Arquivo diário: 5 de maio de 2015

Atenção, torcida brasileira: a Libertadores já (re)começou

Para a torcida brasileira, embora somente o Corinthians tenha passado sem nenhum susto pela fase de grupos, é amanhã que começará de verdade a Libertadores de 2015.

A bola já está rolando, porém.

Estudiantes x Santa Fe dará, na noite desta terça-feira, prosseguimento às oitavas de final, abertas na semana passada com os 2 a 1 impostos pelo Tigres ao Universitário Sucre.

Depois da vitória a mais de 2.800 metros de altitude, os mexicanos decidirão em casa a vaga nas quartas de final, fase em que deverão o enfrentar o Emelec, do Equador, ou o Atlético Nacional, da Colômbia. Semifinais à vista! O jogo deve terminar na madrugada brasileira da quarta, dia 6.

Embora os brasileiros estejam aguardando os confrontos Guaraní x Corinthians, São Paulo x Cruzeiro e Atlético Mineiro x Internacional de amanhã, dia 6, para religar a cabeça na Libertadores, o jogo da noite desta terça-feira em La Plata interessa diretamente ao nosso futebol.

Quem vencer o duplo embate Atlético x Inter vai pegar, nas quartas, o vencedor de Estudiantes x Santa Fe.

Juve vence em casa e pode fazer final com Barça ou Bayern

Tevez 2 a 1 para a Juve em TurimTévez comanda a Juve nos 2 a 1 sobre o Real  em Turim e joga por um empate em Madrid 

Antes que a bola rolasse em Turim, o brasileiro Pepe, naturalizado português, já tinha falado dele:

– Morata foi meu colega no Real e tenho bastante carinho por ele. É um rapaz especial e estou satisfeito por encontrá-lo num jogo tão importante. Sei que ele tem muito apreço pelo Real, mas em campo não haverá lugar para amizades.

Bastou que a bola rolasse sete minutos para que o madrilenho Morata, que cresceu nas divisões de base do Real e se mudou para a Juve há menos de um ano, mostrasse que também sabe separar o apreço da amizade dentro de campo.

No futebol globalizado de hoje, o amigo de Morata se chama Tévez.

Pepe nem viu o rapaz especial de Madri entrando por trás da defesa do Real para escorar o chute cruzado do argentino e fazer 1 a 0 para a Juve.

O Real reagiu, empatou aos 26, com mais um gol do super-artilheiro Cristiano Ronaldo, e até chegou mais perto de fazer o segundo do que os anfitriões.

Nem por isso a Juventus perder a tranquilidade. Foi-se reequilibrando aos poucos e voltou melhor do que os visitantes no segundo tempo. Foi num contra-ataque, porém, que chegou à vitória no segundo tempo, logo aos 12 minutos, com um gols todo construído e finalizado por Tévez.

O argentino puxou o contra-ataque desde a saída da área da Juve, com a solidária e discreta companhia de Morata ao lado durante todo o percurso, e acabou derrubado por Carvajal dentro da área de Casillas. O próprio Tévez cobrou e fez: 2 a 1 para a Juve.

Agora, Tévez e seu amigo Morata jogarão por um empate em Madri contra o Real de Pepe para fazer a final da Liga dos Campeões da Europa contra o Barcelona ou o Bayern.

Xabi Alonso não conhece o risco de fustigar um craque

Certamente ele nunca leu o mestre Armando Nogueira.

Xabi Alonso, volante do Bayern que jogou cinco temporadas pelo Real Madrid e amanhã terá como adversário o Barcelona, foi levado pelos jornalistas espanhóis que acompanham as semifinais da Liga dos Campeões da Europa a escolher entre Cristiano Ronaldo e Messi, e não titubeou:

– Os dois são grandes jogadores, espetaculares, é só ver os gols que estão marcando. Cristiano foi fundamental para mim quando eu estava no Real e, na minha opinião, é o melhor.

Xabi Alonso corre o risco de ter atraído dissabores para o dia de amanhã.

Se tivesse lido o cronista brasileiro, saberia: “Deus castiga quem o craque fustiga”.

Agora é oficial: Dunga convoca o Brasil da Copa América

Dunga anuncia os 23 que vão ao Chile

Dunga anuncia os 23 que vão ao Chile

E Dunga acaba de convocar os seus preferidos para brigar pelo caneco da Copa América no Chile.

