Arquivo diário: 20 de maio de 2015

Inter decepciona em Bogotá

Qualquer que tenha sido o preço cobrado pelo ingresso, foi caro.

Durante uma hora, rolou em El Campín um joguinho sem graça, burocrático, de muito toquinho e pouca efetividade, nada de inspiração, zero de criatividade.

Na última meia hora, os colombianos forçaram um pouquinho o ritmo e criaram algumas chances um tanto atabalhoadas de gol, todas em continuidade a cobranças de falta ou escanteio.

Em contra-ataques, o Inter teve duas boas oportunidades, mas uma caiu nos pés de Lisandro López e a outra, um toque por cobertura de Nilmar, foi salva pelo goleiro Andres Castellanos.

Resultado: 1 a 0 para o Santa Fe, gol de Mosquera já nos descontos, aproveitando de cabeça o escanteio cobrado por Omar Pérez.

Castigo, não de todo imerecido, para o Internacional, que precisa voltar ao exercício do futebol daqui a uma semana, se quiser garantir no Beira-Rio a vaga nas semifinais da Libertadores.

Os colorados devem torcer para que Diego Aguirre volte a escalar o time com 11 jogadores, pois em Bogotá o Inter escalou dez e Lisandro López.

Ou seja: jogou com dez.

Aliás, não jogou.

O que faz Carlos Miguel Aidar em Medelin?

Aidar 205

Diálogo entre Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, e o jornalista Luciano Borges, publicado em seu Blog do Boleiro:

Luciano: Como vocês chegaram ao nome de Juan Carlos Osório?
Aidar: Como assim? Como chegamos ao nome?

Luciano: Quais as qualidades que ele tem e vocês se interessaram?
Aidar: Veja bem. Lá atrás, quando o Muricy saiu, nós elaboramos uma lista com vários nomes de treinadores estrangeiros. Ele é um destes nomes. É um treinador de ponta, como outros argentino, chilenos e até portugueses. Mas ainda não tem nada.

Luciano: Nada?
Aidar – Estamos avaliando nomes. E não estamos atrás de ninguém que tenha contrato vigente com um clube. Anote aí: Milton Cruz é o nome do técnico do São Paulo.

Luciano: Mas o Atlético Nacional de Medelin confirmou que o Osorio foi contatado pelo São Paulo. Vocês ou alguém em nome do São Paulo fizeram este contato?
Aidar: Isso eu não sei. Estou muito longe da Colômbia. É o que eu disse: estamos avaliando. Por enquanto, é só especulação. A imprensa, e você também está no meio, gosta de especular. Milton Cruz é o nome do treinador São Paulo.

Informação do jornalista Paulo Vinícius Coelho, postada em seu Blog do PVC  :

A direção do São Paulo já admite publicamente e negocia mesmo com o colombiano Juan Carlos Osorio, finalista da última Copa Sul-Americana pelo Atlético Nacional de Medellín. O presidente Carlos Miguel Aidar viajou para Medellín para se encontrar pessoalmente com o treinador e as primeiras informações dão conta de que Osorio gostou da ideia de trabalhar no Brasil.

Declaração de Victor Marulanda, diretor esportivo do Atlético Nacional, à Rádio Bandeirantes:

Temos conhecimento que se colocaram em contato, mas não vamos emitir nenhum comunicado até que falemos com nosso treinador. Temos um contrato vigente com ele. Um ano e meio mais.

 Será que Juan Carlos Osório sabe com quem está conversando?

Inter vai às alturas em busca de um golzinho

D'Alessandro treiina em El Campín - Foto: Alexandre Lops/Internacional

D’Alessandro treiina em El Campín – Foto: Alexandre Lops/Internacional

Desde que um gol do visitante passou a valer mais do que o do anfitrião, decidir em casa a vaga num mata-mata é uma vantagem muito relativa.

Quando o anfitrião do primeiro jogo entra em campo com uma vantagem objetiva, como são os 2.640 metros de altitude em Bogotá, as coisas ficam ainda mais complicadas para o time que mandará o jogo da volta.

É com estes problemas na cabeça que o Inter de D’Alessandro porá os pés em El Campín às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira para enfrentar o Santa Fe de Omar Pérez no primeiro confronto por uma vaga nas semifinais da Libertadores.

Evitar que os colombianos marquem em casa dará ao Inter uma boa vantagem aqui, mas melhor ainda será marcar um golzinho lá, mesmo que eles também façam o seu. É a lógica do regulamento: perder por 2 a 1 é melhor do que por 1 a 0.

O ideal para os colorados  é fazer um jogo de contra-ataque, aproveitando as brechas que o Santa Fé costuma deixar na defesa quando se manda à frente, mas terão os colorados fôlego suficiente nas alturas de El Campín para o troco em velocidade?

A altitude é sempre um problema para as equipes brasileiras. Não se esqueça, porém, que o Atlético Mineiro venceu o Santa Fe em Bogotá na primeira fase desta Libertadores.

O Inter pode perfeitamente repetir a façanha, até porque o adversário teve um compromisso difícil e frustrante no domingo, quando foi eliminado pelo Millonarios do Campeonato Colombiano.

O que o Inter não pode é perder a consciência de que um empate em Bogotá será o suficiente para tornar concreta a relativa vantagem de decidir a vaga no Beira-Rio. Com um golzinho, então…

Futebol paga mais do que todos os outros esportes

Os jogadores do Paris Saint-Germain são os atletas mais bem pagos em todo o mundo – mostra levantamento que a ESPN publica anualmente e você pode conferir aqui, em inglês. Em média, cada jogador do PSG fatura US$ 9,1 milhões ao ano.

Os números levantados pela ESPN abrangem 333 equipes de 17 grandes ligas profissionais espalhadas por 13 países e cobrem sete esportes. Os 9.371 atletas pesquisados recebem anualmente um total de US$ 17,94 bilhões.

Talvez seja uma grande surpresa para muita gente, mas oito das dez equipes com os maiores salários são do futebol.

Curiosamente, os dois finalistas da Liga dos Campeões da Europa não estão no pódio dos pagadores milionários: o Barcelona é o quarto colocado no ranking, com um salário médio de US$ 8,1 milhões por ano; e a Juventus, fica em 24º lugar, com média de US$ 4,9 milhões.

No pódio, além do PSG, estão Real Madrid e Manchester City, ambos com salários médios de US$ 8,6 milhões ao ano.

Quanto vale o futebol de Emerson Sheik?

Sheik ganha pouco, segundo agente

Sheik ganha pouco?

Reinaldo Pitta, agente do corintiano Emerson Sheik, em longo e lamurioso depoimento a Ricardo Perrone, que pode ser lido em seu blog no UOL:

– Ele não está entre os três jogadores mais bem pagos do País.

E, por acaso, Emerson Sheik está entre os três melhores jogadores do País ou mesmo do Corinthians de Cássio, Gil, Elias e Guerrero?