Ceretta perdoou cachorro da PM, mas quer pegar Dudu

Ceretta: manso com a PM, valente com Dudu

Ceretta: manso com a PM, valente com Dudu

O próprio Guilherme Ceretta de Lima confirmou ao repórter Marco Aurélio Cunha, da TV Globo, que entrou na justiça comum com um processo por danos morais contra o palmeirense Dudu, que, revoltado com sua arbitragem, o empurrou e xingou no final dos 2 a 1 que deram ao Santos o título paulista de 2015.

Dudu foi punido com 180 dias de suspensão pelo TJD. É o bastante.

O processo agora movido por Ceretta é mero oportunismo, que não lhe ocorreu quando, trabalhando como quarto árbitro no Ponte Preta 3 x 3 Paraná da Série B do Campeonato Brasileiro de 2009, foi mordido no gramado Moisés Lucarelli por um cachorro da PM. Será que a mordida não lhe causou mais danos do que o empurrão?

Cachorros da PM, como se sabe, são treinados para identificar malfeitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s