Noite de frustrações para Palmeiras, Goiás e Joinville

O jogo que menos valia foi o que mais emoções ofereceu: na Arena da Baixada, o Atlético Paranaense  fez 1 a 0 logo no primeiro minuto, o Palmeiras virou para 2 a 1, o Atlético revirou para 3 a 2, o Palmeiras fechou o placar em 3 a 3 aos 49 minutos do segundo tempo.

O empate deixa os dois times no meio da tabela, sem ilusões de chegar mais longe.

Os palmeirenses vão reclamar muito da arbitragem, realmente atrapalhada, mas deveriam se preocupar com o estado de nervos do time, que não tem frieza para encarar dificuldades e, mesmo nos instantes em que joga bem, pode sempre ceder a vantagem ao adversário.

Não será fácil vencer o Santos nas finais da Copa do Brasil, mas nada mais sobrou ao Palmeiras em 2015 do que tentar.

Na turma do fundão, o Coritiba se deu bem no Serra Dourada, batendo o Goiás por 3 a 1; o Figueirense conseguiu um surpreendente 1 a 0 sobre a Ponte Preta no Moisés Lucarelli; e o Avaí, em casa, afundou de vez o Joinville ao derrotá-lo por 2 a 1.

Depois dos resultados desta quarta-feira, o Vasco não tem alternativa na quinta em São Januário: se não vencer o Corinthians, vai pro beleléu em companhia do Goiás e do Joinville.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s