Arquivo diário: 13 de junho de 2015

Cruzeiro sobe mais um pouco e afunda o Vasco

E não é que o Vasco voltou a fazer um gol, o segundo em sete rodadas do Brasileirão?

Não é nada, não é nada, não foi nada: em São Januário, Vasco 1 x 3 Cruzeiro.

O time está afundado na zona de rebaixamento, à frente apenas do lanterninha Joinville, que também acaba de perder, desta vez para o Sport por 2 a 0 no Recife.

E nem Vasco nem Joinville terão como sair do fundão na próxima rodada.

Em compensação, o Cruzeiro subiu mais umas casinhas na ordem de classificação e o Sport continua no G-4.

E tem mais: o segundo gol do Vasco no Brasileirão foi do zagueiro Rodrigo, como o primeiro tinha sido do volante Lucas. O ataque, portanto, ainda não fez nenhum gol.

Já o atacante cruzeirense Leandro Damião, que também ainda não tinha marcado um golzinho sequer no campeonato, fez dois na vitória cruzeirense.

Anúncios

Agora é entre eles: Argentina x Uruguai

Uruguai x ArgentinaGrupo da morte: Uruguai de Cristian Rodríguez vence, Argentina de Messi empata

O Uruguai de Cristian Rodríguez fez menos do que se poderia esperar diante da Jamaica num jogo de muitos chutões, pouca organização e nenhuma criatividade que só conseguiu animar o pequeno público de 8.653 pagantes quando a bola caía na arquibancadas e os torcedores passavam a tocá-la com mais carinho do que o mostrado em campo pelos jogadores.

Cristian Rodríguez marcou o gol da vitória aos 7 minutos do segundo tempo e o 1 a 0, por mais incrível que possa parecer, foi o bastante para dar ao Uruguai a liderança do Grupo B da Copa América.

Pois não é que, depois de Uruguai 1 x 0 Jamaica em Antofagasta, tivemos Argentina 2 x 2 Paraguai em La Serena?

É isso mesmo: Argentina 2 x 2 Paraguai! E a Argentina de Messi e Agüero fez 2 a 0 no primeiro tempo, com um gol de cada um, passando a impressão de que o amplo domínio se traduziria numa acachapante goleada ao final do jogo.

Não foi o que se viu no segundo tempo.

Embora a bola tenha ficado muito mais em pés argentinos, os paraguaios escancaram os renitentes problemas defensivos da equipe comandada por Tata Martino e, em sucessivos contra-ataques, foram minando a confiança dos vice-campeões do mundo e chegaram ao empate, com gols de Valdez e Lucas Barrios.

Ficou animado o Grupo B, que boa parte da mídia já vinha chamando de grupo da morte.

Na terça-feira, dia 16, em La Serena, teremos um jogo decisivo para as pretensões de Messi e companhia na Copa América: Argentina x Uruguai.

Para os uruguaios, um empate estará de ótimo tamanho. Para os argentinos, não vencer será praticamente a morte.

Brasil está nas oitavas, por obra e graça de Andressa

Não foi exatamente de contra-ataque, como ela pedira antes do jogo, mas foi aproveitando um lançamento longo de Rafaelle, quase do meio de campo, que Andressa Alves invadiu a área e, como se fosse centroavante, tocou para o gol a bola que a zagueira espanhola ainda salvou em cima da linha, mas suavemente lhe voltou aos pés para decretar: Brasil 1 x 0 Espanha.

Estava definido o placar do jogo aos 44 minutos do primeiro tempo e a classificação antecipada da seleção brasileira feminina para as oitavas de final do Mundial disputado no Canadá.

Outra seleção já garantida nas oitavas é a japonesa, que ontem derrotou as camaronesas por 2 a 1.

Boa noite para São Paulo, Corinthians e Flamengo

Começou bem a noite para três grandes do eixo Rio-São Paulo.

O São Paulo foi a Santa Catarina e, com gol do volante Souza, venceu por 1 a 0 a Chapecoense, que aos poucos está voltando para o seu devido lugar no Brasileirão.

Já o São Paulo chegou aos 16 pontos, e vai dormir e acordar na liderança, com alguma chance de lá permanecer pois, amanhã o Atlético Paranaense terá de enfrentar o Grêmio em Porto Alegre e pode perfeitamente estacionar nos 15.

O Corinthians recebeu o Internacional, ainda obrigado as misturar titulares e reservas, e tomou um susto no finzinho do primeiro tempo, quando Nilmar fez 1 a 0. No segundo, virou o placar, com gols de Jadson e Vagner Love.

