Arquivo da tag: Departamento de Matemática da UFMG

Em busca da salvação, Vasco quer jogar em São Januário

Para os corintianos, tudo é festa e o ideal seria jogar  no Maracanã ou no Engenhão, mas, pensando na própria sobrevivência,  o Vasco quer receber o campeão brasileiro em São Januário. O jogo do dia 19 é crucial na luta para escapar ao reixamento,  sonho  que o técnico Jorginho toca com confiança e, ainda muito difícil, se tornou possível depois dos últimos resultados, especialmente os 2 a 0 deste domingo sobre o Palmeiras.

Os baixos da tabela de classificação e a ordem dos próximos adversários (verde = em casa; vermelho = fora) mostram a situação dos seis candidatos ao rebaixamento. É difícil ao Vasco, tendo escapado da lanterna ao vencer no Allianz Parque, escapar também do rebaixamento para a Segundona:

15º – Figueirense – 36 pontos – Ponte Preta, Chapecoense, São Paulo, Fluminense

16º – Avaí – 35 pontos – Joinville, Fluminense, Ponte Preta, Corinthians

17º – Goiás – 34 pontos – Coritiba, Atlético Mineiro, Chapecoense, São Paulo

18º – Coritiba – 34 pontos – Goiás, Santos, Palmeiras, Vasco

19º – Vasco – 33 pontos – Corinthians, Joinville, Santos, Coritiba

20º – Joinville – 31 pontos – Avaí, Vasco, Cruzeiro, Grêmio

Nenê:

Nenê: “Seria melhor se o Corinthians já tivesse conquistado o título”

Nenê, destaque da campanha de recuperação do Vasco depois do início desastroso no campeonato, tem razão ao analisar o jogo contra Corinthians:

– É claro que seria melhor para nós se o Corinthians já tivesse conquistado o título, mas seria difícil de qualquer forma. Agora, será mais complicado.

Jorginho, no entanto, é movido pela fé:

– Não faz diferença.  O Corinthians sempre é uma equipe perigosíssima. O que faz diferença é que vamos jogar na nossa casa. O mais importante é que voltamos a jogar bem, voltamos a fazer gol com a bola rolando e vamos voltar para nossa casa. Temos que lotar São Januário e eles têm de se sentir incomodados.

Céticos pela própria natureza, os matemáticos escancaram em números as dificuldades vascaínas, mesmo registrando uma enorme diferença nas expectativas pessimistas em relação à semana anterior.

Confira a taxa de risco dos seis times que brigam para escapar do rebaixamento, segundo os cálculos atualizados dos principais sites de previsão matemática que analisam o Campeonato Brasileiro (e, se quiser relembrar os números da semana passada, releia a nota O Vasco está quase lá. De novo.):

Chance de gol 

Joinville – 93.3 %

Vasco – 91.1 %

Coritiba – 72.3 %

Goiás – 53.3 %

Avaí – 64.4 %

Figueirense – 25.6 %

Departamento de Matemática da UFMG 

Joinville – 94.1

Vasco – 85.3

Coritiba – 65.4%

Avaí – 63.6%

Goiás – 59.5%

Figueirense – 32%

Infobola

Joinville – 94%

Vasco  – 84%

Coritiba – 69%

Goiás – 60%

Avaí – 54%

Figueirense – 39%

As contas não abalam a confiança de Zinho, assistente técnico de Jorginho:

– Respeito muito os matemáticos, mas, nos últimos anos, nem sempre as contas estão batendo.

O Vasco está quase lá. De novo.

Edmundo, no Instagram: "Meu coração está assim"

Edmundo, no Instagram: “Meu coração está assim”

Para desespero de nossa copeira Maria Antonieta, que andava tirando onda de matemática nos últimos dias e nem sequer veio trabalhar hoje, embora estivesse na escala do feriadão, o glorioso Vasco de outras e antigas jornadas está praticamente garantido na Segundona em 2016, repetindo os feitos de 2009 e 20014.

