Arquivo diário: 6 de julho de 2015

Você não imagina quem vai salvar o nosso futebol

Nem todos os citados na nota Em busca da salvação, CBF reconvoca demitidos, a terceira abaixo, compareceram à primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento Estratégico do Futebol Brasileiro na CBF, mas a ausência de Mano Menezes, Emerson Leão e Vanderlei Luxemburgo certamente foi compensada pela presença ilustre de Ernesto Paulo.

Não sabe quem é? Na última década, foi técnico do Ameriquinha, da Cabofriense, da seleção olímpica da Arábia Saudita, do Campo Grande, do Juventus (de Santa Catarina), do Veranópolis e do União da Madeira (da terceira divisão de Portugal).

Mais do que o currículo tão variado desses anos, sua presença na reunião de hoje valeu pela enorme bagagem que acumulou como treinador da Seleção Brasileira. Foi ele que, entre os mandatos de Paulo Roberto Falcão e Carlos Alberto Parreira, comandou a Seleção no amistoso de 11 de setembro de 1991 com o País de Gales em Cardiff.

Resultado: País de Gales 1 x 0 Brasil. E aquele Brasil tinha Taffarel, Jorginho, Cafu, Márcio Santos, Mauro Silva e Bebeto, que viriam a ser campeões do mundo em 1994 sob o comando de Parreira.

A presença de Ernesto Paulo na reunião desta segunda-feira na CBF garante o “desenvolvimento estratégico do futebol brasileiro”.

É chegar, vestir a camisa e estrear

Guerrero: estreia na quarta

Guerrero: escalado

A situação é tão desesperadora no Flamengo, coladinho no Z-4, que Cristóvão Borges já avisou: o peruano Paolo Guerrero, que se apresentará ao clube nesta terça-feira, dia 7, está escalado para enfrentar o Internacional na quarta em Porto Alegre.

Quem ainda não está confirmado na delegação que vai ao Sul é o próprio técnico. Não falta na Gávea quem queira lhe passar a perna a esta altura do Brasileirão.

Torcida do Real quer dar a faixa de capitão a Marcelo

Se Iker Casillas e Sergio Ramos deixarem mesmo o Real Madrid, como tanto se especula na Espanha, o novo capitão da equipe deveria ser o brasileiro Marcelo – pelo menos, na opinião de 61% dos quase 6 mil torcedores que votaram numa enquete do jornal Marca.

A preferência da torcida pelo lateral brasileiro, que aliás faz muita falta à Seleção, se explica pelo tempo de trabalho no clube. Marcelo joga no Real desde 2007. O ídolo Cristiano Ronaldo, que teve 39% dos votos na enquete, chegou em 2009.

O último jogador estrangeiro que usou a faixa de capitão do Real foi o meia mexicano José Ramón Sauto, de 1942 a 1944.

Em busca da salvação, CBF reconvoca demitidos

É hoje a primeira reunião do tal Conselho de Desenvolvimento Estratégico do Futebol Brasileiro com Dunga e Gilmar Rinaldi para dar um jeito na Seleção.

São esperados na CBF os conselheiros Mano Menezes, Carlos Alberto Parreira, Mario Jorge Lobo Zagallo, Emerson Leão, Vanderlei Luxemburgo, Paulo Roberto Falcão e Sebastião Lazaroni.

Deve ser mera coincidência que todos eles, inclusive os campeões mundiais Parreira e Zagallo, tenham sido anteriormente demitidos pela CBF do emprego de treinador da Seleção.

É curta a distância entre melhores e piores no Brasileirão

Na metade superior da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, cinco pontos separam a Ponte Preta, décima colocada, do Fluminense, guardião da porta dos fundos do G-4.

Na metade inferior da tabela, o Figueirense, 11º colocado, está a cinco pontos da porta de entrada do Z-4, ocupada pelo Santos.

São sete pontos entre a Ponte e o líder Atlético Mineiro, dez entre o Figueirense e o lanterna Joinville.