Pois é, ele desencantou! Foi o primeiro gol de Vagner Love no Brasileirão, a segunda vitória seguida do Corinthians que, como tem avisado sempre o técnico Tite, está em fase de rearrumação.

Os 2 a 0 colocam, embora ainda provisoriamente, o Corinthians no G-4 e vão facilitar muito o trabalho de Tite nos próximos dias.

No outro jogo encerrado no comecinho da noite deste sábado, o Flamengo venceu o Coritiba no Paraná por 1 a 0, com gol de Eduardo da Silva, e saiu do Z-4. Enquanto Emerson Sheik e Guerrero não chegam, Cristóvão Borges já pode pelo menos respirar.

É uma ironia que Suárez não dispute a Copa América

Suárez e Chiellini 136Um ano depois de morder Chiellini na Copa do Mundo, Suárez não pode jogar a Copa América

O Uruguai fez quatro jogos na Copa do Mundo de 2014: perdeu para a Costa Rica, venceu a Inglaterra e a Itália na primeira fase, e perdeu para a Colômbia nas oitavas de final.

Terá sido mera coincidência que tenha contado com Luis Suárez nas duas vitórias e jogando sem o maior craque uruguaio das últimas décadas nas duas derrotas?

O Uruguai é o atual campeão da Copa América, tendo conquistado o título de 2011 na Argentina, que Suárez e companhia trataram de tirar da competição logo nas quartas de final.

Vice-artilheiro e melhor jogador em 2011 da mais antiga competição entre seleções de futebol em todo o mundo, o uruguaio Luis Alberto Suárez Díaz tem 28 anos, idade que costuma marcar o apogeu técnico dos grandes craques.

Seria certamente candidato ao troféu de craque da Copa América de 2015, apesar da concorrência nada desprezível do argentino Messi, do brasileiro Neymar, seus parceiros no Barcelona, e do colombiano James Rodríguez, seu rival do Real Madrid.

Acontece que Luisito Suárez, o extraordinário atacante que tanto faz gols como os oferece em precisas assistências aos companheiros de time, não vai disputar a Copa América no Chile.

Suárez está proibido pela Fifa de jogar com a camisa uruguaia, para alegria dos jamaicanos, que daqui a pouco enfrentarão atuais campeões, e em seguida de argentinos e paraguaios, sem contar os adversários que possam vir a partir das oitavas de final.

Lembra-se?

Na Copa de 2014, já no final do 1 a 0 sobre a Itália, num entrevero com o zagueiro Chiellini, Suárez mordeu o seu ombro e, como não era a primeira fez que cometia gesto tão primitivo em campo, foi julgado pelo comitê disciplinar da FIFA, embora o juiz da partida não tenha sequer visto o lance, e suspenso por nove jogos da seleção em competições internacionais, entre outras penas igualmente exageradas.

E assim Suárez pode ser campeão europeu pelo Barcelona, mas não pode defender o título americano de seleções pelo Uruguai.

Sai perdendo não somente a seleção uruguaia, mas a Copa América.

Não deixa de ser uma ironia histórica que uma mordida num adversário tire dos campos um dos maiores craques da atualidade nesses dias em que o FBI escancarou para o mundo que a grossa flor da cartolagem também vivia de morder. Em sentido figurado, claro.

Brasil x Espanha vale vaga nas oitavas

Andressa Alves: a força do contra-ataque - Foto: CBF

Andressa Alves: a força do contra-ataque – Foto: CBF

Se vencer a Espanha neste sábado (às 17 horas daqui), o Brasil de Marta e Formiga garantirá antecipadamente a presença nas oitavas de final do Mundial de Futebol Feminino disputado no Canadá.

Na rodada de abertura, a Espanha empatou com a Costa Rica por 1 a 1 e o Brasil venceu a Coreia do Sul por 2 a 0, mas Vadão espera dureza no Estádio Olímpico de Montreal:

– A tendência é ser um jogo muito equilibrado, muito difícil. Nós sabemos que a Espanha fez uma campanha muito boa nas eliminatórias; foi incontestavelmente a melhor equipe, se classificando em primeiro lugar.

De fato, a Espanha venceu nove dos dez jogos eliminatórios antes de chegar, pela primeira vez, ao Mundial. Andressa Alves, destaque no meio de campo do Brasil, tem a receita para encarar as espanholas:

– O futebol delas é um pouco mais parecido com o nosso e, pelo fato de terem empatado a primeira partida, devem sair mais para o jogo e a gente espera aproveitar o contra-ataque, que é o nosso ponto forte.