Militares fecham Federação Venezuelana de Futebol

Nesta quarta-feira, dia 3, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, sem que ninguém lhe tivesse pedido a opinião, havia comentado a anunciada renúncia de Joseph Blatter à presidência da Fifa:

– Tenho seguido com objetividade o que está se passando com a Fifa. Tudo é obscuro. É obscura a operação do procurador que acredita ser procurador do mundo; e a do juiz, que acredita ser juiz do mundo a partir Nova York.

Na véspera, o Ministério Público venezuelano tinha ordenado o congelamento dos bens e das contas bancárias do presidente da Federação de Futebol, Rafael Esquivel, um dos sete dirigentes detidos em Zurique pelas autoridades suíças, na semana passada, a pedido da justiça norte-americana.

Ontem, depois do pronunciamento de Maduro, a sede da Federação Venezuelana de Futebol foi lacrada por militares, que deixaram na porta uma faixa com o aviso:  “Perigo, não passe”.

Parece que nem toda a ação de procuradores e juízes norte-americanos era tão obscura quanto achou Maduro, né?

PS: Maduro quer que Maradona presida a Fifa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s