o técnico é uma besta.”

Os 90 minutos de bola em movimento no Mineirão, no começo da noite, podem encerrar a admiração da torcida cruzeirense e transformar seu bestial treinador numa besta de passado e DNA atleticanos. Faz parte do torcedor essa absurda intolerância ante os resultados negativos.

Não é só por isso que Marcelo Oliveira se sente obrigado a vencer o jogo das 20h30 e fechar em primeiro lugar a briga no Grupo 3 por duas vagas nas oitavas de final da Libertadores. Uma derrota ou até mesmo um empate põem em risco a classificação, pois o Huracán, um ponto atrás do Cruzeiro, jogará no mesmo horário contra o fraquinho Mineros de Guayana.

Marcelo sabe muito bem os riscos que corre 48 horas depois de perder para o Atlético a vaga nas finais do Campeonato Mineiro:

– Falei com os jogadores que agora é uma questão de honra fazer um jogo forte aqui. Esse absurdo de jogar domingo e na terça vai recair sobre a comissão técnica e o técnico. Então, é questão de honra, de briga, poder fazer uma boa partida.

Mais do que fazer uma boa partida, porém, o Cruzeiro tem de vencer.

Olha a Libertadores aí, gente

Cinco times brasileiros, os melhores da temporada passada, não terão tempo para festa nem para luto nesta segunda-feira, 20, que se segue ao domingão que definiu as finais dos mais importantes campeonatos estaduais do país da bola.

Estarão todos envolvidos, alguns correndo risco de vida, em jogos decisivos da Libertadores.

Começa daqui a pouco para o Cruzeiro a batalha que fecha a fase de grupos da competição. Cansado de guerra, derrotado pelo rival Atlético, o campeão brasileiro abre a rodada de vida ou morte já amanhã.

São os seguintes os jogos do meio de semana:

Terça-feira, 21

Cruzeiro x Universitario Sucre – às 20h30, no Mineirão

Quarta-feira, 22

Internacional x The St rongest – às 17H30, no Beira-Rio

Atlético Mineiro x Colo-Colo – às 19h45, no Independência

São Paulo x Corintians – às 22 horas, no Morumbi