Como não falar daquele 16 de julho?

Uma coisa que eu sempre achei muito chata na imprensa esportiva brasileira é o registro anual de que, em 16 de julho de 1950, aconteceu o tal Maracanaço, para desgraça do nosso Barbosa e companhia, ou Maracanazo, para alegria de Alcides Ghiggia, o uruguaio que nos tirou o título mundial e era até poucas horas atrás a única lembrança viva do que se passou em campo naqueles fatídicos 2 a 1.

Pois não é que hoje, 16 de julho, aos 88 anos, Alcides Ghiggia morreu em Montevidéu?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s