Inter bobeia e leva para o México vantagem muito pequena

D'Alessandro: gol aos 4 minutos

D’Alessandro: gol logo aos 4 minutos

O desenho do jogo foi todo favorável ao Internacional: um gol logo aos 4 minutos, marcado por D’Alessandro, outro aos 9, de Valdívia, indicavam que a classificação para a final da Libertadores poderia se decidir na noite destaquarta, 15, no Beira-Rio.

E não era só o placar. O volume de jogo do Inter no ataque e o encolhimento do Tigres na defesa sugeriam uma vitória tranquila, talvez por goleada.

Falsa impressão. Feito o reconhecimento do terreno, apesar do prejuízo acumulado em tão poucos minutos, o Tigres foi se acertando e, num de seus primeiros ataques, conseguiu o gol de Ayala.

E mais teria conseguido nos minutos seguintes se não fosse o goleiro Alisson fazer dois milagres.

O jogo ficou difícil, mas o zagueiro Ayala tratou de facilitar a vida do Inter ao receber um segundo cartão amarelo logo aos 12 minutos do segundo tempo.

Nem com 11 contra 10 em campo, porém, os colorados tiveram competência para ampliar a vantagem.

A decisão da vaga na final ficou para a próxima quarta-feira, dia 22, no México. O Internacional precisa apenas de um empate. Ao Tigres, basta vencer por 1 a 0.

O Inter vai ter de mostrar em Monterrey muito mais do que mostrou nos 2 a 1 em Porto Alegre para ir à final contra o River Plate – ou você acredita que o Guaraní descontará em Assunção a derrota por 2 a 0 que sofreu na terça em Buenos Aires?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s