Cada um com seu cardápio

A edição de julho da revista GQ traz uma entrevista com Rodrigo Paiva, que assessorou craques como Romário e Ronaldo e, por mais de uma década, trabalhou como diretor de comunicação da CBF.

Na edição digital, é possível ler um pequeno trecho do material impresso. Por exemplo:

GQ – Você foi assessor na CBF por 13 anos, e saiu meses antes do escândalo de corrupção vir à tona. A CBF é corrupta?

RODRIGO PAIVA – Seria leviano dizer se há ou não há corrupção lá. Quem tem de provar isso é a Justiça. Não vi, não vivi. Tenho minha opinião. Vou fazer uma analogia. Digamos que eu seja vegetariano, mas toda quinta-feira o pessoal do trabalho vá ao Porcão. Como eles sabem que eu não como carne, não me chamam. Então, não sei, nunca fui chamado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s