Arquivo diário: 15 de agosto de 2015

Corinthians, Atlético e Grêmio vencem na noite do sábado

Pode acreditar: São Paulo 0 x 3 Goiás. No Morumbi!

Mais cedo, em Curitiba: Atlético Paranaense 0 x 0 Santos. E o artilheiro Ricardo Oliveira mais uma vez perdeu um pênalti!

Assim, o Corinthians, o Atlético Mineiro e o Grêmio não mais sairão do G-4 nesta 19º rodada e a quarta vaga será do São Paulo, que dorme lá, ou do Fluminense ou do Sport ou até do Palmeiras. Tudo vai depender dos resultados do domingo, começando por Palmeiras x Flamengo na matinê do Allianz Parque.

Lá embaixo, nem Nossa Senhora das Vitórias deu jeito: o Vasco perdeu para o Coritiba por 1 a 0 no Maracanã e fecha o primeiro turno na lanterna do Brasileirão, a sete pontos da porta de saída do Z-4 – que serão 10 se amanhã o Avaí vencer o Corinthians na Ressacada e o Figueirense vencer o Fluminense no Maracanã.

Difícil? Difícil era o Goiás enfiar 3 a 0 no São Paulo em pleno Morumbi.

PS: No Vasco, nem tudo é tragédia. Caiu Celso Roth. É a décima vez que Roth é dispensado por um clube da Série A desde 2006.

Quando ele ia ser contratado pelo Vasco, este blog avisou:  De péssimo a pior.  Clique aqui para reler.

Anúncios

Um pouco de poesia num triste aniversário

Começam hoje em São Januário as festas do 117º aniversário do Club de Regatas Vasco da Gama, fundado em 21 de agosto de 1898.

Às 10 horas, será celebrada uma Missa de Ação de Graças na Capela Nossa Senhora das Vitórias.

Vitórias? Deve estar batendo bola em outra paróquia.

Bem dizia o vascaíno Carlos Drummond de Andrade, que jamais viu o seu time na Segundona:

É sempre no passado aquele orgasmo, é sempre no presente aquele duplo, é sempre no futuro aquele pânico.

Remoçado, São Paulo defende posição no G-4

Com Renan e Centurión, São Paulo rejuvenesce 2 anos e meio

Com Renan e Centurión, São Paulo rejuvenesce 2 anos e meio

Sem Rogério Ceni, o que é uma raridade histórica, e sem Luís Fabiano, o que é comum, o São Paulo recebe o Goiás no Morumbi, às 21 horas deste sábado, com a obrigação de vencer para permanecer no G-4 sem depender de outros resultados da rodada que fecha o primeiro turno do Brasileirão.

Aliás, se o Atlético Paranaense tiver derrotado o Santos no jogo das 18h30 na Arena da Baixada, ou o São Paulo vence o Goiás ou já dorme fora do G-4, podendo cair ainda mais amanhã se os anfitriões Fluminense, Sport e Palmeiras baterem os visitantes Figueirense,  Ponte e Flamengo.

Com Renan Ribeiro no gol e Centurión ao lado de Alexandre Pato no ataque, o São Paulo vai à luta inteiramente remoçado. Renan é 17 anos mais jovem do que Rogério, Centurión tem 13 anos a menos do que Luís Fabiano.

A média de idade da equipe cai mais de 2 anos e meio. Isso é que é renovação. Será?

Um alento para o futebol brasileiro

Jorge Paulo Lemann, que em outros tempos foi pentacampeão brasileiro de tênis e chegou a representar a Suíça e o Brasil em diferentes edições da Copa Davis, ensinou aos jovens empreendedores reunidos para ouvi-lo num evento promovido pela Endeavor durante a semana:

– Fazendo burradas se aprende muita coisa.

A lição do homem mais rico do Brasil nos tempos atuais é um alento para o futebol brasileiro.

Burrada é o que não falta no repertório dos nossos dirigentes. Falta só aprender com elas.