Arquivo diário: 19 de setembro de 2015

Palmeiras volta ao G-4 e torce contra São Paulo e Flamengo

Lucas Barrios: quarto gol na semana anima torcida do Palmeiras

Lucas Barrios: quarto gol na semana anima torcida do Palmeiras

Nada do que era possível se fez realidade para o Grêmio no Pacaembu e, assim, Roger Machado e comandados voltam para Porto Alegre preocupados com o que farão o Corinthians, o Atlético Mineiro e até o São Paulo neste domingo.

Dependendo dos resultados de amanhã, o Grêmio pode ser obrigado daqui em diante a dividir as preocupações no Brasileirão entre a dupla da frente e os times que dele se vão aproximando na dura briga pelas duas últimas posições no G-4.

O Palmeiras abriu o placar aos seis minutos, com um gol de cabeça do zagueiro Vitor Hugo, permitiu que o garoto Luan empatasse aos 20, fez 2 a 1 aos 31, novamente de cabeça, dessa vez de Lucas Barrios, que já tinha marcado três nos 4 a 1 sobre o Fluminense e começa a merecer a simpatia da torcida.

Foi um primeiro tempo relativamente equilibrado, com mais posse de bola do Grêmio e maior contundência ofensiva do Palmeiras.

O calor derrubou um pouco o ritmo do jogo no segundo tempo. O Grêmio pareceu mais cansado, o Palmeiras ficou mais com a bola e, aos 13, chegou aos 3 a 1 com gol de Rafael Marques.

O Grêmio tentou reagir, diminuiu para 3 a 2 aos 40, com outro gol de Luan, cobrando pênalti marcado pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio após uma bola cruzada bater no braço de Amaral.

Vitória justa do Palmeiras, que poderia estar em posição bem melhor no campeonato se não oscilasse tanto de um jogo para outro, mas, ainda assim, vai dormir no G-4, com 44 pontos, quatro a menos do que o Grêmio, dois a mais do que o São Paulo e três do que o Flamengo.

Para fechar a rodada em quarto lugar, o Palmeiras precisa que nem São Paulo nem Flamengo vençam seus jogos do domingo.

Anúncios

Não vale para a Série A o que vale para a Série B?

Já na noitinha dqa sexta-feira, para fazer a vontade da Globo e seus satélites, a CBF mudou as data de alguns jogos das 30ª e 31ª rodadas de Série B e aproveitou para transferir dois compromissos do Botafogo para depois das partidas do Brasil contra o Chile e a Venezuela, com um argumento muito justo:

Os dois jogos foram adiados para evitar prejuízo técnico ao time por cessão do goleiro Jefferson, convocado para a Seleção.

Até agora, porém, a entidade não se manifestou sobre a 30ª rodada da Série, marcada para 3 e 4 de outubro, véspera do jogo Chile x Brasil em Santiago.

Não é o caso de também “evitar prejuízo técnico” ao Grêmio de Marcelo Grohe, ao Internacional de Alisson, ao Corinthians de Gil, Elias e Renato Augusto e ao Santos de Lucas Lima?

Tudo vale na 27ª rodada, mas três jogos valem mais

Palmeiras x Grêmio e Internacional x Figueirense, ambos às 18h30, abrem neste sábado uma rodada em que todos os dez jogos valem posições importantes no Brasileirão, inclusive o aparentemente morno Ponte Preta x Fluminense das 21 horas.

É na linha de frente dos candidatos ao título, porém, que o bicho vai pegar em jogos decisivos para as pretensões do trio Corinthians-Atlético-Grêmio no campeonato.

Se vencer o Palmeiras no Pacaembu, o Grêmio dormirá na vice-liderança, dois pontos à frente do Atlético Mineiro, apenas três atrás do líder Corinthians.

Se amanhã o Corinthians for derrotado pelo Santos no Itaquerão e o Atlético Mineiro pelo Flamengo no Independência, o Campeonato Brasileiro terá embolado de vez, ficando assim a situação dos candidatos ao título ao final desta 27ª rodada:

♦ Corinthians – 54 pontos

♦ Grêmio – 51 pontos

♦ Atlético Mineiro – 49 pontos

Não se esqueça que ainda teremos os confrontos Atlético Mineiro x Corinthians, na 33ª rodada, e Grêmio x Atlético Mineiro, na 37ª.

Um segredinho de Ferguson sobre Cristiano Ronaldo

Alex Ferguson está lançando na Europa um novo livro, “Leading”, em que faz curiosa revelação sobre os tempos de Cristiano Ronaldo no Manchester United:

Nunca tive problemas em lidar com os egos. Costumávamos ver Ronaldo em frente ao espelho a adorar-se. Mas era uma vaidade simpática. Os outros jogadores atiravam-lhe caneleiras, chuteiras e outras coisas, mas isso nunca o chateou.

O craque e o mitológico treinador escocês que comandou o Manchester United por 27 anos sempre se deram muito bem.  

Vettel é o cara em Cingapura

Sensação no Grande Prêmio de Cingapura: Sebastian Vettel será o pole position. A Ferrari está em festa.

Lewis Hamilton não conseguiu igualar o recorde de oito poles seguidas de Ayrton Senna. Vai largar em quinto, na terceira fila.

Foi a primeira vez nesta temporada que a pole não ficou com um piloto da Mercedes.

Mais ainda: Cingapura encerra uma sequência de 23 pole positions de pilotos da Mercedes.

Desde que a Williams do brasileiro Felipe Massa largou na frente no GP da Áustria de 2014, só dava  Mercedes na pole.