Arquivo diário: 9 de julho de 2015

Flu e Corinthians expulsam Sport e Palmeiras do G-4

Novidades no G-4, agora dominado geograficamente pelo Sudeste: saem Sport e Palmeiras, entram o Fluminense, que acaba de vencer o Cruzeiro por 1 a 0 no Maracanã e vai para o segundo lugar com 24 pontos, e o Corinthians que um pouco antes derrotou o Atlético Paranaense em Itaquera por 2 a 0 e é o quarto colocado do Brasileirão, com 23 pontos.

Entre o líder Atlético, que não sairá do G-4 mesmo que perca no sábado em Campinas para a Ponte, e o Corinthians, estão o Flu e o Grêmio, mas chama atenção a recuperação dos times paulistas a esta altura do Brasileirão. Logo abaixo do Sport, que agora é o quinto colocado, com os mesmos 23 pontos que gremistas e corintianos, estão Palmeiras e São Paulo, ambos com 21.

Parece que o chamado Trio de Ferro entrou na briga pelo título brasileiro.

Presidente diz que Corinthians não quer mais Teo Gutiérrez

Roberto de Andrade: não para Sheik, Guerrero e Teo Gutiérrez

Roberto de Andrade: não para Sheik, Guerrero e Teo Gutiérrez

Depois de não querer ficar com Emerson Sheik nem com Paolo Guerrero, o presidente Roberto de Andrade garante que também não quer mais o atacante colombiano Teo Gutiérrez no Corinthians.

Assim falou o cartola corintiano ao programa Seleção SporTV nesta quinta-feira:

– Fizemos uma proposta por escrito ao River, faz mais de uma semana, e o River nem respondeu que aceita ou que não aceita. Eu estou entendendo a falta de respostas como um não. Tenho lido que seu agente tem dito que ele vai para o Sporting. Então, se alguém estiver nos assistindo, em primeira mão: independentemente da resposta do River, quem não quer mais o jogador é o Corinthians. Ponto final na negociação.

Santos tem novo treinador, não se sabe até quando

Dorival Júnior: de volta

Dorival Júnior: mais um que volta à Vila Belmiro

Dorival Júnior é o novo técnico do Santos.

Novo é um jeito de dizer. É a segunda vez que ele comandará a equipe santista.

Do ano 2000 até agora, sem contar os  interinos, o Santos teve os seguintes treinadores: Carlos Alberto Silva, Giba, Carlos Alberto Parreira, Geninho, Serginho, Cabralzinho, Celso Roth, Emerson Leão, Márcio Fernandes, Vanderlei Luxemburgo, Oswaldo de Oliveira, Alexandre Gallo, Nelsinho Baptista, Vanderlei Luxemburgo de novo, Emerson Leão novamente, Cuca, Márcio Fernandes outra vez, Vágner Mancini,  mais uma vez  Vanderlei Luxemburgo, Dorival Júnior, Adilson Batista, Muricy Ramalho, novamente Oswaldo de Oliveira,  Enderson Moreira e  Marcelo Fernandes.

Incluindo Modesto Roma Júnior, o atual, são quatro os presidentes no mesmo período.

A Argentina ganha na Fifa o que perde em campo

Ganhar um canequinho que é seja nem pensar.

Como todos sabem, embora nunca seja demais rememorar, a seleção argentina completou no dia 4 um jejum de 22 anos sem um título sequer – período em que o Brasil foi duas vezes campeão do mundo, quatro vezes campeão da Copa das Confederações e outras quatro campeão da Copa América.

Já no ranking  da Fifa a Argentina está bem até demais – chegou hoje ao primeiro lugar, à frente da Alemanha campeã do Mundo.

Nem o FBI explica.

Os campeões só dão vexame

O que têm em comum o Goiás, o Internacional, o Santos, o Vasco e o Joinville nesta temporada?

São todos campeões estaduais e estão todos afundados entre o 14º lugar e a lanterna no Brasileirão.

E ainda há quem leve a sério os longos campeonatos estaduais que abrem a temporada.

E o Atlético é ainda mais líder

Pratto: gol nos 2 a 1 sobre o Sport

Pratto: gol abre caminho para vitória sobre o Sport

Caiu na noite desta quarta-feira, 8, o último invicto do Campeonato Brasileiro. No Mineirão, o Atlético Mineiro, com gols de Lucas Pratto e Giovanni Augusto, derrotou por 2 a 1 o Sport e se isolou na liderança do campeonato, com 26 pontos.

Em seguida, com 23, vêm o Grêmio, que perdeu para a Chapecoense por 1 a 0, e o próprio Sport, que não perdia um jogo do Brasileirão desde a 31ª rodada da edição de 2014.

Fecha o G-4, por enquanto, o Palmeiras reanimado por Marcelo Oliveira, que chegou aos 21 pontos ao abater o Avaí por 3 a 0 no Allianz Parque e leva a vantagem no saldo de gols contra o São Paulo, que em Brasília triturou o Vasco por 4 a 0.

A quarta foi perfeita para os atleticanos tanto quanto desastrosa para vascaínos e santistas, que se vão habituando ao Z-4. Goleado por 4 a 1, o Santos não somente se afundou um pouco mais como deu uma folguinha ao Goiás na trilha rumo ao rebaixamento.

Quem também está na fronteira vermelha é o Internacional, que perdeu em casa por 2 a 1 para o Flamengo, com direito a levar o primeiro gol de Paolo Guerrero com a camisa rubro-negra.

Nesta quinta, os palmeirenses vão torcer por um empate entre Corinthians e Atlético Paranaense no Itaquerão e uma vitória do Cruzeiro sobre o Fluminense no Maracanã. Só assim não sairão da posição em que se instalaram no G-4.