Arquivo diário: 1 de julho de 2015

Família Messi ajuda o Vasco de Celso Roth

O Sport de Eduardo Baptista bateu por 3 a 0 o Internacional e continua na liderança, mas não há técnico neste Brasileirão com o índice de aproveitamento de Celso Roth: o Vasco, por incrível que pareça, voltou a vencer, novamente por 1 a 0, desta vez sobre o Avaí em São Januário.

Para tal façanha, contribuiu a família Messi. O gol do Vasco foi marcado pelo argentino Emanuel Biancucchi, primo menos famoso do badalado Lionel, aquele que faz parceria com Neymar no Barça e destroçou os paraguaios na semifinal da Copa América.

Com contribuição tão ilustre, Celso Roth tem 100% de aproveitamento no Brasileirão. Nem por isso a torcida está feliz. Pesquisa do site Netvasco, com 14.457 votos digitados até agora, mostra que 67,46% dos vascaínos reprovam a contratação do técnico.

Que gente ingrata!

Blatter quer uma vaguinha no time do céu

Em entrevista exclusiva à revista alemã Bunte, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, que se expressa com fluência em dez línguas, fala do inferno figurado em que está vivendo desde que o FBI resolveu entrar no mundo da bola:

– A minha fé me deu força nos últimos tempos. Sou uma pessoa religiosa e rezo também. Eu tenho um crucifixo dourado abençoado pelo Papa Francisco. Acredito que vou para o céu um dia, mas também acho que não há inferno. Discordo do Papa nesse ponto.

Além de desacreditar no inferno dos católicos, Blatter diz que não vai à final do Mundial Feminino no Canadá “por razões pessoais”. É o que já tinha dito também o seu advogado.

Para ler no original a entrevista, cujo título é Eu não sou corrupto ou, em bom alemão, Ich bin nicht korrupt, clique aqui.

Elias volta e pode ficar no Corinthians

Elias: de volta - Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Elias: de volta – Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Demorou, mas parece que o bom senso voltou ao Corinthians.

Depois de treinar no time titular, tudo indica que Elias enfrentará amanhã a Ponte Preta, às 19h30, no Itaquerão.

Será a terceira partida do volante neste Brasileirão. Atolado em dívidas, o Corinthians pretendia negociar sua transferência e tudo indica que, por isso, o técnico Tite o barrou seguidas vezes antes de Elias se apresentar à Seleção que acabou de disputar a Copa América.

O goleiro Cássio comemora os sinais de mudança em Itaquera:

– Ele é experiente e ainda vai nos ajudar muito. Por isso espero que ele fique.

Porto gasta 20 milhões de euros para substituir Casemiro

Depois de perder Casemiro e Oliver Torres, que retornam ao futebol espanhol, o Porto está pagando 20 milhões de euros ao Olympique de Marselha pelo  volante Giannelli Imbula, que tem 22 anos, cidadania francesa e congolesa, embora tenha nascido na Bélgica, nunca ganhou um título e, em 76 jogos disputados nas duas últimas temporadas, marcou três gols.

É a mais cara contratação do futebol português em todo os tempos, embora Imbula, na verdade mais cabeça de área do que volante, garanta, em entrevista ao site do clube, que não se moveu por dinheiro:

– Estou muito contente. O FC Porto não é um clube conhecido por dar muito dinheiro aos jovens. Portanto, não se pode dizer que tenha sido por uma questão de dinheiro que vim para cá. Foi, isso sim, pela confiança que depositaram em mim e pelo projeto esportivo que me apresentaram. Trata-se de um clube que já conquistou muitos troféus europeus na sua história,  tem uma grande equipe e bons jogadores. Espero que seja ainda melhor com a minha contribuição.

Lembre-se: Casemiro saiu do São Paulo para o Real Madrid há dois anos por cerca de 5 milhões de euros. Há um mês, para tê-lo de volta após o período de empréstimo ao Porto, o Real desembolsou  7,5 milhoes de euros.

Futebol alemão entra em decadência

Se fosse por aqui, é o que leríamos e ouviríamos em muitos e muitos dos nossos veículos de comunicação depois que o Bayern nem sequer chegou à final da Liga dos Campeões da Europa, a garotada foi goleada por 5 a 0 pelos portugueses nas semifinais da Euro Sub-21 no sábado e a seleção feminina perdeu ontem por 2 a 0 para as norte-americanas a chance de disputar o título no Mundial do Canadá.