Da aposta feita por este benebol.com na nota um pouco abaixo, Dunga chama a Seleção para a Copa América, troque os seguintes nomes e teremos os 23 realmente chamados pelo treinador:

Goleiros: Diego Alves (Valencia) e não Neto (Fiorentina)

Laterais: Fabinho (Monaco) e não Alex Sandro (Porto)

Volantes: Casemiro (Porto) e não Ramires (Chelsea)

Meias e atacantes: Douglas Costa (Shakhtar Donetsk) e não Oscar (Chelsea).

Dunga justificou a ausência de Oscar: contundido, ele não tem condições de voltar a atuar antes da Copa América.

Sobre o fato de ter sido chamado de teimoso após a Copa do Mundo de 2010 pelo publicitário João Dória Júnior, que será o chefe da delegação no Chile, o treinador da Seleção limitou-se a um bem humorado comentário durante a entrevista coletiva:

– Não foi o primeiro nem o último a dizer isso.

Seguiu-se uma ligeira pausa e Dunga não resistiu:

– O tempo é senhor da verdade.

Juve x Real: teremos gol?

Allegri x Ancelotti: duelo em Turim por vaga na final da Liga

Allegri x Ancelotti: duelo em Turim por vaga na final da Liga

De alma leve após se sagrar tetracampeão italiano, embora mal tenha podido comemorar o título conquistado no sábado, o time da Juventus recebe o Real Madrid hoje em Turim (às 15h45 de Brasília) para o primeiro embate pela vaga na final da Liga dos Campeões da Europa.

Massimiliano Allegri, treinador da Juve, nem procura disfarçar a preocupação:

– É uma semifinal, o adversário é o campeão europeu e, por isso, diria que tem ligeiro favoritismo.

Seu compatriota Carlo Ancelotti, técnico do Real, também põe mais fé na própria equipe, embora se manifeste de forma sutil:

– Queremos atacar e estamos nos preparando para um jogo ofensivo. Quando um time tem coragem, vence; quando tem medo, perde.

Pode ser, pode ser, mas Ancelotti não está de todo despreocupado:

– Também vai ser preciso defender bem.

Tentando traduzir o que de verdade se passa pela cabeça dos dois treinadores, o mais provável é que tenhamos um jogo de muitos cuidados e poucos gols.

Afinal, nos 180 minutos que cada um jogou nas quartas de final, a Juve fez apenas um gol no Monaco; e o Real, um golzinho só no Atlético de Madrid.

É uma pena que o Real não possa contar com Modrić e Benzema, e a Juve continue sem Pogba.

Dunga chama a Seleção para a Copa América

Dunga vai anunciar, às 11 horas desta terça, a lista dos jogadores que levará ao Chile para disputar a Copa América, de 11 de junho a 5 de julho.

Ninguém espere novidade na convocação. O técnico da Seleção já disse que vai chamar jogadores que já atuaram com ele no último ano.

O Brasil estreará no dia 14 de junho, contra o Peru, e enfrentará também a Colômbia e a Venezuela na primeira fase da competição.

Antes de embargar para o Chile, a Seleção fará dois amistosos – com o México, em 7 de junho, no Allianz Parque, em São Paulo; e com Honduras, três dias depois, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Eu apostaria que Dunga chamará logo mais os seguintes jogadores:

Goleiros: Jefferson (Botafogo), Marcelo Grohe (Grêmio) e Neto (Fiorentina)

Zagueiros: Miranda (Atlético de Madrid) David Luiz (PSG), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (PSG)

Laterais: Danilo (Porto), Filipe Luis (Chelsea), Marcelo (Real Madrid) e Alex Sandro (Porto)

Volantes: Luiz Gustavo (Wolfsburg), Elias (Corinthians), Fernandinho (Manchester City) e Ramires (Chelsea)

Meias e atacantes: Neymar (Barcelona), Oscar (Chelsea), Robinho (Santos), Willian (Chelsea), Philippe Coutinho (Liverpool), Everton Ribeiro (Al-Ahli), Diego Tardelli (Shandong Luneng) e Roberto Firmino (Hoffenheim)