STJD pega árbitro de Corinthians 2 x 0 Santos na mentira

O que fará a CBF agora que o próprio STJD admite claramente que o árbitro Flávio Rodrigues Guerra mentiu ao dizer na súmula do jogo Corinthians 2 x 0 Santos que expulsou o zagueiro David Braz por ter sido ofendido e não porque o confundiu com o lateral que cometeu o pênalti em Vagner Love?

Leia o que disse o presidente do STJD, Caio Cesar Rocha, ao recusar o pedido apresentado pelo Santos de anulação do cartão vermelho dado erradamente ao seu zagueiro:

O erro de arbitragem é fato inerente ao futebol, admitido pelas regras do próprio esporte. O que é absolutamente inadmissível é o árbitro faltar com a verdade a fim de justificar ou mesmo esconder um equívoco seu.

Embora reconheça que o árbitro mentiu na súmula, o STJD alega que, pela lei, não tem poder para anular a suspensão. E passa a bola para a CBF:

Deve haver forma de correção de equívocos óbvios de decisões disciplinares da arbitragem, ficando a critério da entidade, no caso a CBF, os métodos e a forma como se daria essa retificação.

Na semana seguinte ao clássico em Itaquera, Flávio Rodrigues Guerra foi escalado para apitar Náutico 3 X 0 ABC pela Série B e David Braz não pôde atuar pelo Santos nos 3 a 1 sobre o Internacional na 28ª rodada do Brasileirão.

Ou seja: a CBF premia o errado e pune o certo.

É hora de chamar a polícia – de preferência, o FBI.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s