Arquivo diário: 26 de maio de 2015

Vem do México o primeiro semifinalista da Libertadores

Rafael Sóbis: ex-colorado, destaque do Tigres

Rafael Sóbis: ex-colorado, destaque do Tigres

Os colorados vão dormir tarde nesta terça-feira, 26, véspera do confronto decisivo com o Independiente Santa Fe por uma vaga nas semifinais da Libertadores.

E não apenas para acompanhar as idas e vindas do seu velho conhecido Rafael Sóbis com a camisa do Tigres no México.

Às 22 horas, a Fox Sports começará a mostrar Tigres x Emelec, que definirá o primeiro dos quatro classificados para as semifinais.

O time que vencer hoje a batalha decisiva em Monterrey será o adversário do vencedor de amanhã em Porto Alegre.

Tigres, hoje, e Inter, amanhã, estão na mesmíssima situação: perderam como visitantes por 1 a 0 e têm de vencer em casa.

Não é uma situação muito cômoda.

Quem simplesmente devolver o 1 a 0, vai lutar pela sobrevivência nos pênaltis.

Quem levar gol em casa, só continuará vivo na Libertadores se vencer o jogo por, no mínimo, dois gols de diferença.

Em quatro jogos como anfitrião nesta Libertadores, o Tigres venceu o peruano Juan Aurich por 3 a 0 e o boliviano San Jose por 4 a 0  e empatou por 2 a 2 com o argentino River Plate e, já nas oitavas, por 1 a 1 com o boliviano Universitario Sucre.

No Beira-Rio, o Inter venceu o Atlético Mineiro por 3 a 1 nas oitavas e, pelo mesmo placar, a Universidad de Chile na fase de grupos. Nos outros dois jogos, bateu o equatoriano Emelec por 3 a 2 e o boliviano The Strongest por 1 a 1.

Portanto, Tigres e Inter têm com que se preocupar.

Nosso Feijão não se cansa de perder

Parece que João Olavo Souza, o nosso Feijão, ainda não se recuperou do cansaço daquela histórica partida de 6h42min pela Copa Davis que perdeu por 3 sets a 2 para o argentino Leonardo Mayer em 8 de março.

De lá para cá, jogou outras oito vezes e foi derrotado em todas as oito. Pior ainda: nas oito, venceu apenas um set.

Feijão perdeu jogos em Miami, Houston, Barcelona, Munique, Madri, Roma e Genebra.

A última derrota foi hoje, em Paris, para o espanhol Daniel Gimeno-Traver por 3 sets a 0.

Assim, Feijão foi eliminado de Roland Garros  logo na primeira rodada.

Fla: o demitido de ontem é o interino de hoje

Campeão da Copa do Brasil em 2013, demitido em 2014 após ter conquistado também o título carioca, ele voltou ao Flamengo há pouco mais de um mês para trabalhar como assistente técnico de Vanderlei Luxemburgo, e agora assume interinamente o comando técnico do time, que amanha enfrentará o Náutico pela Copa do Brasil e no domingo o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro.

Agora novamente interino, Jayme de Almeida é prata da casa, nem sempre tratado com o devido respeito pelos dirigentes rubro-negros.

E há quem diga que o Flamengo está se transformando num bom exemplo de gestão em nosso futebol!