Arquivo diário: 6 de novembro de 2015

Qual é o futuro de Levir?

Levir Culpi não esconde de ninguém que gostaria de já ter definido o que vai fazer em 2016.

Por ele, continuaria no Atlético Mineiro.

Mineiramente, os dirigentes do Atlético vão levando em ritmo muito devagar as conversas sobre a renovação do contrato que se encerra no final deste Brasileirão.

Anúncios

Você sabe quem é Wendell Lira?

Wendell Lira: na briga com Messi

Wendell Lira: na briga com Messi

Clique aqui para ver uma de suas obras e volte para ver algumas as informações sobre este goiano de 26 anos que chegou a disputar a Serie C do Campeonato Brasileiro pelo Tombense, de Minas.

Wendell Silva Lira é cria das divisões de base do Goiás, contemporâneo do zagueiro Rafael Toloi e do lateral Douglas, que hoje está no Barcelona, e fez este golaço pelo Goianésia aos 27 minutos da vitória por 2 a 1 sobre o Atlético Goianiense pela nona rodada do Campeonato Goiano no dia 11 de março.

O jogo foi visto por 389 pagantes.

Você pode conferir mais informações e imagens do jogo no GloboEsporte.com.

Atualmente, Wendell Lira está desempregado, mas é o único brasileiro na lista de candidatos em 2015  ao Prêmio Puskas, concedido anualmente pela Fifa ao autor do gol mais bonito do ano.

Um tal de Lionel Messi também está na briga.

Aliás, dos dez indicados, cinco são rapazes latino-americanos: além da dupla já citada, o argentino Tévez, o uruguaio Gonzalo Castro  e o costarriquenho Esteban Ramírez.

Você pode votar em seu gol preferido até 30 de novembro, quando a Fifa anunciárá os três finalistas.

 

Campeão tem resultados pífios contra rivais paulistas

Corinthians @0611@@@

O Corinthians é indiscutivelmente um grande campeão. Com 11 pontos a mais do que o vice-líder Atlético, tem o maior número de vitórias, o menor número de derrotas, 73,7% de aproveitamento, fez mais gols, sofreu menos, e ainda pode fechar o Brasileirão com a melhor campanha da era dos pontos corridos.

Nada lhe parece faltar.

Curiosamente, no confronto direto com os outros times paulistas, faltando apenas o jogo contra o São Paulo pela 36ª rodada, murcham vertiginosamente os números corintianos.

São apenas duas vitórias em sete jogos, mais três empates e duas derrotas – nove pontos ganhos em 21 disputados, aproveitamento de 42,8%.

Este percentual é menor do que o do Atlético Paranaense em todo o Brasileirão e um pouquinho maior do que o da Chapecoense.

Ou seja: contando apenas os confrontos com os rivais paulistas, o Corinthians estaria em 14º lugar, correndo ainda um pequeno risco de ser rebaixado.

Estes são os resultados corintianos contra seus rivais paulistas:

29ª rodada: Ponte Preta        2          x          2          Corinthians

27ª rodada: Corinthians        2          x          0          Santos

23ª rodada: Palmeiras           3          x          3          Corinthians

17ª rodada: São Paulo           1          x          1          Corinthians

10ª rodada: Corinthians        2          x          0          Ponte Preta

  8ª rodada:   Santos               1          x          0          Corinthians

  4ª rodada:  Corinthians       0          x          2          Palmeiras