Depois da 33ª rodada, em que o Goiás foi o único dos ameaçados a vencer o seu jogo, derrotando o Internacional de virada por 2 a 1 no Serra Dourada, ficaram assim os índices de risco de cada um dos seis candidatos a disputar a Segunda Divisão na próxima temporada, segundo os cálculos dos principais sites de previsão matemática que analisam, a cada rodada, o andamento do Campeonato Brasileiro:

Chance de gol 

Vasco – 98.7 %

Joinville – 94.1 %

Coritiba – 77.1 %

Goiás – 44.9 %

Avaí – 64.4 %

Figueirense – 19.3 %

Departamento de Matemática da UFMG 

Vasco – 96.8%

Joinville – 92.7%

Coritiba – 65.7%

Avaí – 58.1%

Goiás – 56.3%

Figueirense – 28.5%

Infobola

Vasco  – 96%

Joinville – 92%

Coritiba – 70%

Goiás – 58%

Avaí – 52%

Figueirense – 28%

Mais triste do que nossa Maria Antonieta nem Edmundo, que postou a desolação, devidamente ilustrada, em sua conta no Instagram:

Meu coração está assim !! Mas eu ainda acredito.

A Sibéria é logo ali

Eurico na Sibéria @2610@

Invicto há nove rodadas, com quatro vitórias e cinco empates da 24ª à 32ª rodada, o Vasco continua à beira do rebaixamento segundo os sites de análise e previsão matemática.

É cada vez maior a probabilidade de Eurico Miranda se mudar para a Sibéria em 2016, conforme prometeu fazer se o Vasco for para a Segundona: de 95,7% , segundo o site Chance de Gol ; de 89%, segundo o Infobola ; de 90.1, segundo o Departamento de Matemática da UFMG.

Os demais fortes candidatos ao rebaixamento, segundo os três sites:

 Infobola

Joinville – 89%

Goiás   – 77%

Coritiba – 61%

Avaí    – 47%

Figueirense – 32%

 Departamento de Matemática da UFMG

Joinville – 87.4%

Goiás   – 78.7%

Coritiba – 60.6

Avaí    – 51.2%

Figueirense – 27.8%

 Chance de Gol

Joinville – 89.7%

Goiás   – 69.6%

Coritiba – 65.7%

Avaí – 57.7%

Figueirense – 20.2%

Indignada com a situação do Vasco, nossa copeira Maria Antonieta quer mandar de presente natalino para Eurico uma coleção de camisetas, estilo regata, para que ele use em seus passeios siberianos depois do Ano Novo.

(A imagem do encasacado Eurico Miranda, que evidentemente ainda não recebeu o presente da vascaína Maria Antonieta, é criação do site Guerreiros da Colina) 

Vaga no G-4: a matemática é uma caixinha de surpresas

Disputadas 32 rodadas do Brasileirão, seis times ainda são candidatos reais à quarta vaga no G-4, que já têm como inquilinos o Corinthians, o Atlético Mineiro e o Grêmio.

Curiosamente, há pouca concordância sobre as chances candidatos entre os sites que fazem análises e projeções matemáticas para as próximas seis rodadas.

Infobola, Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais   e Chance de Gol  indicam o Santos como o Grande favorito à quarta vaga e colocam Sport e Ponte Preta na rabeira da lista de pretendentes, mas discordam bastante sobre os números e chances de São Paulo, Palmeiras e Internacional.

Confira os números de cada um:

Infobola

Santos – 33%

Inter – 24%

São Paulo – 22%

Palmeiras – 12%

Sport – 10%

Ponte – 6%

Departamento de Matemática da UFMG

Santos – 32%

Inter – 26.6%

São Paulo – 18.8%

Palmeiras – 14%

Sport – 8.5%

Ponte – 7.6%

Chance de Gol

Santos – 60.8%

Palmeiras – 13.3

São Paulo – 12.1%

Inter – 11%São Paulo

Sport – 6.7%

Matemática em campo: Corinthians 94 x 5 Atlético Mineiro

Após a 30ª rodada, os cientistas do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais calculavam em 81.4% as chances de o Corinthians ser o campeão brasileiro de 2015. O Atlético Mineiro tinha 16.3%.

Os cálculos de hoje  dão 94.3% ao Corinthians e 5.5% ao Atlético.

Ainda não é hora de os gremistas desistirem. Sobram-lhe 0.24% de chance de ficar com o caneco.

Brasileirão: as chances e os riscos de cada um

Corinthians pode ir preparando a festa: mais de 80% de chances de ser campeão

Corinthians pode ir preparando a festa: mais de 80% de chances de ser campeão

A oito rodadas do final do Brasileirão, os matemáticos estão de acordo: o Corinthians está muito, muito perto de faturar o caneco, o Santos é o favorito na briga pela última vaga no G-4 (que pode até não garantir a classificação para a Libertadores de 2015 se o campeão da Copa Sul-Americana for um time brasileiro)  e o Joinville e o Vasco estão quase rebaixados para a Segundona de 2016.

Confira abaixo as chances e os riscos de cada time, segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, e o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais.

De ser campeão:

Corinthians              84% #### 81.4%

Atlético Mineiro      14% #### 16.3%

Grêmio                       2% ####  2.2%

De se classificar para a Libertadores:

Corinthians              99% #### 100%

Atlético Mineiro       99% ####  99.87%

Grêmio                      97% ####  97.2%

Santos                       33% ####  31%

Palmeiras                 19% ####  19.5%

São Paulo                 17% ####  16%

Flamengo                 12% ####  12.9%

Ponte Preta             10% ####   10.5%

Inter                           9% ####      9%

Sport                          2% ####      2%

De cair para a Segundona:

Joinville                            95% #### 93.9%

Vasco                               91% #### 92%

Goiás                               66% #### 66.6%

Coritiba                           45% #### 45.2%

Avaí                                 42% #### 45.5%

Figueirense                    32% #### 30.3%

Chapecoense                21% #### 19.7%

Cruzeiro                           4% ####   2.7%

Atlético Paranaense       3% ####   3.1%

Fluminense                      1% ####   0.99%

Atlético volta da folga pensando em alcançar o Corinthians

Atlético Mineiro x Internacional @1410@A conta é do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais: o Atlético Mineiro tem 17.6% de chances de conquistar o título do Brasileirão, o que parece muito pouco para incomodar o Corinthians, favoritíssimo, com 79.4%.

Como os dois vão se enfrentar daqui a quatro rodadas em Belo Horizonte, o Atlético tem de ir batendo os adversários até lá – o Internacional,  às 19h30 desta quarta, no Independência; o Sport, domingo, na Ilha do Retiro; a Ponte Preta, uma semana depois, de novo no Independência.

A cinco pontos de distância antes que a bola role na 30ª rodada, o vice-líder tem ainda de torcer por um tropeço corintiano até que se encontrem na 33ª,  que muito provavelmente definirá de vez o campeão de 2015.

Corinthians x Goiás 1410@O Corinthians jogará amanhã em casa contra o Goiás; no domingo, em Curitiba, contra o Atlético Paranaense; e, no domingo seguinte, novamente no Itaquerão, contra o Flamengo.

A largada nesta dupla prova de três tiros que antecederá o jogão do dia 1° de novembro em Belô parece mais difícil para o Atlético, pois o Inter ganhou dez dos últimos 15 pontos que disputou e está na briga para entrar no G-4. O Goiás, adversário do Corinthians, conseguiu apenas três dos últimos 15 pontos disputados e é hóspede do Z-4.

Mais importante do que os números, no entanto, talvez sejam as condições técnicas e físicas de atleticanos e corintianos na volta ao Brasileirão após 11 dias de intervalo.

O Corinthians recebe hoje Gil, Elias e Renato Augusto, que estavam na Seleção, mas só o volante atuou ontem nos 3 a 1 sobre a Venezuela; o Atlético recebeu ontem Douglas Santos, que estava na seleção olímpica e jogou nos 5 a 1 sobre o Haiti na segunda-feira.

Douglas Santos está escalado por Levi Culpi para o jogo desta noite. Tite ainda não definiu o Corinthians que pegará o Goiás. Talvez, poupe Elias.

O que mais prejudicou o Corinthians nos dez dias de paralisação do Campeonato Brasileiro foi não ter podido treinar o time verdadeiramente titular.

O Atlético não teve este problema. Pelo contrário, Levir pode aproveitar a folga no calendário para reazeitar a equipe que andou titubeando nas últimas rodadas.